Etiqueta: superação

DESAFIO de 28 dias a blogar em “A Mudança está DENTRO de SI”

DESAFIO de 28 dias a blogar em “A Mudança está DENTRO de SI”

Como é Possivél Que Toda a Gente no Mundo Aspire ao mesmo – Paz, Felicidade, segurança e amor – E Seja Tão Difícil Alcançá-lo?

Neale Donald Walsh
Neale Donald Walsh

Vou apresentar te ao autor do Livro que me fez iniciar o Desafio de 28 dias a blogar nas conversas práticas deste Livro que serve para descobrirmos quem somos, qual o nosso papel aqui na humanidade e torna se interessante quando participas, e fazes os exercicios sugeridos, pois começas a ver a Transformação na tua pessoa

Neale Donald Walsch  é um escritor norte-americano da Nova Era e autor da série de livros Conversas com Deus

Nascido em Milwaukee, cresceu em uma família católica romana, que o incentivou em sua busca da verdade espiritual.

A mãe foi a sua primeira mentora. Foi ela quem o ensinou a não ter medo de Deus.

Quando era pequeno, a crença da mãe o intrigava, já que ela nunca ia à igreja.

Curioso, Walsch perguntou como era possível ter fé sem frequentar um templo.

A resposta iria influenciá-lo profundamente: “Não preciso ir até uma igreja para encontrar com Deus. Ele está dentro de mim e está comigo aonde quer que eu vá.”

Curioso desde menino e sempre interessado nas questões de Deus, Walsch começou a estudar religiões ocidentais e orientais aos quinze anos e não parou mais. Ele estudou a Bíblia, o Rig Veda e os Upanishads. Posteriormente, abandonou os estudos universitários e foi trabalhar numa rádio, onde fez carreira como locutor e chegou ao cargo de editor.

Criou uma empresa de relações públicas e de marketing. Depois de alguns anos mudou-se para o Oregon, onde foi vítima de um grave acidente de carro que o deixou com o pescoço partido e por pouco não tirou a sua vida.

Depois de um ano de reabilitação, do fim de seu casamento e de suas perspectivas profissionais, Walsch viu-se desempregado. Sem poder pagar a renda do pequeno apartamento em que morava, passou a viver nas ruas, catando latas para sobreviver.

Alguns meses mais tarde, acabou arranjando um modesto emprego numa rádio, mas a sua vida continuava sem sentido.

Numa madrugada de 1992, deprimido, ele escreveu uma carta para Deus, onde perguntava ao Criador o que fazer para a vida dar certo.

Segundo Walsh, ouviu uma voz respondendo essa e outras questões, que mais tarde se transformaram na série “Conversas com Deus”. Eu descobri o conversas com DEus em 2010, através do mestre que me iniciou no reiki, confesso que achei muito à frente e interessante, mas meio surreal… Mas comecei a pensar de outra forma depois que o Li.

Os seus livros, são inspirados por Deus e podem ajudar pessoas a se relacionarem com a Divindade numa “perspectiva moderna”.

Constrói a Vida Que Tu Queres, utilizando os Recursos da Era Digital

Neale é autor bestseller do New York Times, as suas obras são traduzidas para 37 línguas e vendeu mais de 7 milhões de Livros por todo o mundo.

Fundou a ReCreation, uma organização não lucrativa de eventos com vista ao desenvolvimento pessoal e espiritual, a Conversations with God Foundation e o movimento Humanity’s Team, cujo objetivo fulcral é criar uma nova forma de espiritualidade na terra.

Estando eu neste momento no meu processo de EVOLUÇÃO ESPIRITUAL, este livro veio mesmo a calhar (lei da atração) 

Poder desafiar me e Desafiar te a TI também , a participares nesta Aventura LOUCA, que te vai levar ao encontro de quem realmente és, e que talvez TUDO o que sempre ACREDITAS TE pode não ser Verdade, mas não faz mal, vais passar a ACREDITAR em algo mais GRANDIOSO, em TI.

Se te envolveres vais Adorar ver a Transformação que vais ter na tua pessoa e na tua Vida, vais descobrir as Capacidades e competências que tens e talvez não saibas!

No final deste desafio, vamos ser duas pessoas completamente Renovadas… Garanto te!

Vê o Video que fiz esta manhã para Ti, quando decidi que tenho de partilhar estas conversas, para o MEU e o TEU Desenvolvimento pessoal, mental e espiritual.

Então? estás pronta(o) para o desafio!?

Eu estou mesmo muito ENTUSIASMADA, e deixo já ficar a primeira conversa de amanhã…

Acabar com o MEDO, Começar a Aventura….

O  mundo está a Mudar e não é o que Parece.

1ªConversa

PODEMOS FALAR?

Se sentires podes comentar abaixo e se vais participar ou não deste GRANDE  Desafio.

Até amanhã.

Sandra

 

 

 

 

Conheces O Nick Vujicic? Ele Inspira Milhares de Pessoas a Serem Felizes

Conheces O Nick Vujicic? Ele Inspira Milhares de Pessoas a Serem Felizes

” Se Eu Consigo Ser Feliz, Porque é Que Tu Não Consegues?”

– O Livro que me ajudou imenso a saber servir os outros e a ser mais feliz!

Recomendo te a leitura deste Livro, se não és feliz, mas queres sê-lo.

Conheci a história do Nick em 2010, que se encontra no livro acima  “Vidas sem Limites”,  Foi um ano onde aconteceu muita coisa nova e diferente na minha Vida!

Estava numa altura da minha vida, onde me sentia meio perdida e a reclamar de tudo e de todos, pois não sabia o que queria fazer!!

Foi o ano em que eu fiz o meu primeiro nivel de Reiki (o despertar) mais por curiosidade,  mas isso levou me a fazer outras tantas coisas boas, como descobrir recentemente qual a minha verdadeira Missão aqui na Terra.

Estava desempregada e comecei a trabalhar num Infantário na mesma altura que Iniciei o curso de Técnica de Ação Educativa de três anos.

E foi uma aprendizagem e tanto, tanto a nivel profissional, como espiritual, que irei contar em outros artigos.

Foi também em 2010 que resolvi fazer Voluntariado com Crianças de risco de Exclusão social num CAT (centro acolhimento Temporário).

Aqui descobri, que quero e vou trabalhar com Jovens chamados de rebeldes, delinquentes e que eu chamo de Crianças Carentes.

  • Descobri que temos de ter mais paciência e que temos muito para aprender.

  • Aprendi a Engolir Sapões para conseguir perceber mais aquelas crianças carentes

centro de acolhimento

É engraçado como sempre tive uma vida tão Ativa e ocupada sempre a experimentar coisas novas e a ajudar outras pessoas.

Sempre fui uma pessoa que acreditou que estamos aqui no planeta terra, com um propósito de vida, e para sermos felizes. mesmo nos momentos que andei perdida.

Ter conhecido a história do Nick, fez com que eu desse inicio a uma forma de ver as coisas bem mais leve e de outra perspetiva!

Não te vou contar aqui toda a vida do Nick, mas recomendo te se não sabes como podes SER FELIZ, que leias o livro.

Não, eu não ganho nenhuma comissão de estar a partilhar esta informação aqui contigo, mas este livro influenciou me muito, e fez me olhar para os outros de outra forma (fiz bullying na adolescência inconscientemente, consciente)

Se conseguir fazer com que pelo menos tu tentes Ser Feliz, já vai ter valido a pena, esta partilha, podes ter a certeza.

Tu mereces ser Feliz. Estamos aqui para isso.

Escuta um resumo de quem é o Nick, e do que ele alcançou quando aceitou e percebeu porque tinha nascido sem os braços, nem as pernas, devido à rara síndrome Tetra-amelia,

Chorei muito a ler a história e a imaginar pelo que passou na sua infãncia, neste mundo onde não nos ensinam a respeitar as diferenças dos outros, pelo contrário

Chorei muito a vê-lo ultrapassar cada obstáculo com tanta Sabedoria.

Aprendi muito com a história do Nick

[fancy_box id=2]
O Nick nasceu em 1982, sem braços e sem pernas, tinha apenas um pequeno pé.

Cresceu assim diferente de todos, o menino mais estranho da escola.

Enfrentou uma enorme e sufocante solidão, pensamentos depressivos, chegou a tentar o suicidio

Depois de uma Infância particularmente dificil, começou a frequentar escolas “normais” a partir dos oito anos, sendo frequentes vezes vitima de bullying.

Nick percorreu um longo caminho desde sua infância conturbada.

Por causa de suas limitações físicas, aos oito anos de idade ele pensou em suicídio.

Um dia, porém, apercebeu se de uma coisa EXTRAORDINÁRIA.

Nascer assim não fora obra do acaso.

Havia um plano à sua espera, tudo o que precisava era aprender a viver com o que tinha.

Nick aprendeu. Começou a erguer o seu pequeno corpo, a pô-lo à prova, a dar-lhe vida.

Aprendeu a andar de skate, a fazer Surf e a tocar bateria.

Nick vujicic a andar de skate

E descobriu que o seu exemplo, valia mais que mil palavras.

Apercebeu se de que, sem querer, se tinha tornado num exemplo para todos os que o Rodeavam:

Ele era FELIZ

E se ele era FELIZ, perguntou se, porque é que as outras pessoas não podiam ser?

Hoje, Nick leva essa mensagem aos quatro cantos do globo.

Percorre o Mundo munido apenas do seu infinito otimismo e da sua contagiante ALEGRIA DE VIVER.

E em todos os paises é recebido por multidões, milhares e milhares de pessoas que apenas o querem ouvir, que apenas o querem abraçar, que apenas querem conhecer os segredos de uma vida sem Limites.

Aos 17 anos, Nick fundou a Life Without Limbs,

uma Organização sem fins Lucrativos que dirige desde então..

Aos 21 anos, concluiu duas Licenciaturas, uma em contabilidade, outra em Planeamento Financeiro.

No entanto, como disse, a sua Vocação estava no contato com as pessoas, pelo que hoje em dia é um bem- Sucedido orador Motivacional, que percorre o mundo a dar palestras e a contar o seu percurso de vida.

 

palestras que faz por todo o mundo a motivar multidões
palestras que faz por todo o mundo a motivar multidões

Em 2012, Nick casou-se com Kanae Miyaharae, “a mulher de seus sonhos”.

No ano seguinte, o casal teve o primeiro filho, Kiyoshi. E recentemente chegou mais um bebê na família.

És tu quem decides. Vitima ou criador?
És tu quem decides. Vitima ou criador?

 

Quando descobres PARA QUÊ e não PORQUÊ que te aconteceu isto ou aquilo, consegues saber qual a tua missão.

A verdade é esta:

– Cada um de nós tem algum DOM, um talento, uma habilidade, uma arte, uma aptidão – que nos dá prazer e nos absorve.

E o caminho para a nossa felicidade, assenta precisamente nesse Dom.

[/fancy_box]

Se ainda estás à procura, a tentar perceber onde te hás de “encaixar” e o que é que faz com que te sintas Realizado, sugiro que faças uma auto-avaliação:

Senta te com uma caneta e papel, ou mesmo no computador e faz uma lista das tuas atividades preferidas, coloca todas as que te lembrares que gostas de fazer.

[fancy_box id=6]

Agora responde:

  • O que é que te sentes inclinado a fazer?

  • O que é que ficas horas a fazer e perdes a noção do tempo e do local onde estás e, mesmo assim, queres continuar a fazê-lo uma e outra vez?

Já está?

Agora, o que é que as outras pessoas veem em ti?

Elogiam o teu talento para o quê?

Se não tiveres a certeza absoluta acerca do que outros veem em ti, pergunta a tua familia e aos amigos o que é que eles pensam que fazes melhor.

[/fancy_box]

Estas são algumas pistas para encontrares o caminho para a tua vida, um caminho que continua em segredo dentro de ti.

Todos chegamos a este mundo nus e cheios de promessas, não é verdade?

Chegamos carregados de presentes à espera de serem abertos.

[fancy_box id=1]

Quando encontrares alguma coisa que te faça sentir tão intensamente realizado, que o farias de Graça todos os dias, então estás encaminhado(a).

Quando encontrares alguém que te queira pagar por isso, tens uma carreira

[/fancy_box]

a tua visao
Fazer a diferença na vida de outras pessoas

 

Como disse Confucio:

[fancy_box id=1]

“Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.”

Imaginas te a fazer aquilo que mais Amas e ainda seres pago por isso?

[/fancy_box]

Sensação muito boa, que tenho a certeza que também gostarias de ter, verdade?

Lembra te que a Decisão e a Acão pertencem te, só tu podes fazer a diferença na tua Vida.

Faz como o Nick, como eu e milhares de pessoas que escolheram ser Livres de tudo e fazer a diferença na vida de outras pessoas,  mesmo com um processo que nem sempre é o desejado, mas é o necessário, para que sejamos bem sucedidos na vida?

Escolhe a vida que queres ter!

“Ouviste” com atenção a história do Nick?

Vê o video abaixo e deixa te contagiar pela energia e pelas palavras do nick quando nos mostra o quão maravilhosos Somos!

Tu podes não ser capaz de ver o caminho agora, mas isso não quer dizer que ele não esteja lá!

Sugiro que faças o exercicio de auto avaliação, acima proposto.

Começa a descobrir quem és e transforma te na tua melhor versão

Poderás deparar te com tempos dificeis. Poderás cair e sentir que não tens forças para te Levantar. Conheço essa sensação, todos conhecemos.

A vida nem sempre é fácil, mas, quando superamos desafios, tornamos-nos mais fortes e mais Gratos pelas nossas oportunidades.

O que realmente importa são as vidas que tocas ao longo do teu caminho e a forma como acabas a tua caminhada.

Vive uma Vida Fantástica!

Se eu consigo ser feliz, porque é que tu não consegues?”

~Sandra

 

 

 

 

 

 

Também vês como um elogio?

Também vês como um elogio?

mau trabalho1

Como achas que me senti na altura? Com apenas 10 anos? É isso mesmo, fiquei muito desiludida e cheia de raiva, afinal tinha colocado ali o meu tempo e dedicação para no final chumbar o ano com 3 negativas?

Estava com 10 anos, a frequentar o 5ºano. Sempre gostei muito de aprender, mas sinceramente, haviam disciplinas que na altura não me diziam nada, nomeadamente história, achei uma seca saber o nome dos reis e as suas histórias. Também a fotossíntese a ciências da natureza, entre outras.

A história que te vou contar é sobre um trabalho que fiz na disciplina de inglês com a professora Manuela Dias (das poucas professoras que me lembro o nome).
Nunca fui muito boa a inglês, conseguia entender algumas coisas, só que a escrever dava demasiados erros, trocava os tempos dos verbos, não entendia as regras de gramática, enfim…preferia ir jogar ping-pong a estar nas aulas de inglês.
Logo, senão assistia às aulas também não aprendia…

Na altura não tinha maturidade para perceber o quanto isso me estava a prejudicar.

Hoje percebo claramente que quem não se envolve, não se desenvolve

Estávamos a dar a Emigração e Imigração e foi-nos proposto na altura pela professora Manuela fazer um trabalho sobre o tema. O trabalho era individual e podíamos dar largas a nossa imaginação, e ia contar para nota, ou seja se quisesse passar tinha de fazer um bom trabalho, pois as notas dos testes não eram suficientes.

Cada vez mais oprimidos
Cada vez mais oprimidos

Eu, que sempre fui uma pessoa com uma imaginação muito fértil, resolvi escrever uma história sobre um casal de russos que tinha imigrado para o nosso país.

Era uma história de amor, com muitos obstáculos, algumas risadas e como todos os romances com um final feliz.
Fiz a história toda em português e tive a “brilhante ideia” de pedir a minha vizinha Lizete que falava e escrevia muito bem inglês para me ajudar na tradução.

ENTUSIASMO, EMPENHO e DEDICAÇÃO

Estava tão entusiasmada e orgulhosa com o resultado final do meu trabalho (um livro com capa e tudo) que não via a hora de entregar o trabalho e saber a nota, sempre convencida que ia ter um GOOD WORK.

Passou-se uma semana e eis que a professora trouxe o resultado dos trabalhos com a nota bad work or good work escrito num papel.
Quando abri o papel um grande BAD WORK! WhAT? “Não pode ser, ela enganou-se”. Pensei eu na altura, e claro com este feitio incomum e bem zangada, perguntei a professora porque tinha tido o tal BAD WORK, ao que ela me respondeu:

– Esta história é uma cópia integral de algum livro.

– Desculpe? Essa história saiu da minha cabeça, respondi danada.

– Então vem ao quadro para escreveres algumas frases do teu livro.

Claro que acabei por contar que a minha vizinha me tinha ajudado na tradução.

Ajudado! Ela ditava e eu escrevia… He!He!

Só que a professora não acreditou e acabou a dizer que podia-me ter esforçado e ter sido um pouco mais criativa e fiquei com o BAD WORK.

Perseguiu me durante muito tempo, esta história

Como achas que me senti na altura? Com apenas 10 anos?

É isso mesmo, fiquei muito desiludida e cheia de raiva, afinal tinha colocado ali o meu tempo e dedicação para no final chumbar o ano com 3 negativas (Inglês era uma delas).

Quando não somos estimulados, podemos ficar traumatizados
Quando não somos estimulados, podemos ficar traumatizados

Na altura ainda se ia a conselho de turma, só que o comportamento era fundamental para que pudesse passar de ano, e como era muito rebelde,  respondona, faltava muito.

Repeti o ano.
Eu na altura não tinha maturidade suficiente para perceber aquele Bad Work, hoje em dia vejo como um grande ELOGIO, pois se a professora acreditou que a minha história era uma cópia de outro livro, é sinal que estava muito bem escrito, concordam?

Acho que o rasguei na altura, tal foi a deceção…

Chorei tanto e fiquei um pouco mais rebelde.

Hoje falo e escrevo bem inglês, pois há cerca de 9 anos atrás acabei por investir em mim e tirar um curso no Wall street para aperfeiçoar o meu inglês.

E quem sabe um dia destes escrevo um livro?

Esta imagem encontra-se no meu quadro de sonhos 😉 A regra dos três R’s

Respeito por ti, Respeito pelos outros e Responsabilidade com os teus atos

 

 

Espero que tenhas gostado e entendido a mensagem e que faças uma reflexão sobre a tua vida, as tuas VITÓRIAS e principalmente os teus FRACASSOS, pois eles vão-te ajudar a evoluir como ser humano e a alcançares tudo a que te propuseres, e lembra-te:

Todas as histórias têm o seu lado bom, positivo, mesmo que não consigas ver qual é no momento.
Se não estás satisfeito com a vida que tens, MUDA!

Só depende de ti!

Faz a tua escolha! Faz como eu que já não aguentava mais ser considerada um número, onde o meu Sucesso não dependia de mim e sim de terceiros, onde não se fala de sonhos, nem de sucesso, somos números, só isso, números! Que pena!

Se tens um sonho, gostavas de realiza lo, e não sabes como, clica aqui
Se tens um sonho, gostavas de realiza lo, e não sabes como, clica aqui

Deves ser a Mudança que desejas ver no Mundo

Muito sucesso para a tua vida.

Podes sempre encontrar me

Sandra Maria Galão
skype: sandra.galão

%d bloggers like this: