Etiqueta: mudança de crenças

O Que Não Entendemos Sobre Nós Próprios Em A Mudança Está DENTRO de SI

O Que Não Entendemos Sobre Nós Próprios Em A Mudança Está DENTRO de SI

Olá, olá aqui estamos nós para a 12ª Conversa do desafio que Começou AQUI.

Como sabes todos os dias escrevo aqui uma nova Conversa do Livro “A Mudança está DENTRO de SI”.

REFLEXÕES PESSOAIS

As questões mais difíceis e significativas voltam sempre para nos inquietar. Por mais que nos dediquemos às coisas exteriores e materiais da vida, no final do dia, quando deitamos a cabeça na almofada e fechamos os olhos, voltamos sempre ao nosso EU Interior.

TERCEIRA QUESTÃO:

 

[fancy_box id=1]

Existirá algo que não conseguimos entender plenamente sobre nós, da nossa vida e do seu propósito, e cujo o entendimento mudaria a nossa Realidade para melhor e para sempre?

[/fancy_box]

Claro que sim.

Não compreendemos quase nada sobre nós próprios.

Nem sequer percebemos como pensamos ou o que nos leva a pensar da forma como o fazemos.

Não compreendemos quem somos nem onde estamos, como aqui chegámos e porque raio aqui estamos.

Não entendemos a nossa relação com Deus, a nossa relação uns com os outros, o nosso propósito de vida e… o mais lamentável de tudo…

Não compreendemos o Amor.

o que é o amor

Não entendemos porque tudo acontece na nossa Vida da forma que acontece e não sabemos como lidar com o que acontece quando realmente acontece.

Estamos completamente à deriva no que toca a explicar grande parte daquilo que sucede à nossa volta – e mesmo que encontremos uma explicação, não sabemos dar-lhe um uso funcional, colocá-la em prática .

A propósito, eu já me incluí neste grupo. Por isso consigo dar a resposta tão prontamente.

Lembro-me bem de quando não entendia e sei que ainda resta muito para entender.

Só aos 50 anos consegui perceber que o propósito fundamental  da minha  vida era recriar-me de novo na mais Grandiosa Visão que alguma vez tive acerca de Quem Sou .

Não sabia que cada AÇÃO é uma AÇÃO de auto-definição.

Quando , num momento de profunda ansiedade, perguntei a Deus porque não estava a minha vida a resultar, Deus Respondeu:

“É simples: – JULGAS Que A Tua Vida Tem Só A Ver Contigo.”

Foi-me dado a ver que a minha visão não tem nada a ver comigo, tem, sim, a ver com todas as pessoas cujas vidas toco –  e com a forma como o faço…

Quem dera que alguém me tivesse dito isto há 30 anos…

Não sabia que era Sagrado. Uma vertente Sagrada do próprio Sagrado, julguei que não era nada, que era mais pequeno do que um grão de areia no céu cósmico.

Foi então que Descobri Quem Verdadeiramente SouQuem Todos Somos – e o Que Estamos Aqui a Fazer, e foi isto que Mudou a minha Vida.

Descobri que nada sabia acerca das Verdades autênticas da vida.

Julguei que se tratava de:

  • Ter aquele carro,
  • Conquistar aquela mulher,
  • Ter determinado emprego,
  • Obter um diploma,
  • Casar,
  • Ter filhos,
  •  Ser aumentado,
  • Comprar um carro melhor,
  • Conseguir um emprego melhor,
  • Mudar para uma casa maior,
  • Ficar com o cabelo grisalho,
  • Ter netos,
  • Passar para o gabinete no último piso,
  • Ganhar o relógio da reforma,
  • Passar à reforma,
  • Comprar bilhetes para os cruzeiros,
  • Comprar o apartamento mais pequeno em troca da casa Grande,
  • Adoecer,
  • Ser alvo de comiseração e ir desta para melhor.

Era isto que eu pensava que a vida era.

Mais tarde, soube que tinha na Terra uma Missão Divina, ao serviço do propósito da Alma e que passara 98% do meu tempo ocupado com 98% de coisas que simplesmente não interessam.

[fancy_box id=5]

Agora já sei.

Como dizia o meu pai:

“A Velhice chega demasiado cedo, a sabedoria demasiado tarde”. 

E como a minha costumava dizer:

“Mais vale tarde do que nunca”.

[/fancy_box]

Será que existem coisas que a maior parte de nós não entende  acerca de nós próprios e acerca de quem Somos, e cujo o entendimento poderia alterar as nossas vidas para sempre e para melhor?

Claro que existem.

[fancy_box id=4]

PONTOS FULCRAIS:

  • Pouco entendemos acerca de nós próprios.
  • Não entendemos a nossa relação com Deus, a nossa relação com os outros, o nosso propósito de vida e, o que é mais triste não entendemos o amor.
  • Quando entendemos tudo isto, o nosso mundo muda, a nossa vida nunca mais volta a ser a mesma.

A FAZER:

Empreenda o trabalho da alma. Comprometa-se neste preciso momento, a dedicar 20 minutos por dia à alma. Prometa a si mesmo que o fará.

[/fancy_box]

E assim termina esta conversa bem intrigante, não achas te?

Olá sou eu a Sandra Galão, menina rebelde
Olá sou eu a Sandra Galão, Sou uma menina rebelde e uma Mãe Empreeendedora Online de Sucesso.

Como sabes acredito na Lei da Atração e este livro não podia ter vindo parar às minhas mãos em outra altura.

Poder constatar que tudo o que sempre acreditei se está agora a concretizar, faz me sentir GRATA por todas as Escolhas que Fiz até hoje e por nunca ter parado de perguntar, mas porquê?

Quando ter permites conhecer, coisas e pessoas maravilhosas aparecem na tua vida para que consigas Realizar a Tua Missão na Terra.

Convido te a comentares aqui abaixo se já estás no teu processo, ou se estes artigos te tem inspirado a começares.

Muito Grata por continuares aí.

Vive uma Vida extraordinária

Sandra

 

 

Porque Milhões De Pessoas Não Alcançam a Tão Almejada Felicidade em A Mudança está DENTRO de SI

Porque Milhões De Pessoas Não Alcançam a Tão Almejada Felicidade em A Mudança está DENTRO de SI

E aqui vamos para a 10º Conversa: Lembro te que este desafio Começou AQUI

PRIMEIRA QUESTÂO:

REFLEXÕES PESSOAIS

Ao apresentar as respostas às Sete Perguntas Básicas também pretendo ajudá-lo a dar as suas respostas.

Lembre-se que estas respostas são somente as minhas respostas. Não tenho qualquer dúvida de que não existem respostas “adequadas” ou “certas” e estas perguntas ou respostas que se adequem a toda a gente.

Posso somente partilhar consigo aquilo que sinto que a minha alma diz.

PRIMEIRA QUESTÃO

[fancy_box id=1]

Como é possível que 6,9 mil milhões de pessoas digam que querem o mesmo (paz, felicidade, abundância, segurança e amor) e não o alcancem?

[/fancy_box]

Algumas pessoas responderam que esta situação existe porque nem todas as pessoas querem o mesmo.

Sugeriram que há quem  queira vingança ou violência e que seja tudo feito “à maneira delas”, a todo o custo.

Pois eu discordo. Acredito que no fundo do coração, todas as pessoas são maravilhosas.

Acredito que, no âmago de cada ser humano, não há quem deseje, em tempo algum, magoar os outros, mas por vezes há quem o faça por pensar que não consegue alcançar paz, felicidade, abundância, segurança e amor.

Querem o mesmo que nós, mas sentem que a vida, ou alguma condição da vida, não permite que o alcancem.

Por isso ficam… como hei-de dizer? …Enraivecidos.

Tal não justifica nem perdoa ações que magoam ou destroem – mas explica-as.

Acredito que bastava uma simples pergunta ou destroem – mas explica-as.

Acredito que bastava uma simples pergunta às pessoas enraivecidas para que acalmassem a raiva, evitando as explosões violentas que muitas vezes daí derivam.

Esta é a pergunta:

” O que lhe causa tanto sofrimento a ponto de julgar que tem de me magoar para sarar esse sofrimento?”

O poder de tal pergunta é impressionante .

Não é verdade que haja pessoas “naturalmente más”. As conversas com Deus deixaram isso bem claro.

Uma das declarações mais emocionantes deste diálogo, foi esta:

“Ninguém age de maneira imprópria face ao modelo que tem do mundo “.

bannercorreiodoblog-tnprt-131

Como  é possível que um mundo inteiro não consiga obter aquilo que insiste, em uníssono, querer?

É simples. O modelo que têm do mundo não permite.

Não me agrada estar sempre a bater na mesma tecla, mas a ideia tem de ficar marcada de forma permanentemente: a população  global continua a adotar uma História Cultural antiga, baseada em equívocos primitivos acerca da vida, de Deus, de quem somos e de como “são” neste mundo.

A maioria das pessoas recusa abdicar desta história, ainda que já se tenha revelado não só ineficaz como também autodestrutiva, já que a Humanidade se debate  há milénios para encontrar uma forma de viver em paz e harmonia.

A população mundial, agarrando-se a esta velha história com unhas e dentes, acredita e aprende que precisa de muito mais na sua vida para ser Feliz.

Mais À  frente nesta conversa justificarei que existe o suficiente de tudo o que precisamos neste Planeta para vivermos verdadeiramente felizes – basta encontrarmos uma forma de o partilhar.

O que nos poderia levar a partilhar não seria um novo sistema social, antes  um novo sistema de crenças.

[fancy_box id=6]

PONTOS FULCRAIS:

  • No fundo do coração, todas as pessoas são maravilhosas.
  • Ninguém age de forma imprópria face ao modelo que tem do mundo
  • A Humanidade não consegue criar aquilo que diz desejar desesperadamente – paz, prosperidade, segurança, boa vontade, amor, alegria, realizaçãoo pessoal e harmonia – pois o modelo que tem do mundo impede que isso aconteça
  • A maioria das pessoas recusa a abdicar  deste modelo, mesmo que já se tenha provado ineficaz, além de autodestrutivo.
  • Não é preciso um novo sistema social, antes um novo sistema de crenças; ou seja, uma Nova História Cultural.

A FAZER:

  • Num papel, escreva o nome de 5 pessoas que conheça bem e com as quais “não simpatize muito” por circunstâncias que ocorreram ao longo da vida. Para cada uma dessas pessoas, escreva cinco razões que comprovem a afirmação de que, no fundo do coração, todas as pessoas são maravilhosas”
  • Faça mesmo o exercicio  que acabei de lhe pedir. Sentir-se-á bem, pois repará no que existe de bom nas outras pessoas, permitindo que as veja realmente ao colocar de lado a sua apreciação.
  • Teste a afirmação: “ninguém age de forma imprópria face ao modelo que tem do mundo“. Escreva três atitudes que tenha tomado na vida e que foram julgadas pelos outros como “impróprias”. Deixe um espaço a seguir a cada uma delas para adicionar algo mais tarde.
  • De seguida, pense atentamente no modelo do mundo que tinha na altura de cada “infração” e de que forma, em cada um de casos, permitiu que avançasse e agisse dessa forma. Ponha isso por escrito.
  • Da próxima vez que alguém o prejudicar ou irritar, pergunte a essa pessoa: ” O que lhe causa tanto sofrimento, a ponto de julgar que tem de me magoar para sarar esse sofrimento?”

[/fancy_box]

E assim chegamos ao fim de mais uma conversa, que poderá te ajudar a olhar para as pessoas que te rodeiam com outros olhos e com isso começares a olhar para TI de outra forma também.

Lembro-te que de nada resolve estares a ler estes artigos e não colocares ação, ou seja, fazeres os exercicios aqui propostos.

Todos nascemos para ser Livres e Felizes.

Vive uma vida extraordinária.

Sandra

 

A única CERTEZA que EXISTE em “A Mudança está DENTRO de SI

A única CERTEZA que EXISTE em “A Mudança está DENTRO de SI

Aqui estamos nós para mais uma Conversa:

“As maiores perturbações que temos na vida como a conhecemos não terminarão em breve.

Nem antes nem imediatamente a seguir a dezembro de 2012.

Porém, e volto a dizê-lo pois é importante, as aparências Iludem.

O que está a Acontecer não é o fim da História, é antes o Inicio de uma Nova Era; Não é a Morte da Sociedade, mas o Nascimento de uma nova Civilização.

No entanto, a resposta não passa por viver com medo e apreensão, numa cautela ansiosa e timida, cuidadosamente em busca de um lugar seguro, armazenando comida e acocorando -se, preparando uma mentalidade de sobreviventetal e qual o homem das cavernas, enquanto todas as estruturas, comodidades, e tecnologias à face da terra colapsam em simultâneo.

A Resposta está em entrar no jogo e não sair do jogo, em abandonar o campo. Além disso, não se trata do Jogo da Sobrevivência, trata se do Jogo da Criação.

A resposta é juntar se À cocriação dos MAGNIFICOS dias que se avizinham.

Tenho uma sugestão de algo que todos podemos fazer. É tão simples que se perguntará porque levamos tanto tempo a pô-la em prática.

A minha sugestão é que todos participemos numa Conversa com a Humanidade – a parte da Humanidade que podemos tocar pessoalmente..

É isso? Conversar? É essa a GRANDE SOLUÇÃO para tudo?

Sim, é isso. E sim, pode bem ser a GRANDE SOLUÇÃO para Tudo. Não diretamente claro, mas indiretamente.

Isso não me parece lá  Grande SOLUÇÃO.

Mas é garanto lhe. Posteriormente, falarei um pouco mais acerca do Poder de tudo isso. Neste momento deixe me apenas dizer lhe que pode dar inicio à sua participação nesta Conversa com a Humanidade”, alertando todos os seus conhecidos para algumas das situações que poderão acontecer caso recusemos desempenhar o papel que nos cabe.

[fancy_box id=1]

Hoje, passa se exatamente aquilo que o Presidente Franklin Roosevelt disse:

Nada Temos a Temer, a não ser o próprio MEDO

[/fancy_box]

 

Do que se Trata – e do que não se Trata

Seguiremos em frente sem medo à medida que nos dermos conta de que o que está a suceder atualmente no mundo inteiro não é o que parece.

Em termos fundamentais, nada tem a ver com a Politica, por isso as revoltas nos Governos são despropositadas e pouco ou nada farão para a lterar o que quer que seja.

Não tem, também, nada a ver com a Economia, por isso os protestos com as disparidades económicas são mal orientados e pouco ou nada farão para alterar o que quer que seja.

Não tem, ainda, nada a ver com o Poderio Militar, por isso o seu  recurso para reprimir manifestações ou Solucionar discórdias pouco ou nada fará alterar o que quer que seja.

Pode ser que está relacionado com tudo isto, mas não está. Contudo, se não soubermos com o que está realmente relacionado e se não estivermos dispostos a saber, então estamos perdidos.

Se não identificarmos o Problema, como poderemos Resolvê-lo?

Aqui, a ironia é que queremos resolvê-lo!

Não conheço uma única pessoa que queira manter para sempre a situação atual tal como está. (É verdade que algumas pessoas recebem estes acontecimentos de braços abertos – proclamando alegremente que se aproxima a chegada do Armagedão, a derradeira batalha entre o BEM e o MAL antes do Dia do Juízo Final, dia em que serão os únicos a serem “salvos” – no entanto, a maioria anseia pela vinda de melhores tempos e não do Fim do Mundo.)

Na verdade, o que observo por todo o lado é que a raça humana está a perder a paciência consigo própria. Não queremos o tipo de mundo que criámos.

Como o pintor insatisfeito a afastar se da tela, decidimos que não estamos satisfeitos com o quadro que desenhámos.

fim do mundo ou nova era

 

Também se tornou óbvio (finalmente) que não podemos melhorar uma pintura usando as mesmas pinceladas nos mesmos sitios com as mesmas cores.

Algo tem de Mudar.

Chegou o momento de rasgar a tela e começar de novo.

É esta tomada de consciência que está a produzir a Reformulação da Humanidade.

A SOLUÇÃO para o Problema

Vamos ao dicionário procurar esta palavara.

REFORMULAÇÃO: ato ou feito de voltar a formular. Reorganizar, reestruturar. Pois é:

Reorganização de algo. Não a destruição  de algo, mas a reorganização de algo. 

É o que se passa neste momento no nosso mundo.

Muitos correm de um lado para o outro proclamando o fim do tudo. Não é. É o inico.

trata-se de reparar o nosso Mundo e a nossa forma de vida, e não de os destruir.

Para que todas essas reestruturações possam acontecer, temos de saber em concreto o que é necessário.

[fancy_box id=2]

Não precisamos de uma Revolução pelas ruas, mas de uma Revolução nas mentes

[/fancy_box]

É a nossa forma de pensar que temos de Mudar. No passado, tentámos alterar as condições do mundo e, mesmo quando conseguíamos fazê-lo (de quando em vez lá encontrávamos um penso rápido que ajudava), não demorava para que voltassem a surgir os mesmíssimos problemas de sempre (muito antigos) – pois nada se alterara na nossa mentalidade .

Tudo isto está a mudar. São muitos os que finalmente “entendem” o que se passa. Por isso vamos conseguir sobreviver a esta tempestade.

Vamos legar aos nossos filhos, e aos filhos deles, um MUNDO MARAVILHOSO para viverem.

Estamos prestes a virar uma página na História da Humanidade.

[fancy_box id=4]

PONTOS FULCRAIS:

  • Não nos estamos a aproximar do Fim da História, antes do inicio de uma nova Era.
  • Chegou o momento de rasgar a tela e começar de novo.
  • Muitas pessoas estão a perceber o que se passa e vamos ultrapassar esta tempestade.

A FAZER:

  • Inicie a Conversa com a Humanidade, partilhando com os seus conhecidos o que está a ler aqui.

[/fancy_box]

Vemos-nos amanhã na próxima conversa.

Faz dos teus dias dias de muita Conversa para o inicio de uma Nova Era

Sandra

 

%d bloggers like this: