Etiqueta: lei da atraçao

E se ACORDASSES hoje, SÓ com o que AGRADECESTE Ontem?

E se ACORDASSES hoje, SÓ com o que AGRADECESTE Ontem?

Como acordarias hoje se só te fosse permitido receber aquilo que AGRADESCESTE ontem?

Nem sempre tive o hábito de agradecer pelas coisas que já tenho, lembro-me que quando era pequena agradecia a Deus sempre que conseguia alguma coisa que antes tinha pedido. Mas também me lembro que não era muito de pedir e sim de agir.

Comecei a agradecer mais depois de ter lido alguns livros de casos reais, sobre situações que desconhecia que existissem, como título de exemplo: A exploração infantil, tráfico humano, direitos inexistentes das mulheres em muitos países do mundo, e principalmente as condições miseráveis que algumas pessoas vivem e que nem reclamam. Também quando viajei constatei com com realidades em que as condições  são consideradas miseráveis. quando tive filhos passou a ser um hábito diário.

Vemos muitas, falo aqui de Portugal, que é o País onde vivo e onde tenho tido mais experiências,  s a reclamarem de coisas tão banais e sem sentido que ficas a imaginar que por vezes as situações da vida menos boas que nos acontecem, fazem-nos valorizar coisas que de outra forma não o faríamos, não é?

Muito se pode falar sobre Gratidão e o  processo, verdade?  mas não queria deixar de partilhar um momento inspirado por uma pessoa que me é muito querida e tem imensos motivos para agradecer e não agradece, e como ele há milhões.

Quando somos Gratos por coisas simples, o Universo arranja maneira de nos compensar, mandando mais e melhor, posso garantir-te.

Se já agradeces podes confirmar, right? Risos carinhosos.

Ter aprendido o poder da Gratidão fez de mim uma pessoa que sabe dar valor às coisas mais simples da vida e a aproveitar a vida com muita intensidade.

Fiz um video onde falo sobre Gratidão e  partilho algumas dicas de como podes ser mais Grato e como é importante ser grato. Clica no Play

 

Espero que o video te seja útil de alguma forma e se não agradeces, nunca é tarde para começar, right?

Deixa ficar nos comentários abaixo se tens o hábito de agradecer e o que pensas do assunto.

 

Tem um dia Fantástico e Vive a Vida Livre

~Sandra

 

 

 

O Pior Analfabeto é Aquele Que Sabe Ler e Não Lê!

O Pior Analfabeto é Aquele Que Sabe Ler e Não Lê!

Consegues Imaginar a Tua Vida Sem Livros?

Sempre gostei muito de ler, e tive fases de ler muito e outras que nem por isso, mas posso dizer te que  foram muitos os tipos de leitura que tive, todos tiveram haver com o  meu processo de crescimento.

Eu acredito na lei da atração e por isso hoje acredito que atrai todos os livros que tive oportunidade de ler, e aqueles que ainda não li.

Se me segues sabes que já fui muito rebelde, por falta de atenção, diálogo e Amor, e também porque era uma “maria vai com as outras”, queria experimentar tudo que me chamasse a atenção.

Odiei a minha mãe durante muito tempo e tentei fugir várias vezes de casa.

Era uma criança considerada difícil de educar, que estava sempre a aprontar e que tinha sempre a resposta na ponta da lingua, e quanto mais me diziam isso, mais difícil me tornava, porque inconscientemente interiorizei que estava sempre a aprontar, e que me portava muito mal, e é verdade, aprontava demais.

Mas era muito Feliz, adorava brincar e brinquei muito, e quando comecei a ler e a escrever, não achei muita Graça pois a minha mãe sempre foi muito autoritária e bruta a ensinar, porque não sabia lidar com o meu défice de atenção.

eu com 7 anos

Eu sempre fui muito aérea e custava me muito prestar atenção ao a,e,i,o,u, e a qualquer coisa que fosse muito repetitiva e não fosse divertida, levei muitas vezes com a colher de pau nas mãos por não prestar a tenção, lembro me também da minha mãe segurar na minha mão para aprender a fazer as letras.

[fancy_box id=1]

Lembro me de repetir 50 vezes no caderno, como castigo:

Vou começar a tomar atenção nas aulas e só vou falar se a professora pedir

Vou começar a tomar atenção nas aulas e só vou falar se a professora pedir

Vou começar a tomar atenção nas aulas e só vou falar se a professora pedir.

Comecei sim a tomar muito mais atenção! Mas continuei a falar sem a professora pedir…lol

Este exercicio da escrita é um exercicio muito poderoso, para o bem e para o mal:

– Ajuda te a escrever e a corrigir os teus erros e ao mesmo tempo faz te interiorizar aquilo que precisas.

Agora, imagina se a minha mãe me tivesse mandado escrever:

– Não consigo tomar atenção, e falo sempre sempre sem a professora pedir…

Consegues perceber a diferença?

[/fancy_box]

A minha mãe sempre gostou de ler, e ganhei esse hábito com ela, acho lindo como conseguimos estar num mundo que não é nosso, viajar,  aprender e crescer com as experiências das personagens.

Ouve muitos livros que tiveram muita influência na minha Vida:

Conheci a turma da Mônica, do Mauricio de Sousa

Adoro a forma tão divertida de ensinar do Mauricio
Adoro a forma tão divertida de ensinar do Mauricio

Estes livros fizeram de mim uma criança mais divertida, e que gosta de ler e aprender muito mas sem ser na base da obrigação, é muito fácil ensinar uma criança a gostar de fazer algo, se utilizarmos a criatividade e for divertido, certo?

Além da turma da Mónica tambem lia banda desenhada da turma da disney.

Chegava a passar tardes inteiras a fazê-lo… Devorava os livros

Trocava com os meus amigos do Vale que também gostavam.

E tu, lembras te dos livros que gostavas de ler?

Há quanto tempo não lês?

Mesmo em adulta antes de ser mãe empreendedora, e gostar de outro tipo de leitura
Mesmo em adulta antes de ser mãe empreendedora, e gostar de outro tipo de leitura

Comecei por ler as fotonovelas que eram romances aos quadradinhos e a preto e branco, onde mostrava o principe e o bandido, com muitas histórias  de mulheres, maridos, amantes e o papel na sociedade, a minha mãe não gostava muito que eu as lesse, dizia que não eram para a minha idade…

Desde Romances, a histórias de mães que espancavam os filhos, li um pouco de tudo…

Aos 15 anos quando estava com a idade do armário bem evidente em mim, e comecei a andar com más companhias, a minha mãe sugeriu me (hehehe, quase me obrigou) a ler o Livro, Os filhos da Droga

Este Livro fez me não querer experimentar algumas coisas na minha Vida.

E que bom que Li! Este livro é baseado em uma história real, e impressionou muito, a personagem principal é a Christian F.

Hoje vejo o quão atenta a minha mãe foi comigo, mesmo não sabendo dar AMOR, nem carinho, ensinou me muito através dos livros que me Recomendou.

Hoje sei que deu o seu melhor, mesmo que não fosse muito pedagógica em certas situações, risos…

Fui crescendo e lembro de haver uma altura que só lia romances e foi quando comecei a pensar no meu principe, baseada nos personagens que lia… um dia chegou…

Conheci o homem da minha vida no comboio. Verdadeiro Romance…

Fui crescendo e os livros foram aparecendo..

Ganhei muitos Livros que ainda não li, nem tão pouco sei se vou lê los, outros comprei e decepcionei me, e há muitos que ainda quero ler.

Quando um Livro te Ajuda a Enxergares as Pessoas e a Vida de Outra Maneira

Estes livros que te vou apresentar, foram muito interessantes a forma que apareceram na minha Vida!!

Estava numa fase dos Porquês, desempregada a experimentar negócios de Marketing de rede e novas experiências, a conhecer muitas pessoas novas e diferentes das que estava habituada, e foi uma altura que tive muitas duvidas do que andava aqui a fazer e o que queria para o meu futuro;

Acho engraçado, porque a pessoa que me ofereceu o livro abaixo, O Segredo está sempre a dizer me que gostava de atrair o principe dela, mas só atrai homens problemáticos, que gostava de ter um emprego melhor e tem de estar a aturar clientes insatisfeitos…

Vê se que ela não leu o livro que me ofereceu e que ensina a fazer isso, diz que me ofereceu porque sabe que eu gosto destas coisas… lol, e ela também, Ironias do destino… Farto me de gozar com ela ..

Já não é segredo nenhum
Se quiseres ter o Livro e aprender a Lei da Atração, clica na Imagem e Aproveita a 1ª oferta

Também na altura que recebi este livro, tive o prazer de ver o Bob Proctor ao vivo no Pavilhão Altlantico, durante quatro horas e meia… Ganhei o Bilhete na empresa de Marketing multinível que desenvolvia na altura. Lei da atração em Ação

Ouvir Bob Proctor, um dos “mestres” que participou no livro e no filme O Segredo, de Rhonda Byrne, best seller mundial de auto-ajuda que em Portugal vendeu 350 mil exemplares.

Mas a palestra não foi muito bem sucedida pois a tradução estava muito mal feita e houve pessoas a abandonar o evento, uma pena.

Agora lembrei me que também vi o Adelino Cunha, fundador do I Have the power e cheguei mais tarde a fazer um workshop com ele, onde levei uma amiga que estava a precisar de se Motivar.

E ganhei o livro dele Rumo a terra dos Sonhos,  num evento onde fui promovida, quando me iniciei em Marketing Multinivel  em 2009

E De Repente Estás a Ler o Livro Que Precisas no Momento

Quando tirei o meu curso de Técnica de Ação educativa, entre 2010 e 2013 cruzei me novamente com muitos livros.

Os que me impressionaram e me ajudaram a perceber muita coisa foram os Livros do Grandioso Augusto cury, médico, psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Brasileiro…

Desenvolveu a teoria da Inteligência Multifocal, que estuda sobre o funcionamento da mente, o processo de construção do pensamento e formação de pensadores.

Adorei alguns Livros dele que Li,  e fizeram a diferença na  minha Vida.

Sei que no futuro, vão voltar a ser uma constante.

Tenho um sonho e Acredito que ainda vou conhecer o Augusto Cury  pessoalmente…

Confirmei com este Livro porque motivo temos tantos meninos "delinquentes/carentes)
Confirmei com este Livro porque temos tantos meninos “delinquentes/carentes)

Em dezembro de 2010, comecei a Fazer Voluntariado com Crianças de Risco e aproveitei um dos Livros do Augusto para incutir umas coisas bem interessantes na cabeça de alguns meninos que achei que podiam querer Mudar a forma de estar e ser, e escrevi o livro todo no computador, com a colaboração de alguns…

Gostei muito das experiências, fez me crescer muito como pessoa, e mais uma vez perceber porque temos tantos meninos sem futuro

Sou muito Grata pela experiência
Sou muito Grata pela experiência

O livro é sensacional. recomendo te se queres revolucionar de facto a tua Vida, e descobrir o teu valor. És insubstituivel.

Livros de desenvolvimento pessoal são fundamentais
Livros de desenvolvimento pessoal são fundamentais

É incrível como por vezes nem nos apercebemos das nossas competências e do tanto que sabemos.

Quando o meu filho nasceu em 2012, deixei de fazer voluntariado e faltava me um ano para acabar o curso de T.A.E.

E comecei a ler Robin Sharma recomendado por uma colega e amiga.

Li alguns livros dele, mas este aqui abaixo, demorei muito tempo com ele, li, parei, voltei a ler, e terminei, e voltei a ler uma segunda vez:

O Monge que Vendeu o Seu Ferrari, uma Fábula espiritual.

A história é sobre Julian Mantle, um advogado extremamente bem sucedido, ambicioso e que trabalhava muito e o muito aqui é para demonstrar exagero mesmo.

Em uma audiência, com o tribunal lotado, ele sofre um ataque cardíaco, resultado de uma vida desregrada, sem limites alimentares, psicológicos ou materiais. A partir desse acontecimento trágico, a fugacidade e fragilidade do que é a vida passa a ter novos significados e se tornar presente em sua vida.

Algo dentro de seu ser o questiona sobre o que já fez, o que tem feito e o que gostaria de fazer…

Fábula espiritual cheio de Grandes mensagens. Adorei
Fábula espiritual cheio de Grandes mensagens. Adorei

Lembro me que quando ia ter com meu filho ao hospital, pois esteve 25 dias internado na neonatologia por ser prematuro, as enfermeiras metiam se comigo por eu ler o livro alto para o meu filho…

O meu filho é um tagarela e super inteligente, achas que teve influência eu ter lido o livro desde os 5 meses de gestação e depois continuar? Eu acredito que sim.

Adormeciamos a fazer a tecnica do Kanguru e o livro ao colo
Adormeci várias vezes a fazer a Tecnica do Kanguru e o livro ao colo

Podia estar aqui a dizer te a quantidade de Livros que me ajudaram a crescer como pessoa, e me fizeram chegar onde estou hoje mas vou terminar oferecendo te um dos ultimos livros que Li e que me mudou completamente a minha forma de estar neste mundo do empreendedorismo e saber o meu valor pessoal.

Como é que eu não li este Livro antes?

Se todos entendermos que temos de aprender a ver por outra perspetiva, aprendermos com quem já passou pelo processo e aplicarmos os ensinamentos que se encontram aqui neste Ebook Sensacional, vamos ter muito mais pessoas Livres e Felizes, a acreditar que é possível, sim, Vivermos em abundância e termos mais qualidade de vida para estar com a familia e a fazer aquilo que mais gostamos.

O problema é que são poucas as pessoas que tem acesso, ou dispensam estas informações que nos ensinam a sermos nós na nossa essência e a R-educar a nossa mente, que foi formatada durante anos para não se expandir muito, para podermos Realizar os sonhos dos outros, e não os nossos.

[fancy_box id=2]

Eu vou fazer a minha parte e vou deixar te aqui o Ebook do Guru Instantaneo, aproveita e guarda já, mesmo que não tenhas vontade de lê lo… apesar de eu achar que devias de ler ontem, o seu conteudo é PODEROSO, e pode ajudar te a Mudar a tua Vida num instante, mudando a forma que olhas para ti e  para o dinheiro.

Se aplicares os ensinamentos que aqui se encontram, Garanto te que vais começar a ver resultados na tua pessoa e na tua vida.

Aproveita, pois este conteúdo já esteve à venda por 47€ e o autor ganhou uma “pipa de massa” com ele, e não te posso garantir até quando está disponível Gratuitamente.

[/fancy_box]

Clica na imagem, Recebe Grátis o  Ebook no teu Email,  e Começa a Transformar te na Tua Melhor Versão

Transforma te na Tua Melhor Versão
Transforma te na Tua Melhor Versão

Pior Analfabeto é Aquele Que Sabe Ler e Não Lê.

Procura um tipo de leitura que te agrade e  lê, viaja, sonha, envolve te, desenvolve te, emociona te, e cresce.

A minha sugestão é que aproveites e apliques  todas as mensagens e dicas que vais recebendo ao longo da tua vida, seja em livros, artigos como este ou outros, musicas, videos …

Que tenhas uma boa leitura e muitos momentos AhA com os livros que te ofereci; Não desperdices a Oportunidade de puderes crescer.

Se souberes que pode ser útil a outros, não hesites em partilhar, pois foram escritos para chegar ao maior numero de pessoas.

Muito grata por estares ai.

Vive uma Vida Fantástica.

Sandra Galão

5 Atitudes Que Roubam o Teu Poder, a Tua Felicidade e Que Te Limitam!

5 Atitudes Que Roubam o Teu Poder, a Tua Felicidade e Que Te Limitam!

Sabias que a forma como interpretas a tua história, observas a ti mesmo e a tua realidade irão determinar o teu futuro?

Por exemplo: se estás preso(a) a uma crença onde achas que não tens nenhum valor, tu irás interpretar te como uma pessoa que não tem valor, e os teus comportamentos e pensamentos farão com que ajas exatamente como uma pessoa que não tem valor.

Assim é com tudo, não basta quereres mudar, não basta acreditares que amanhã será melhor, se não tomares a iniciativa de mudares a interpretação do mundo e de ti mesmo, ou seja, mudares a forma como olhas para a tua realidade.

Para que isso aconteça, permite te começares a abandonar as cinco atitudes que anulam o teu poder de mudar a tua realidade, são elas:

1 – A Vida é Luta:

vida é luta

A maioria das pessoas vive com esta ideia errada e cultural de que precisamos lutar o tempo todo para conseguirmos alcançar alguma coisa na nossa vida.

Se continuares a achar que a vida é luta e que é muito dura, a tua realidade irá transformar-se num verdadeiro campo de batalha.

Lembra te que a tua realidade sempre irá justificar a tua interpretação do mundo.

2 – Ser o Que os Outros Esperam

ser o que os outros esperam

Na maioria das vezes ao quereres ser o que os outros esperam de ti, é a fórmula perfeita para te enfraqueceres, perderes a própria Luz e entrares em depressão, a seguir vão camuflar o problema “entupindo te” de medicação.

Tu não existes para suprir as expetativas.

Tu existes para te descobrires e revelares o teu potencial ao mundo.

Não estejas constantemente à espera da aprovação dos outros, pois eles não te vão dizer o que desejas ouvir.

 

3 – Tu És Uma Vítima

vitima

Esta é uma das crenças mais limitantes, pois entrares no papel de vitima é fugires do teu poder, pois a vítima é aquela pessoa que acredita que não tem poder, que se está sempre a queixar e só consegue ver o lado negativo das coisas, é aquela pessoa que vê um problema em cada situação.

Lembra te que tu és um observador do Universo, tudo existe porque tu estás presente e a observar, tens o dever de assumir a responsabilidade pela tua realidade e terás o poder de mudá-la.

Tens de acreditar que podes sair dessa situação!

Posso dizer te com sinceridade que ainda não tenho paciência para pessoas assim, e a dica que dou é que temos de ter uma visão do que queremos, ou pelo menos uma ocupação que nos alegre o coração!

As pessoas que se fazem de vitimas, aproveitam se da doença para justificar certas atitudes, queixam se de tudo e de todos, e que nada está bem, a não ser elas mesmas e as próprias atitudes.

Quando vejo que não posso ajudar, afasto me o máximo que posso (é contagioso), digo te por experiência própria!

 

4 – Quando Dependes Emocionalmente De Terceiros

dependencia-emocional

Se dependes emocionalmente dos outros estarás sempre à mercê, nunca conseguirás ser Livre, pois acabas por não conseguir agir sem a “permissão” de quem dependes, já pensaste nisso?

Acredito que devemos ouvir sim a opinião de quem gostamos e admiramos, mas nunca depender delas para que possamos correr e agir no encontro daquilo que realmente queremos para a nossa vida.

NÃO, NÃO e NÃO!

E todos temos a escolha.

  • Não dependas do teu marido financeiramente, porque um dia podes querer “voar” e como não te realizaste profissionalmente, não tens dinheiro e tens de te sujeitar…

  • Não dependas das tuas amigas para te resolverem os teus problemas, porque um dia elas podem não lá estar

  • Não dependas de sistemas que usam e abusam da tua pessoa

  • Não dependas de patrões que te exploram e te usam como “escrava do século XXI

  • Não dependas dos teus pais, se já és crescido!

Vou contar te aqui uma história real  sobre depender dos outros, e que se passou comigo, e uma grande amiga que já não está na mesma frequência que eu.

[fancy_box id=2]

Sempre fui muito despachada, orientada, um pouco armada, e tinha uma grande amiga desde a infância que era o oposto de mim, e quando ela começou a namorar  deviamos ter os nossos vinte e poucos anos, um namorado muito divertido, que cativava todas as pessoas que conhece, que todas as pessoas o acham o máximo, até o conhecerem na sua realidade.

DETESTO homens hipócritas e machistas que colocam rótulos nas mulheres, que nos olham como se fossemos objetos e propriedade, e era assim que eu sentia sempre que ouvia o namorado da minha amiga a falar das mulheres! (hoje sei que tem haver com muitos fatores), mas continua machista. arghh

Como essa minha amiga permitia eu metia me muito nos problemas deles, ajudei a quando os filhos dela nasceram, cheguei a ajudá la a resolver imensos berbicachos!

Eu entristecia me por ela ter escolhido uma pessoa tão problemática, mesmo que divertido para os de “fora”.

Sempre a apoiei pois para isso servem os amigos, só não entendia que estava a prejudicá-la ao resolver os problemas por ela!

Na altura estava convicta que estava a ser muito útil à minha amiga ao defendê-la do marido que ela escolheu cheio de “problemas”… hehehe

Claro que não, nada útil, descobri anos mais tarde quando fui mãe e não pude ser uma amiga tão presente, e essa amiga necessitou de ser desenrascada pois o marido viajou a trabalho e ela ficou com os dois filhos com 9 anos,  o quão desesperada ficou, tal era a dependência!

Foi nessa altura que percebi o quão dependente estava da minha pessoa,  e não só, não gostei nada da sensação!

Conversamos e disse-lhe que o Universo/Deus estava a dar lhe a oportunidade de crescer e ser Livre.

Depois de um longo processo de crescimento e desilusões, hoje é completamente independente, muito desenrascada, tanto que raramente nos vemos, mas vai estar sempre no meu coração!

[/fancy_box]

Lembra te que somos seres que nascemos para ser Livres!

Para a nossa vida se mover, ela precisa da nossa liberdade!

5- Necessidade da Aprovação dos Outros

 

buscar aprovaçao dos outros

Quando fazemos as coisas em busca da aprovação dos outros, normalmente não fazemos com paixão e acabamos com falta de confiança em nós próprios!

É necessário que tudo o que façamos seja porque gostamos do que fazemos, e não porque precisamos que alguém goste, faz sentido?

É um erro muito comum, mas que deve ser eliminado para que possamos ser nós próprios e tenhamos o futuro que merecemos.

Liberta te dos outros e vais descobrir o PODER dentro de ti, isso é garantido!

Não leves a vida tão a sério, mas vive a como se hoje fosse o último dia!

Espero que este artigo te seja útil de alguma Forma!

Sê Feliz.

~Sandra

 

Para Que Possas Atrair Aquilo Que DESEJAS em 2017 Tens De Sair Da Gaiola

Para Que Possas Atrair Aquilo Que DESEJAS em 2017 Tens De Sair Da Gaiola

Consegues imaginar te a cumprir todos os teus objetivos no NOVO ANO?

No inicio do ano é normal termos uma série de coisas que desejamos atingir e outras que desejamos  largar, right?

  • Largar o Patrão explorador

  • Começar um negócio novo

  • Ter mais tempo para a familia ou para fazer aquilo que mais gostamos

  • Deixar de fumar ou beber

  • Emagrecer

  • Começar a meditar

  • Começar a ler mais sobre desenvolvimento e crescimento pessoal

  • Começar a fazer exercicio fisico

  • Viajar

  • Iniciar aquele curso de línguas que vai ser uma mais valia….

  • E tantos outros…

Começamos entusiasmados e cheios de expetativas, e depois de uma semana, para não dizer uns dias, os medos, duvidas, ansiedades, preguiça, pressões externas e as “amigas” circunstâncias impedem nos muitas vezes de conseguir alcançar aquilo que nos propomos, e começamos a procrastinar,  right?

É normal, a grande maioria de nós funciona assim, mas isso pode mudar se perceberes porque o fazes!

bannercorreiodoblog-tnprt-131

 Quando foi a última vez em que investiste em ti e no teu conhecimento?

O grande problema da nossa sociedade é que fomos formatados a pensar pequeno, a não gostarmos de nós, a aceitar tudo o que nos dizem como verdades únicas e a desistir nos primeiros obstáculos, verdade?

Colocamos a culpa em todos os que nos rodeiam e até nas coisas que não controlamos (A crise, O vizinho, o patrão, o governo, a midia, os filhos  e às vezes até o cão) por tudo de errado que nos acontece, é ou não é?

Tudo porque fomos “formatados” assim, só isso!

Os nossos pais já formatados, diziam nos que estamos aqui para estudar muito, de preferência  num curso que tenha saída, para poderes arranjar um trabalho assim que tiveres o canudo e poderes pagar as contas e comprar a tua casa, carro, roupa e blá, blá, blá…

Lembro me bem de ouvir a minha mãe dizer-me a mim e às minhas irmãs, tantas vezes:

– Se não estudarem, nunca vão ser ninguém na vida!

E eu pensava e às vezes dizia mesmo, antes que pudesse pensar:

– Como assim, mas eu já sou alguém! – E dava logo discussão, porque nunca gostei muito da escola, quer dizer, das aulas, a grande maioria eram uma seca e não percebia porque deveria aprender aquilo e então “baldava me para ir jogar ping pong, futebol, matrecos e tudo o que não implicasse livros e sala fechada!

Fazer o Que Gostamos ou o Que Dá Dinheiro?

  • Lembro me que quis ser advogada, porque não gosto de injustiças e porque me considero defensora dos “fracos e oprimidos”, e desisti porque tinha de estudar milhares de artigos de lei!

  • Depois quis ser Jornalista, daquelas que viajam pelo mundo em missões, porque gosto de falar, de viajar e de aventuras, e desisti porque também tinha de estudar muito, lol!

  • Acabei por não ir para a faculdade, com muita pena da minha mãe, mas naquele momento com 18 anos para mim ser livre e bem sucedida era ter o tal trabalho que me permitisse fazer o que mais gostava e comprar as minhas “coisas”!

Nunca acreditei que para ser bem sucedida (ser alguém) tinha que andar tantos anos na escola, a estudar muitas vezes matérias que não interessam para nada, na minha opinião, of course!

Muitas vezes impedimos os nossos filhos de correrem atrás dos seus sonhos por termos este tipo de crenças  incutidas por imensas pessoas ao longo da nossa vida, pensa lá nisso por um instante!

Queremos que eles façam o que dá dinheiro e não o que dá prazer, queremoss que eles sejam aquilo que nós não tivemos coragem de ser, queremos, queremos, mas esquecemos que quem tem que querer são eles!

Eu acredito que devemos investir no nosso autoconhecimento e no nosso desenvolvimento pessoal, para podermos descobrir a nossa melhor versão e dar assim o exemplo aos nossos filhos!

mybest gift

 

É preciso expandir a mente e deixar entrar novas ideias que até então não eram possiveis, pois estamos em constante mudança e evolução!

Porque Estamos Sempre a Comparar?

É verdade que fazemos isto constantemente, e grande parte das vezes inconscientemente, mas também fomos formatados assim, quando ouvimos os nossos pais a compararem nos com os nossos irmãos, primos e até vizinhos;

Os nossos professores a compararem nos com os nossos colegas;

Os colegas que nos comparam com outros…

Por isso, crescemos a comparar nos a “todos”, em vez de descobrir quem realmente somos e qual a nossa missão de vida!

Não te compares a ninguém, pois cada um tem a sua história, o seu percurso e a sua personalidade!

É preciso deixar de ter tantas crenças, e perceber que a grande maioria são crenças incutidas e se são incutidas, podemos/devemos libertar nos, right?

Começa a analisar e a tentar perceber que crenças são essas que não te fazem sentido e liberta te!

A tua vida está à espera de ser vivida, não adies mais!

Só há uma coisa a FAZER

[fancy_box id=1]

Como diz Rubem Alves:

“Somos assim: Sonhamos o voo mas tememos a altura.

Para voar é preciso ter Coragem para Enfrentar o terror do Vazio.

Porque é só no vazio que o voo acontece.

O vazio é o espaço de LIBERDADE, a ausência de certezas.

Mas isso é o que tememos:

O Não ter certezas. Por isso Trocamos o voo por gaiolas.

As Gaiolas são o Lugar onde as certezas Moram 

[/fancy_box]

“Esbarrei me” há uns meses com o texto acima e não podia deixar de partilhá lo contigo que DESEJAS  voar e talvez não saibas que PODES!

Nós somos os criadores da nossa história, Deus, deu nos o o livre arbítrio de poder escolher o que é melhor para nós e para quem nos rodeia, e se não gostamos da vida que temos só temos de mudar quantas vezes forem necessárias até termos a vida que desejamos e merecemos, right?

 Mas para que isso aconteça não podes estar na Gaiola!

Não tenhas medo de  R-aprender a voar, a porta da Gaiola está encostada, basta que a empurres e te libertes!

Se vai dar medo? Claro que sim, mas se der medo vai com Medo mesmo, porque o medo tem medo da ação!

vai com medo
O meu filho a arranjar uma estratégia para descer a rampa, com medo!

Para Concluir, espero ter sido útil e Desejo:

Que tenhas a Coragem de te Libertar e empurrar a porta da Gaiola, pois quanto mais tempo aí estiveres, mais dificuldades vais ter em  R-aprender a voar.

Eu comecei AQUI acerca de um ano e meio a investir em MIM e no FUTURO BRILHANTE que quero dar aos meus FILHOS e às próximas gerações!

Vive uma vida Fantástica

Sê FELIZ hoje e sempre

~Sandra Galão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Que Não Entendemos Sobre Deus e a Vida em A Mudança Está DENTRO de SI

O Que Não Entendemos Sobre Deus e a Vida em A Mudança Está DENTRO de SI

Olá, olá.

Aqui estamos nós para a 11ª primeira Conversa do desafio 28 dias a blogar que começou AQUI

A segunda das Sete Perguntas Básicas parece-me sempre retórica.

A resposta inteligente da Humanidade a essa questão só pode ser sim.

Quer dizer, se a resposta dada de forma genuína e verdadeira for não, então os seres humanos estão em maus lençóis – ainda pior do que poderíamos julgar.

SEGUNDA QUESTÃO

[fancy_box id=1]

Existirá algo que não conseguimos entender plenamente sobre DEUS e a vida, e cuja compreensão permitiria mudar tudo?

[/fancy_box]

Claro que sim. Declarar que entendemos tudo sobre Deus e a vida é pura loucura.

É certo que existe aqui falta de informação. É certo que não temos todos os dados. No entanto, há pessoas que acreditam que dispomos de todas as informações  de que precisamos para levar uma vida plena e proveitosa.

Encontra-se nas Sagradas Escrituras.

Mas quais Sagradas Escrituras? Qual é o livro que contém a Única e Genuína Palavra de Deus?

Ora bem, isso depende da pessoa a quem nos dirigimos.

Muitos respondem: é o novo Testamento.

Outros dizem: não, a palavra de Deus está na Bíblia Hebraica.

Outros replicam: a sua palavra está no Corão.

Outros dizem: não, está na Tora.

Outros dizem: não, está no Mishna.

Outros dizem: não, está no Tamulde.

Outros, no Bhagavad-gita

Outros, no Rig Veda.

Outros, nos Brahmanas.

Outros, no Upanishads.

Outros, no Mahabaharta e no Ramayana.

Outros, nos Puranas.

Outros, nos Tantra.

Outros, no Tao Te Ching.

Outros, no Buddharma.

Outros, no Dhammapada.

Outros, no livro dos Mestres Huainam.

Outros, no Shih-Chi.

Outros, no livro de Mórmon.

Outros….

Bem, o que estou a dizer é que muitas pessoas acreditam que a Revelação Direta – ou seja quando Deus fala diretamente ao Homem – pode encontrar-se nas Escrituras Sagradas com os quais se sentem mais familiarizados.

Constrói a Vida Que Tu Queres, utilizando os Recursos da Era Digital

Esta diversidade dificulta um pouco a descoberta daquilo que não se compreende plenamente acerca de Deus e da Vida, pois considera-se que os livros contrários à nossa tradição espiritual estão incorrectos.

Então e livros como Conversas com Deus?

Isso é pura Blasfémia.

Como sabe, as religiões mundiais concordam que Deus fala diretamente aos Seres Humanos – afinal – afinal, Deus falou diretamente às pessoas que se consideram a fonte dessas religiões  (Moisés,Jesus, Baha’u’llah, Joseph Smith, etc.)

E concordam igualmente, apesar das divergências entre elas, que ultimamente Deus não tem falado com as pessoas.

Desde que falou diretamente com as fontes das suas religiões, declaram os fiéis. Deus sofre de um grave caso de laringite celestial.

Acabou a conversa com as pessoas.

Ora aqui fica uma regra estabelecida: caso se trate de um Livro Antigo, criado pela inspiração que Deus transmitiu ao Homem há centenas ou milhares de anos, existe, no mínimo, uma hipótese de ser verdadeiro.

Caso se trate de um Livro Novo, criado pela inspiração transmitida por Deus à Humanidade nos dias de hoje, não há a mínima hipótese de que seja algo mais do que blasfémia.

O antigo é bom, o antigo é Deus; o novo é mau, o novo é blasfémia.

Percebeu?

Aquilo Que Não Sabemos

Ainda assim, nada disto representa um problema, pois não?

Não é verdade que sabemos tudo o que precisamos de saber?

Sabemos aquilo de que precisamos para conseguirmos criar a vida coletiva e individual com que a Humanidade há muito sonha, certo?

Não, não sabemos. Ainda resta algo que não compreendemos totalmente… e essa compreensão mudaria tudo.

Quando eu era novo, havia um ditado:

“Olhos que não veem, coração que não sente”.

Hoje em dia, dá-se exatamente o oposto. Aquilo que não vemos e entendemos magoa-nos.

Assim, o que não vemos e não entendemos acerca de Deus e da vida está a matar-nos.

Não entendemos quem é e o que é Deus, não entendemos a vontade de Deus (embora todas as religiões afirmem o contrário), não entendemos como Deus funciona ou interage com o mundo (se é que Deus o faz efetivamente) e não entendemos a nossa verdadeira relação com Deus.

Porque é que Deus diz “sim a umas pessoas e “não” a outras?

Porque é que Deus diz hoje “não” às pessoas a quem disse “sim” no passado?

Porque é que Deus permite que aconteçam coisas más a pessoas bondosas?

Porque é que Deus… porquê, porquê, porquê???

Embora, por um lado as religiões mundiais tenham procurado trazer-nos todo o conhecimento possívelpor outro lado, infelizmente, têm abafado as constantes interrogações e análise.

Assim sendo, caso não aceitemos as respostas seculares ( e não devemos aceitá-las – veja só onde nos levaram!), basicamente ficamos à nossa mercê para conhecermos Deus mais a fundo;

E para experienciarmos a vida de modo mais pacífico, harmonioso e feliz.

bannercorreiodoblog-tnprt-131

Falta algo aqui. É evidente que falta informação .

No entanto falta CORAGEM para admitir esse facto, quanto mais para apresentar sugestões sobre qual a informação que pode colmatar essa lacuna.

Por isso a pergunta foi abafada com êxito na maior parte das religiões e, deste modo e por arrastamento, deixou de estar acessível à maior parte da Humanidade.

Não a toda a Humanidade repare. À maior parte.

Esta é ironia: enquanto muitas pessoas estariam dispostas a assumir profundamente que, neste mundo não entendemos Deus e avida em toda a sua plenitude, a procura de novos conhecimentos é grandemente desencorajada, quiçá até severamente condenada.

Além disso, para a maioria das pessoas, a ideia de que uma ou duas pessoas, ou outro grupo, podem ter descoberto algo mais ou algo novo constitui uma absoluta excomunhão.

Completamente inaceitável.

Não seremos superados por ninguém – mesmo que isso nos deixe todos abaixo.

Aquilo Que Também Não Sabemos

Não é só tudo o que envolve “Deus” que não entendemos.

Não sabemos nem sequer metade daquilo que precisamos de saber para uma compreensão absoluta da vida, sem contar com a vivência das nossas diversas divindades.

sete perguntas a serem respondidas

 

Não entendemos sequer os elementos ou funções rudimentares da Energia da Vida., Simplesmente não sabemos como funciona. Não entendemos as carateristicas magnéticas da atração.

Não entendemos o poder do Medo.

Não temos a capacidade de ver e entender o milagre do amor, refiro me ao verdadeiro Amor. 

Ao Amor Incondicional.

Insistimos que, se não for possível medir, analisar testar e provar algo por meio de métodos cientificos, quer dizer que esse algo não existe.

Portanto , eliminamos do nosso bom uso tudo o que tenha a ver com a perceção extrasensorial, áreas da mente, imagística criativa , perceções paranormais, funcionamento dos sonhos, pensamento positivo ou qualquer outro fenómeno imensurável e inexplicável.

Permite-ma que apresente aqui um pequeníssimo exemplo daquilo que estou a falar.

 

Digamos que passa pela experiência de querer algo desesperadamente .

Sabia que que ao continuar a dizer para si mesmo “Quero aquilo!” está anunciar ao Universo que não o tem? 

E que esta declaração cria a sua realidade contínua?

Desde que continue a ter esse pensamento, não poderá ter aquilo que “quer”, pois não ode ter auqilo que confirma não possuir.

Onde quero chegar: A Sua Palavra Tem Poder Criativo.

Por exemplo, a afirmação “Quero Mais Dinheiro” é capaz de não atrair dinheiro, podendo até afastá-lo.

Tal acontece porque o Universo só conhece uma palavra: “SIM”

Ouve-o atentamente e ouve sobretudo aquilo que você está a sentir.

O primeiro volume da coleção Conversas com DEUS afirma que ” os sentimentos são a linguagem da alma”.

Se estiver sempre a dizer: “eu quero mais dinheiro” e se o Universo sentir o seu sentimento de carência, será isto que o Universo responderá.

Na verdade o Motor de Criação é um íman.

Estamos a falar de força. Da força de um íman . Lembre-se de que um sentimento é energia e, em termos de energia , os iguais atraem-se.

Assim sendo, o Universo vai dizer “SIM” – e você continuará a querer mais dinheiro.

Se pensar: “Eu quero mais amor na minha vida!” O universo vai responder “SIM!” e você continuará a querer mais Amor na sua vida.

Liberdade Financeira

Ao usar a energia da vida, a palavra “EU” representa a chave de ignição da criação. O que vem a seguir à palavra “eu” faz girar a chave, pondo a trabalhar o motor da manifestação.

Deste modo, quando “parece” que a Criação Pessoal não está a resultar, é somente porque a Energia da Atração trouxe até si aquilo que escolheu inadvertidamente e não aquilo que julgou ter escolhido.

É isto que está acontecer por todo omundo hoje em dia.

Foi isto que provocou a tempestade antes da Bonança.

A força da energia da vida está sempre ativa. Se assim não fosse, se esse processo não estivesse sempre a funcionar, poderia ter um único pensamento estremamente positivo acerca de algo e esse resultado sem dúvida manifestar-se -ia na sua realidade.

No entanto, o processo está em constante funcionamento e não apenas durante parte do tempo, sendo alimentado pelos sentimentos mais profundos e persistentes.

Por isso, um único pensamento positivo num turbilhão de ideias e projeções menos positivos, provavelmente não produzirá o resultado desejado.

O truque é manter uma atitude positiva num mar de negativismo.

O truque é saber que o processo funciona mesmo quando parece que não está a funcionar.

É disso que estamos aqui a falar, nesta conversa. É isto que abrandará a tempestade.

Contudo, para nosso mal, a Humanidade desvaloriza alguns dos mais importantes e poderosos aspetos da vida, tal como a compreensão e a utilização da energia da vida. AInda agora dei um exemplo.

Pois então, haverá algo que não entendamos sobre Deus e a Vida?

Claro que há.

Se conseguíssemos entender, as coisas mudariam?

Claro que sim.

Será que faz sentido que a Humanidade converse sobre este assunto?

Claro que faz.

[fancy_box id=6]

PONTOS FULCRAIS:

  • Existe uma lacuna de informações entre o que sabemos e aquilo que precisamos saber acerca de Deus e da Vida.
  • São muitas essas informações que faltam
  • Se começássemos a preencher essa lacuna, tudo mudaria.

A FAZER:

  • Faça uma lista com aquilo que sei Acerca de Deus. Tente perceber se está em consonância com o que aprendeu quando era criança ou com o que lhe foi transmitido culturalmente.
  • Aprenda tudo o que puder sobre a energia da vida e o seu funcionamento. Comprometa-se a estudar este assunto durante um ano. Daqui a doze meses, acrescente este tema às suas conversas com outros acerca das Sete Perguntas Básicas.

[/fancy_box]

 

E assim chegamos ao fim de mais uma conversa com Deus.

Lembro te que estamos aqui para sermos Livres e Felizes e eu estou aqui para te ajudar no que me for possível.

Amanhã cá estaremos para a próxima conversa e mais uma das Sete Perguntas Básicas:

Muito Grata por continuares aí-

Vive uma Vida Extraordinária.

Sandra

 

 

 

 

Porque DECIDI começar um Negócio a partir de casa

Porque DECIDI começar um Negócio a partir de casa

Quando Tomei a Decisão De Me Tornar Mãe Empreendedora Online, com um Negócio a partir de Casa Não Sabia Muito Bem Ao Que Vinha, mas Acredito Que Atraimos O Que Pensamos.

Eu estava á procura de realizar me profissionalmente sem ter Patrão, isso era um facto, depois de tantos anos a trabalhar para outros, DECIDI que não queria voltar a sujeitar me a patrões donos da verdade, a sistemas que não nos permitem expandir a nossa mente, nem sermos criativos.

Nem a horários fixos/rotativos, nem filas de trânsito, muito menos  a um ordenado fixo mas miserável.

Muda de Zona. Só custa o primeiro passo
Muda de Zona. Só custa o primeiro passo

 

Eu sempre acreditei que tive muita sorte, pois mesmo quando andei iludida e a vestir uma camisola que não me pertencia, sempre fiz aquilo que gosto, nunca me queixei muito, e sempre aproveitei todas as situações da minha vida como lições, grandes Lições.

Só no final é que já fazia um sacrificio tão grande que fui de baixa médica, com inicio de uma depressão.

Eu trabalhei durante muitos anos como empregada por conta de outros, mas gostava muito de ser coordenadora de linhas de montagem, e sempre fiz o meu trabalho com muito prazer e adorava estar sempre a aprender coisas novas, e a formar pessoas novas, e a melhorar o processo.

Fiz isso durante 10 anos, e depois de uma greve,  fui “convidada” a sair e estive 4 anos como “robô” com Software desatualizado, desculpa, software muito avançado…ahahah, desculpa não resisti.

Felizmente, aproveitei bem essa altura da minha Vida, e conheci muitas pessoas que sei que fiz a diferença na Vida delas, assim como muitas pessoas fizeram (algumas ainda fazem) a diferença na minha vida.

O Que Eu já Sabia e o Que Sabia Que Não Sabia Quando Iniciei Com o Meu Negócio a Partir de Casa

[fancy_box id=6]

  1. Sabia que Não ia Ter Patrão;
  2. Sabia que vinha aprender formação na área da Era Digital (Nova Era)
  3. Sabia que sabia muito pouco do assunto de internet Marketing
  4. Sabia que estava disposta aprender e a seguir orientações de quem já mostrou que resulta
  5. Sabia que não queria viver um futuro de incertezas
  6. Sabia que quero Educar os meus filhos no conforto
  7. Não sabia que vinha aprender a ser uma Empreendedora Independente
  8. Não sabia que tinha competências Inconscientes
  9. Sabia que tinha de mudar muitas coisas nas minhas rotinas

[/fancy_box]

 

E o mais Importante, sabia que quem me ia Orientar é Uma pessoa que admiro muito, o meu mentor Rui Gabriel, que eu já seguia há  mais de 6 anos, e me Identifico completamente com a Visão dele.

O que me fez prestar mais atenção nele, foi um ebook que ele lançou na altura que me iniciei em Marketing multinivel e o Rui estava na four life e tinham lançado o  magnet system, e ele oferecia o ebook aos subscritores da lista, nesta altura ainda nem sequer sonhava com a Empower Network,

Nesse ebook, estava lá uma história que o Rui conta que envolvia a Melissa, a esposa do Rui e uns canelones.

Ele contou com muita simplicidade como funcionava e como escolhiamos uma boa empresa de MLM (marketing de rede),  Adorei e um dia conto te, hehehe.

 

Muito grata ao meu mestre e Mentor Rui Gabriel
O dia em que conheci pessoalmente o meu mestre e Mentor Rui Gabriel, 27 de Novembro 2015 no  primeiro evento de desenvolvimento pessoal. Evento R-evolução

Sempre gostei de ler o que o Rui escreve, ele é um ser que veio fazer a diferença na Vida de outras pessoas, disso eu não tenho duvidas, pois já o faz a imenso tempo, falo dele sempre que falo de marketing, lol…

Tem uma frase que o Identifica muito BEM:

Um Grande Homem é Aquele Faz Com Que Outros Se Sintam Grandes Também

É verdade, não há muitos a fazerem nos sentir assim, Grandes e cheios de valor como somos na Realidade, mas que infelizmente não estamos formatados para isso e sim para pensarmos com a cabeça dos outros e a seguirmos a maioria. para Realizarmos os SONHOS dos outros…argh

Por isso é que nós aqui na Comunidade da Tribo e na Empower Network somos Gratos ao Rui pela sua generosidade, humildade, Luz e pela sua visão tão Grandiosa, da qual faço parte e que tu só vais saber se tiveres um blog e estiveres a ajudar outros a fazerem o mesmo.

COMEÇA AQUI

O que Procurava Quando Decidi Ser Uma Mãe Empreendedora?

Eu quando comecei esta caminhada no mundo on line, procurava uma Carreira, pois os 2 anos que estive em casa como mãe e dona de casa, mostraram me que não nasci para isso:
Adoro acompanhar o Crescimento dos meus Filhos
Adoro poder acompanhar o Crescimento dos meus Filhos

 Não nasci foi para ser dona de casa ;oD

Vim ser Empreendedora para arranjar uma ajudante, nestas tarefas
Vim ser Empreendedora para arranjar tambem uma ajudante, nestas tarefas

Voltei a Universidade, mas esta é a Universidade do Futuro

Aprendemos, Aplicamos e Ensinamos como montar negócio a partir de casa

Ajudamos te a descobrir a tua VOCAÇÂO, aquilo que mais sabes  Fazer e GOSTAS

e Transformamos isso em DINHEIRO

Não sei se sabes, mas é uma das Profissões mais bem Remuneradas do Futuro e do momento, para quem sabe o que faz, e faz o que sabe.

TU também podes APRENDER.

De certeza que quando começaste no teu primeiro trabalho/emprego tiveste de aprender, certo?

Erraste muito, ou pouco, conforme as tuas Capacidades de Aprendizagem, mas depois que Aprendeste, Hã? É como em tudo o que te propões aprender. Tens de passar pelo processo.

Aqui é parecido, a diferença é que é um negócio Teu, onde TU  decides até onde podes ir, onde podes expandir a tua mente e dar opinião para melhorar o processo, o que não acontece na maioria dos trabalhos, verdade?

Sou Mãe Empreendedora na àrea da formação Digital na Universidade da Tribo, juntamente com a empresa de afiliados, com os videos de treino da Empower Network, onde se aplicares o que vais aprendendo, não tens como não alcançares os teus os objetivos, e melhor estas apta(o) para ensinares outros a fazerem o mesmo, faz sentido?
[fancy_box id=1]
 A ideia da Universidade da Tribo, fundada pelo Rui Gabriel, Empreendedor Digital de Renome Internacional, é que qualquer pessoa comum que tenha interesse em mudar de vida, aprenda uma nova profissão, com um negócio próprio a partir de casa, onde vais descobrir a tua vocação, a tua melhor versão, e melhor que tudo: Viver sem Depender de SISTEMAS cheios de falhas e patrões exploradores.
[/fancy_box]
Aqui na Universidade,  todos tem a oportunidade de mostrar o seu melhor   
E tu?  Preferes ganhar bem e fazer algo que não gostas, ou não te importas de ganhar menos mas fazes aquilo que realmente sabes e Amas?
 Ainda existe uma terceira opção que eu desconhecia até vir aqui parar a este projeto!

Podes fazer o que mais gostas e ganhares muito DINHEIRO com isso, sabias?

Como em todos os negócios este não é diferente e requer de Muito ESFORÇO, DEDICAÇÃO e EMPENHO da tua parte.

Não Venhas ILUDIDO(A).

PODES Ganhar Muito DINHEIRO, mas tens de fazer a tua parte!

Lembra te que os resultados não são tipicos, podes ver rendimentos médios AQUI

Quando resolvi aprender a trabalhar com a nova Era digital, não percebia nada de internet Marketing,  eu só estava focada em prender uma nova profissão, para não voltar a ter patrão, eu estava desempregada e com dois filhos pequenos, sem saber muito bem como lidar com esta incerteza do futuro, agora que Deus me tinha abençoado com a minha menina.
Minhas estrelinhas
Minhas estrelinhas
Mas eu sou fã de uma frase de Confucio que concordo em pleno, por isso aqui estou
[fancy_box id=2]
“Quem encontra um trabalho que goste de fazer, jamais terá de trabalhar um único dia”
Concordas?

Encontra a tua vocação e não trabalhas nunca mais.

[/fancy_box]
Não há nada melhor na vida do que trabalhares naquilo que gostas mesmo de fazer, e se te pagarem muito bem por isso, melhor ainda, certo?
Tinha uma coisa bem clara em mim.
 
Não queria voltar a ter patrão, mas o que é certo é que voltei a ter, mais duas vezes até me decidir.
Um deles, durante 1 ano e meio, num infantário, em abril de 2011 onde choquei demasiado com a patroa e abanei demais o sistema familiar “perfeito”, ganhava muito mal para as funções que tinha, mas amava estar com as crianças.
Não faço de propósito para mexer com os sistemas, acontece com as minhas ações naturais, lol
bannercorreiodoblog-tnprt-131
Depois, tive outro em 2013 onde era um trabalho de emprego-inserção através do centro de emprego.
Quando me inscrevi tinha interesse em ir trabalhar numa escola com as crianças ( que adoro), mas como já não havia vaga aceitei este EMPREGO, onde o que recebia eram cerca de cento e poucos euros e o subsidio de desemprego, que não chegava aos 350. Trabalhava das 8h30 as 16h30.
Percebi que precisava de fazer algo, urgentemente. Pois aquele emprego a mim não me dizia nada.
Há pessoas que gostavam muito de ter este tipo de emprego, tenho a certeza, mas eu não!
Eu gosto de ação, aprender e sei que é preciso EDUCAR a nossa mente constantemente, eu sentia necessidade de me sentir útil, e ali naquele emprego tirando as poucas vezes que atendia alguém, não aprendia grande coisa, nem tão pouco me sentia útil.
Rapidamente, comecei a aproveitar o meu tempo “morto”:
Enquanto algumas colegas liam livros, outras jogavam no facebook, eu aproveitava para ouvir videos no youtube do segredo, da lei da atração, que sempre acreditei, mesmo que não soubesse que se chamava assim (famosas competências Inconscientes).
Já tinha lido o livro, aprendi algumas coisas e depois larguei,  mas foi nesta altura que me aprofundei mais no negócio que o Rui Gabriel fazia.
Lei da atração em Ação novamente.
Entendi que era um negócio, logo tem investimento 
Entendi que estava ligado a àrea da formação digital, sistema de afiliados (tipo Amazon).
E que eram os videos que me iam ensinar como ganhar dinheiro na internet e ter uma  nova profissão.
Isto passou se em  2013 e eu só DECIDI pegar no meu cartão e comprar o meu blog no dia 21 de Setembro de 2015, o dia de Aniversário do meu pai, no dia anterior o meu Mateus tinha feito três anos.
Nessa semana DECIDI iniciar o meu negócio a partir de casa para não ter novamente patrão, mesmo com alguns MEDOS e muitas EXPETATIVAS, mas um DESEJO muito mais Forte.

 E hoje oito meses depois de ter iniciado,  sabes o que mais me ENTUSIASMA neste projeto?

Não é o estar a GANHAR DINHEIRO ONLINE e Sim a Transformação que a minha pessoa teve e continua a ter, depois que me iniciei neste projeto, com uma vertente tão Voltada ao Desenvolvimento Pessoal e ao Crescimento Interior,

Foi nesta altura que fiz também o nivél II de Reiki nesta altura que está relacionado com a nossa Evolução Espiritual.

O Que Fiz?

Comecei AQUI

Depois?

Fui colocada nos Grupos de trabalho do skype e comecei a aprender com os audios e videos da Empower, com as formações, os hangouts e os eventos de Desenvolvimento Pessoal, e num instante Ganhei Competências e desenvolvi aptidões que até então não tinha, nem sabia que tinha, outras tinha e aperfeiçoei, outras ainda estou adquirir…

É um processo…

VÊ o nosso Manifesto AQUI, onde podes conhecer qual é a nossa Missão e os  valores que seguimos, quem SOMOS e para onde vamos.

Porque te conto tudo isto? Porque sei que também TU podes estar farta da Vida/Emprego que tens!

[fancy_box id=1]

Se sentes que estás numa situação que já não queres e já não deixa a tua vida avançar, pergunta te:

  • O que me impede de Mudar?
  • Porque não “chuto o balde” e faço o que sei que tenho de fazer?

Não resistas à Mudança, permite te descobrires quem realmente ÉS, e tudo o que podes alcançar se mudares a tua forma de pensares daquilo que realmente queres para a tua vida

[/fancy_box]

Sem Processo não Sucesso

A maioria desiste durante o processo, por pressões externas, outros porque  Acreditam que afinal é mesmo só para os outros, outros vem iludidos, a pensar que não precisam de fazer nada, precisas sim, e muito, são muitos os MOTIVOS que te fazem desisitir, e outros tantos que te Fazem COMEÇAR.
 
 
Apesar de no inicio ter estado a “resistir” de sair completamente da minha Zona de Conforto em algumas situações” fez me andar a escalar a Montanha errada durante algum Tempo, e o processo assim foi muito mais Intenso, as frustrações foram maiores, os erros também, mas o não ter desistido nos primeiros obstáculos tornou me mais forte, , e fez me RESISTIR AO PROCESSO que é intenso, mas muito GRATIFICANTE.
 
Cada um de nós tem as suas Capacidades, eu tenho as minhas CAPACIDADES, e adquiri MUITAS COMPETÊNCIAS a nível Pessoal e Profissionais desde que aqui estou.
 
Transformei me numa outra Pessoa, completamente Renovada!
 

Se EU fui Capaz, TU também és, não tenho duvidas disso.

Só tens de te DESAFIAR e ACREDITAR mais em TI

Gostavas de ter o teu Negócio, ser DONA(o) da tua VIDA e ter Mais Tempo para estares com a TUA Familia?
Está Disposto(a) a dar o TEU MELHOR para que as Coisas Aconteçam, sabendo que vais ter sempre suporte?
Começa AQUI e depois  fala comigo Skype: sandra.galao
Faz dos teus dias, dias Magnificos como TU.
 ~Sandra
Ser Mãe! O Maior Milagre.

Ser Mãe! O Maior Milagre.

Seis anos após ter começado os “treinos”, nunca imaginei que fosse passar por tantas adversidades e tantas mudanças na minha vida para poder ter o meu filho… Dos tratamentos de infertilidade à gravidez ectópica, onde quase morri!

 

Conto te aqui um pouco a minha história onde aconteceu o verdadeiro Milagre da vida:

Em 2000 casei me com pompa e circunstância, com direito a tudo a que uma “princesa” tem direito, não que quisesse, mas o meu marido fazia questão, e minha mãe e a sogra, e eu acabei por casar na igreja com 12 damas de honor, oito adultas e as minhas quatro sobrinhas (quis partilhar o dia com outras amigas que ainda não tinham  casado na igreja)

Quando casamos é porque queremos ser princesas por um dia, não é?

As minhas damas de honor
As minhas damas de honor

Ao fim de três anos o meu marido já queria ter filhos, mas assim como adiei o casamento durante sete anos (comecei a namorar em 1993), também não me sentia preparada para perder a minha Liberdade, queria aproveitar ao máximo pois tinha consciência pelas minhas amigas mães, que quem quer ser mãe tem de abdicar de muitas coisas e ter muito trabalho, e eu ainda não estava disposta a isso

Como já te disse no meu artigo quem sou eu, gosto muito de viajar e experimentar coisas novas, mas ter um filho não estava nos meus planos, pelo menos não três anos após ter casado.

Achava um piadão quando ouvia as pessoas a dizerem-me aquela célebre frase:

Não achas que já está na hora? e eu respondia muito rapidamente:

– Eu e o meu marido é que sabemos quando está na hora, afinal de contas quem vai tomar conta do bebé somos nós.

Finalmente decidi

Em 2006, achei que estava na hora de ter um filho… pensei eu que deixava a pilula que tomei durante muitos anos e que ficava grávida a seguir, iludi me, como quando trabalhava na “Fábrica dos meus sonhos”

Depois de um ano a tentar engravidar, o meu ginecologista disse me que já não me podia ajudar e encaminhou nos para uma médica numa clinica particular de infertilidade em Cascais.

E lá fomos, e começamos os exames para descobrir qual o problema de não conseguir engravidar, desde analises ao sangue, ecografias e um exame chamado contraste (ver se existe algum problema nas trompas)… Posso dizer te que fiz todos os exames possiveis.

Não sei se sabes mas se não detetarem nenhum problema em ti mãe, o pai também tem de fazer exames…

Espermograma, análises e pouco mais, confesso te que desejei que não fosse nada com ele, sabes que os homens têm mais dificuldade em aceitar que o problema é deles…Rs.

Acabaram por descobrir que tinha ovários poliquisticos, ou seja quistos nos ovários por ter tomado a pipula tanto tempo sem paragens, e por isso não conseguia fazer a ovulação.

Fomos encaminhados para o Hospital de Santa Maria em Lisboa que é especializado nestes tratamentos de infertilidade e é publico, nãos sei se tens ideia mas “fazer um filho” no particular custa muitooo dinheiro, não que no publico seja de graça, mas é muito mais acessivel.

O tratamento consiste em fazer injeções na barriga durante um certo tempo, achei horrivél, (nunca gostei de agulhas) mesmo sendo o meu marido a dar-mas, sentes tantas mudanças hormonais a acontecerem no teu corpo, e tens de ser muito disciplinada… ás vezes ia beber o cafézinho com as amigas e esquecia me da hora da injeção.

As injeções eram diárias
As injeções eram diárias

Andamos nisto durante quatro anos, em injeções e idas ao Hospital.

Cheguei a fazer duas inseminações intra uterinas, colocam o espermatozoide  numa seringa e injetam diretamente no óvulo.

Nenhuma das duas foi bem sucedida, confesso te que mesmo querendo nunca tinha visualizado a minha vida com um filho.

Não chorei em nenhuma das duas inseminações fracassadas, nem nunca estive desesperada, sentia lá no fundo que iria ser mãe, nem que fosse adoptiva, nunca me perguntei porquê eu?

Nem nunca me achei menos mulher por ainda não ter engravidado, pois acredito que as coisas acontecem quando têm de acontecer e se tiverem que acontecer, e vais perceber mais à frente porque te digo isto.

No inicio de 2010, quatro anos depois, falei com o meu homem e disse lhe que não queria continuar a fazer mais tratamentos e que ia entregar nas mãos de Deus… E assim foi, o meu marido sempre me apoiou nas minhas decisões.

Fui a viseu, em setembro de 2010, passar uns dias a casa da minha tia, com o objetivo de conhecer o meu pai biológico, ao fim de 37 anos, pois o meu marido estava sempre a perguntar me se não tinha curiosidade, não não tinha muita, o meu pai é o zeca, o que me criou, mas ao longo dos anos tanto falou que fui com a minha best friend Neuza descobri lo, a única coisa que sabia é que ele trabalhava na câmara municipal de Aveiro.

Mas que dores são estas?

No dia da viagem estava cheia de dores abdominais do lado direito, como se estivesse com dores menstruais, o que não era normal, mas não liguei, pois iam e vinham.

Fomos levar os gémeos da Neuza(meus afilhados) para a casa de outra amiga para que pudéssemos viajar descansadas, quando nos estavamos a vir embora, agachei me para apertar o atacador de um dos gémeos, e senti uma dor tão forte que pensei que não me conseguia levantar, tomei dois comprimidos, raramente o faço, mas não estava a aguentar as dores.

Normalmente sou eu que conduzo, mas de repente comecei a sentir me zonza como se a tensão me tivesse baixado e nem sequer consegui chegar a estação de serviço, tive de encostar para trocar de lugar com a Neuza.

Mesmo cheia de dores e pálida, sorri para a foto
Mesmo cheia de dores e pálida, sorri para a foto

Três horas depois chegamos à casa da minha tia, fui ao wc e ao levantar me da sanita, parecia que algo ia rebentar dentro de mim, tal foi a dor intensa que tive.

Chamei a minha tia que é enfermeira e fomos para o hospital de S. Teotónio, mais a minha amiga Neuza.

Quando lá chegamos, estava uma grande confusão, desde pessoas com braços cheios de sangue a idosos cheios de dor, pensei que nunca mais saia dali, a minha amiga foi fazer a ficha.

Fui atendida ao fim de 30m, que me pareceram horas, Lembro me tão bem de ser atendida por uma médica espanhola, que me colocou o dedo no umbigo e eu senti uma dor tão intensa que lhe puxei a mão.

– Que tienes um problema..Disse-me

– Se não o tivesse não estava aqui, respondi sem saber se ria, ou se lhe batia…

Fiz uma analise e descobriram que estava grávida de seis semanas, mas que o bebé não ia vingar pois tratava se de uma gravidez ectópica, o bebé estava a desenvolver na trompa direita em vez do útero.

Nem sei como me senti, triste porque não vingou e feliz porque engravidei naturalmente?!

QUASE MORRI…

Muito Grata aos meus anjos da Guarda

Fui para uma sala onde fui atendida por outro médico, ginecologista, que me explicou a situação da gravidez ectópica e que ia levar uma injeção para as dores e para “limpar” os restos.

Como deves de calcular eu queria era sair dali o mais depressa possível, detesto hospitais, sempre fui muito saudável.

Lembro me de ouvir o médico dizer ao enfermeiro que devia de ir pedir a opinião do médico chefe sobre a minha situação, o que é certo é que me senti muito melhor depois da injeção e tive alta.

Estava a caminho do carro, enquanto ligava ao meu marido, quando o enfermeiro liga e diz que tenho de voltar, pois ia ser sujeita a uma intervenção cirúrgica para ver como estava a trompa.

Fui internada e como tinha comido uma bolacha já não pude ser operada nesse dia, o meu marido queria ir ter comigo de mota…

Tranquilizei o a dizer que não valia a pena (a nossa viagem era só de 4 dias) e que depois ligava.

Não me lembro de nada da operação como é óbvio, levei anestesia geral e fui sujeita a uma laparóscopia, não nos abrem,  mas fiquei chocada com os buracos que tinha, de colocarem as “ferramentas cá dentro”

Evolução na medicina
Evolução na medicina
Fiquei com as marcas de "recordação"
Fiquei com as marcas de “recordação”

 

Estive lá o fim de semana e só saí na 2ªfeira, que foi quando o médico me veio ver para dar alta e ao ler o relatório em voz alta disse que me tinham retirado a trompa direita, e eu interrompi-o?!?

-Como assim? Porquê?- Perguntei

-Ao que me explicou que estava “rasgada” e que poderia ter morrido se não fosse retirada, mas muito sem sal, disse aquilo sem sensibilidade nenhuma.

Podia não estar aqui a contar te esta história, senão fosse o “anjo da guarda” a soprar no ouvido do médico, que devia voltar, ainda não estava na minha hora.

Muito grata mais uma vez. Nesta altura já tinha feito o meu primeiro nível de Reiki e aprendido a agradecer as bençãos recebidas e aquelas que ainda vou receber.

Não sei se tu que me estás a “ouvir”, tens por hábito agradecer.

Ou és daquelas pessoas que só sabe pedir, queixar se,  vitimizar se e achar que a culpa da vida que tens é dos outros ?

A Gratidão é dos sentimentos mais nobre que existe e a vida é Bela, somos nós que damos cabo dela, faz sentido?

Começa por agradecer tudo o que tens e lembra te que há sempre pessoas que estão piores que tu.

Fui para casa da minha Tia e no dia seguinte estava “pronta” para ir cumprir com o meu objetivo, a minha tia recomendou me que não andasse muito, por ela nem sequer ia, voltaria noutra altura.

Sim, é verdade quando me proponho a fazer algo raramente desisto

Conhecer o meu pai biológico, foi para isso que fui lá.

Lembro me que chovia tanto e como não sabiamos onde ficava a tal câmara, andamos demais a pé e apanhamos uma molha

Nem parecia que tinha sido operada há 2 dias atrás… mas nem sequer pensava nas dores (mau estar).

Acabei por encontrá-lo, depois de algumas voltas, porque ia almoçar com um colega de trabalho e iam se encontrar na paragem do autocarro, mas tinha se reformado na semana anterior. Hã?

Já viste como são as situações da nossa vida? Acontecem quando tem de acontecer.

Estive com ele cerca de 15 minutos, pediu me um abraço, dei-lhe e ele pediu me perdão, disse lhe que não era a mim que tinha de pedir perdão.

Queres mesmo saber o que senti?

Em termos emocionais, nada. não tive vontade nem de chorar, nem de nada, não me perguntes porquê, mas estou a ser sincera, sou daquelas pessoas que acredita que “Pai é quem cria”, meu paizão Zeca.

O meu pai biológico é uma pessoa humilde, mas que deve ter aprontado muitas, e tudo o que fazemos aos outros volta e normalmente em dobro

Conheci o e estava cumprido o meu objetivo, ainda trocamos de numero de telefone, ele ainda ligou passado uns 20 minutos para podermos almoçar juntos e falar mais um pouco, mas já tinhamos entrado na auto estrada de regresso a casa.

Sabes, tenho dois irmãos mais novos, um rapaz e uma rapariga, e esses sim, eu quero conhecer e envolver me, pois nós não temos a culpa das histórias dos nossos pais, concordas?

Só que o meu pai não me soube dizer muito sobre eles, diz que não se falam, mas não disse o motivo.

Eu e a Neu, passamos em Fátima(santuário) para acender uma velinha de agradecimento.
Eu e a Neu, passamos em Fátima para acender uma velinha de agradecimento

 

Voltamos em Outubro, eu e o maridão ao hospital de Santa Maria (onde fazia os tratamentos), para ouvir a opinião do médico que disse:

– Engravidou naturalmente, e isso é bom, mas agora tem menos 25% de probabilidades de engravidar, devido à remoção da trompa direita.

O que o Drº quis dizer foi que agora óvulo um mês, e outro não, mas eu foquei me no “engravidou naturalmente”

Ficamos inscritos para a consulta da FIV – Fertilização in vitro (inseminação) que normalmente tem a duração de dois anos.

Estava a boicotar a vinda do meu filho

Desde 2008 o ano em que me envolvi com o Marketing de Rede, que usava e uso muito a Lei da atração e sempre acreditei que nós somos aquilo em que pensamos e nem sequer andava muito stressada…O meu marido também estava a usar a Lei da atração, mesmo que diga que não acredita muito nisso, vê o postal que me ofereceu no ano anterior quando fizemos 11 anos de casados, vê o objetivo para 2012:

2015-11-13 13.19.51

 

…Andava um pouco ansiosa, pois no fundo sabia que andava a boicotar me, e não sabia como reverter a situação, se por um lado queria muito ser mãe, por outro não estava disposta a abrir mão da minha Liberdade e dizia que não me sentia preparada, eu tinha era Medo… o tal que nos paralisa, o antidoto é Ação, não penses, age.

Nunca vamos saber se estamos preparados, senão dermos o primeiro passo, só na prática, no dia-a-dia  é que vais ver que estavas preparada para algumas coisas e para outras precisarás aprender, como eu, todos os dias,

Nós estamos sempre em constante mudança, quer queiramos ou não.

Esta mensagem pode ser para ti, mulher que queres ser mãe e não consegues, e para ti mãe que gostavas de ter mais tempo para os teus filhotes e não sabes como … 

Tinha muito MEDO de perder a minha Liberdade que adquiri desde muito nova, a liberdade de poder fazer o que quero e não ter ninguém dependente de mim e ser mãe ia “roubar me” essa Liberdade.

Esta é a minha ideia quando decidimos ser mães
Esta é a minha ideia quando decidimos ser mães

 

 Fomos Chamados Iniciar o tratamento

No dia 27 de Janeiro de 2012,( estivemos à espera menos de um ano na lista) fomos chamados para uma consulta no hospital das Lusiadas, onde iríamos dar inicio a um novo ciclo de tratamentos para que pudessemos fazer a inseminação in vitro. 

Não queria nada passar por aquele processo outra vez, mas não queria descartar nenhuma hipótese, afinal de contas, há mulheres que gostariam de ter esta oportunidade e continuam à espera de poder ser mãe.

Para começares um tratamento, tens de estar menstruada, e a médica perguntou me quando tinha estado menstruada a ultima vez, acreditas que me tinha aparecido no dia anterior?

A Dra passou o tratamento, com a recomendação que deveria começar as injeções quando o periodo voltasse a aparecer.

Assim foi, ainda fomos à consulta de anestesia, e agora era só esperar o periodo aparecer, para dar inicio ao tratamento que confesso não queria mesmo fazer.

[fancy_box id=2]

No dia dos namorados,14 de Fevereiro, o meu “namorado” escreveu um miminho no espelho da casa de banho. e no final um

ps: O MATEUS VEM AI…

Adorei, e não limpei o ps, o meu marido perguntou porquê, rindo-se…

Respondi,

-Para visualização, e lembro me nessa noite de olhar para o quarto que seria do Mateus e dizer pra mim mesma:

Como é que queres que ele (bebé) venha se nunca imaginas te a tua vida com ele?

E pela primeira vez, pus me a imaginar onde seria a cama, os quadros, a decoração e a minha vida com o meu menino, E lembro me que todos os dias que lia o Ps, lembrava me o quanto queria o meu menino…

[/fancy_box]

O MILAGRE ACONTECEU

Desde que tinha parado com os tratamentos que o meu periodo se tornou bem regular, e estava a estranhar estar tão atrasado, estavamos em Março e a última vez que ele apareceu, foi quando fui chamada para a consulta a 27 de Janeiro, lembras te? Ainda pensei que fosse da ansiedade, mas resolvi fazer o teste.

No dia 19 de Março (engraçado que só depois reparei que era dia do pai), fui fazer o teste de farmácia, e é verdade, deu positivo, não cabia em mim de contente e Chorei e AGRADECI imensas Vezes pelo meu pedido ter sido atendido, o meu marido nem sabia o que dizia, abraçou-me e ahahahah, parece que estou a ver a  cara dele, tipo: A sério? Conseguimos?

Marquei nova consulta no Hospital de Santa Maria e depois de confirmada a gravidez através da ecografia, fizeram um teste com análises ao sangue e primeira eco para saber se fazia amniocentese para despiste de trissomia 21 no bebé e decidimos não fazer, pois o resultado deu que havia poucas probabilidades de ter algum problema, eles aconselharam mais devido á idade, estava com 37 anos, mas falei com o meu marido e se por acaso, viesse um menino especial”, é porque tinha de ser.

Cancelamos todas as consultas nos Lusiadas pois o Milagre já tinha acontecido.

A primeira ecografia do meu bebé
A primeira ecografia do meu bebé

 

A gravidez correu sem problemas, tirando o sono que tinha e alguma azia, nunca tive enjoos nem desejos.

No dia 11 de Julho fomos fazer a eco das 23 semanas e lembras te que era o Mateus que ai vinha? Confirmou-se:

Era um Rapaz, com percentil 50 e estava tudo bem com ele e comigo.

Tive uma gravidez tão tranquila
Tive uma gravidez tão tranquila

 

 

Fiquei muito assustada na ecografia das 32 semanas

No dia 14 de Setembro, sexta feira, fui fazer a ecografia das 32 semanas, com o meu marido e o Drº Victor disse que o nosso bebé, tinha ausência da onda distolica (não sei bem se é este o nome), sei dizer te que o meu filho não se estava a alimentar através do cordão umbilical e que o percentil tinha baixado para os 20%, e que segundo o Drº tinha de nascer.

Fomos às urgências onde me transferiram para o Hospital Garcia da Horta pois em Setubal só faziam partos a partir das 34 semanas, Ficámos tão aflitos.

Fiquei em vigilância no fim de semana, e fiz duas ecografias, onde a Dra Antónia confirmou que o Mateus tinha de nascer, pois o fluxo continuava revertido, e teria de ser feita a indução.

Estava com muito medo pois ele ainda era tão pequenino.

No dia 18 de Setembro, fiz exames e induziram o parto com um gel para esse efeito, e deram me uma injeção para maturação dos pulmões do Mateus.

O meu menino tinha mesmo de nascer.

A noite foi agitada e às 7horas da manhã do dia 19, as águas rebentaram, e assim que o meu marido chegou começaram as contrações de dois em dois minutos e precisei de assinar o documento para tomar a epidural, fui picada 6 vezes, pois tenho as vertebras muito juntas e a Dra Cláudia teve de chamar a Dra Ana.

Passei o dia com contrações, mas não tinha dores nenhumas, estive ligada o tempo todo para vigiar o batimento cardiaco do bebé, não conseguia passar dos quatro dedos de dilatação, e não podiam colocar oxitocina (ajuda a acelerar a dilatação) pois acelerava o coração do meu menino.

Vieram não sei quantos enfermeiros fazer o toque… Estava tão cansada, que implorei que deixassem o meu bebé nascer…

[fancy_box id=2]

Ás 23h45 fomos para a sala de partos, o meu menino ía nascer de cesariana, o pai não pode assisitir.

Levei mais uma dose de epidural e à 0.05 do dia 20 de Setembro, o meu Mateus estava cá fora, com 34cm e 1430kg.

Só  pude vê-lo 3 segundos e levaram no para limpar e depois voltaram e deixaram me pegá-lo 2 minutos, lembro me que assim que disse:

-olá filho, bem vindo, ele agarrou o meu dedo, Chorei tanto e agradeci a Deus pela Dádiva e pelo milagre.

Fiquei muito triste por não ter dado maminha ao meu filho assim que nasceu, e por ele ser encaminhado para a incubadora na neonatologia (prematuros), mas sabia que era o melhor para ele, apesar de não ter nascido com problemas nenhuns, tinha muito pouco peso e era tão pequenino.

O pai João acompanhou o  e a madrinha Neuza conheceu o afilhado.

O pai pôde ficar 40 minutos com ele.

[/fancy_box]

Quase não dormi, só queria ver o meu menino.

 No dia seguinte estava muito ansiosa e nervosa pois nunca mais apareciam, nem médicas e nem  enfermeiras, para poder ir ver o meu Mateus. Só pude ir vê-lo á tarde, diziam que tinha de esperar o efeito da anestesia passar e que tinha levado 13 agrafos e que tinha de ter calma para que os pontos não rebentassem

Fui de cadeira de rodas, mas foi só a primeira vez, depois fui pelo meu próprio pé… E quando lá cheguei, emocionei me outra vez, o meu filho estava a beber leite pelo copo, e eu queria era dar lhe maminha. 

Como ainda não tinha feito maminha, bebeu leite pelo copo. Que lindo
Como ainda não tinha feito maminha, bebeu leite pelo copo. Que lindo

Sempre fui a favor da amamentação.

Adorei todas as dicas que as enfermeiras/os me deram sobre amamentação, esclareceram me em muita coisa, e em muitos mitos que tinha, eu sabia que a amamentação só tinha vantagens, mas ouvia cada coisa, sobre leite fraco, que não sobe, que seca do nada, e a equipa ajudou me a ultrapassar as frustrações de não conseguir que o Mateus pegasse a maminha à primeira.

Adorei toda a equipa médica que me ajudou desde o nascimento do Mateus até a transferência para outro hospital.

O Mateus tinha uma sonda colocada no nariz, para poder beber o leitinho, mas a mamã estava ali já pronta para dar mama.

Foi uma estranha e ótima experiência, apesar de ele só ter mamado um pouco a primeira vez, pois ainda se cansava muito.  Mas eu não desisti e ele habituou se muito bem. mamou até os 15meses.

O objetivo é não desistir á primeira.
O objetivo é não desistir á primeira.

 

Precisas ser persistente e não desistir ao primeiro obstáculo

 [fancy_box id=2]

  • É preciso que aja uma boa pega, ou seja o bebé, não pode apanhar só o mamilo e sim parte da auréola,
  • O bebé deve de ter a barriga encostada a barriga da mãe, e não ficar com a barriga voltada para o “céu”
  • Pode também mamar sentado, de frente para a mãe ( já tens de ter alguma experiência)
  • Não existe leite fraco, nem tão pouco, pouca quantidade, são tudo mitos, e que tem haver com o psicológico e falta de informação e falo te por experiência própria e por pesquisas que fiz posteriormente por curiosidade.
  • A mãe tem de ter vontade e prazer em amamentar, não pode ser um sacrificio.

[/fancy_box]

 

Deixo ficar aqui este link de vários videos sobre amamentação, para que não desistas á primeira, e que saibas que só depende de ti a amamentação acontecer, isto claro, senão houver nenhum outro problema que te impeçam de fazê-lo.

O que aprendi é que devemos seguir o nosso instinto mãe, que é poderoso, e se continuarmos com duvidas procurar ajuda de especialistas sobre o assunto e não da “vizinha” que teve uma má experiência e não te pode ajudar, pelo contrário.

Tive alta e apanhei um grande Susto

A fazer fototerapia por causa da Icterícia
A fazer fototerapia por causa da Icterícia

 

Cheguei ao quarto e vi o meu Mateus a fazer fototerapia por causa da icterícia, que não sabia o que era até aquele momento.

Qual é a causa da icterícia?

A icterícia aparece no bebê saudável quando o sangue fica com excesso de uma substância chamada bilirrubina, que é produzida durante o processamento pelo organismo dos glóbulos vermelhos de que ele não vai precisar mais.

Os recém-nascidos tendem a ter níveis de bilirrubina mais elevados porque possuem hemácias (glóbulos vermelhos) extras no corpo, e seu fígado ainda não consegue metabolizar o excesso de bilirrubina.

Nunca tinha sentido tanto MEDO na minha vida

[fancy_box id=1]

Tive alta, e soube que o meu menino também ía ser transferido para o hospital perto de casa, estava cheia de Medo, pois já tinha ouvido tantas coisas sobre esse hospital, que não conseguia controlar a minha ansiedade de não saber como ia ser feita a transferência, mas a acreditar que ia correr tudo bem, mas não deixava de sentir aquele friozão na barriga.

Fui falar com as enfermeiras que tomavam conta do meu pestinha (como carinhosamente tratavam o Mateus), para saber todos os detalhes:

 Ia chegar uma ambulância, com bombeiros e  uma incubadora, para fazer a transferência, e lembro me de perguntar muito depressa:

– Eu vou sozinha com o meu filho?

– Claro que não, mãe. Vai ser acompanhada pela enfermeira Rita.- Respondeu

Estava tão nervosa, que só fazia perguntas disparatadas, elas riam, e eu respondia que só tinha estado num hospital, na gravidez ectópica e que não gostava nem percebia nada de hospitais

Sempre fui uma pessoa muito saudavel, brinco e digo muitas vezes que tenho aversão as doenças, e por isso elas não aparecem, mas é porque estou de bem com a vida, e raramente penso em doenças, eu  sou aquilo que decidi ser.

Estive ao lado do meu filhote o tempo todo, a dizer lhe que ele é um guerreiro, para ter força, e que a mãe estava ali, mesmo um pouco, muito nervosa…

Tu acreditas que a enfermeira Rita, tinha fobia de ambulâncias e pediu para ir à janela, fiquei mais aflita ainda, mas disse que não havia problema, assim estava mais perto do meu filho…

 

Foi a primeira vez que me senti tão aflita e impotente. Só me apetecia pegá-lo ao colo
Foi a primeira vez que me senti tão aflita e impotente. Só me apetecia pegá-lo ao colo

De vez em quando, a máquina apitava, a “casinha” estava a escaldar, dizia a enfermeira sempre com a cabeça encostada a janela.

Não via a hora de chegarmos e o Bombeiro ao ver me a mim e a enfermeira tão nervosas, por motivos diferentes,  que ligaram a sirene e 15 minutos chegamos ao hospital, o pai João já lá estava à nossa espera.

Correu tudo muito bem, fomos recebidas pela enfermeira Alexandra, e tive de voltar a fazer fototerapia.

As regras aqui são diferentes, os papás só cá podem vir das 9h da manha as 22h…

Claro que eu adorava ficar com o meu Mateus, melhor, leva lo comigo, mas entendi , não tinham condições para que ficassemos lá todas (as mães dos prematuros), mas era sempre uma dor no peito, cada vez que tinha de o deixar…

[/fancy_box]

O meu Mateus esteve na neonatologia durante 25 dias, cheios de ansiedade e determinação em ganhar peso  para poder ir para casa, tinha de ter pelo menos 2kilos, mas como é um guerreiro. deixaram nos vir para casa com 1840kg no dia 15 de Outubro, e no meu 38º aniversário foi na presença dele e do maridão que agradeci mais uma vez..

Com um mês de vida. Ser mãe, é uma verdadeira DÁDIVA de DEUS
Com um mês de vida. Ser mãe, é uma verdadeira DÁDIVA de DEUS

 

Irei contar te num outro artigo, as aventuras que tem sido ser mãe e como aconteceu  a gravidez da minha Luana, onde andamos à chuva e ela apareceu depois de 20 meses do nascimento do Mateus, foi uma gravidez diferente, também tranquila, mas diferente …

A “liberdade” que  eu tinha MEDO de perder…

…foi só isso que andou a bloquear a minha mente durante tantos anos e que me impediu de ser mãe mais cedo…

Nada acontece por acaso, Acredita.

Deixo ficar aqui um video que fiz com a familia para que conheças o Mateus com três anos e a Luana com um ano e meio, e lembra te que mesmo com obstáculos na vida, o importante é estarmos de bem com a vida e acreditarmos que vai dar certo.

 

Espero ter sido útil de alguma forma,  gostava muito de saber a tua opinião

Beijinhos

Tem uma Vida Magnifica

~Sandra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já não é segredo Nenhum

Já não é segredo Nenhum

Vais Ou Não Tornar-te Quem Realmente Vieste SER?

Uma das grandes verdades que aprendi ao longo da minha vida é que não devemos de deixar de seguir o nosso sexto sentido e aquilo que nos faz sentido, risos

A minha intenção com este artigo é que consigas tirar os teus sonhos mais profundos da gaveta… aqueles que “alguém” um dia te disse que não eras capaz de realizar, mas que tu no fundo sabes que és…

Se me segues sabes que estou sempre a falar em mudança e no tanto que tive de mudar para me tornar a pessoa que sou hoje.

Eu descobri desde que conheci a Comunidade da tribo  que todos somos capazes de tudo o que a nossa mente conseguir idealizar (visão do futuro), se aprendermos a recontar a nossa história, sem mágoas nem rancores e com o objetivo de ajudar a inspirar outras pessoas.

Descobri ao longo da vida que devemos deixar velhos hábitos e crenças que nos vêm incutindo a vida toda ao dizerem nos que os ricos são os que roubam, que o pobre que nasce pobre tem de morrer pobre, que existem pessoas superiores a nós, que a religião A e B são melhores que a C, que  não se pode ganhar dinheiro com negócios on-line, que não podemos ser mães empreendedoras e presentes, nem ser bem sucedidos porque nascemos num bairro social.

Tudo tretas. Dou te um exemplo onde me foi incutido algo, que na altura não pude escolher, se calhar aconteceu contigo também, era muito comum e continua a ser..

Eu cresci na religião católica porque a minha mãe também o era, fui batizada aos 4 anos quando cheguei a Portugal e aos 6 anos fui à catequese, adorei a história de Jesus Cristo e as canções animadas.

Fiz a comunhão de fé e hoje olho para a igreja como mais um negócio… Sinto uma empatia imensa com o novo Papa:

Não somos boas pessoas só porque frequentamos a igreja”… é um ser Iluminado, sem dúvida.

Tenho a minha fé, e acredito que somos todos um, somos todos energia, acredito nos anjos da guarda (que podem ser pessoas, mensagens, uma palavra, uma musica, um abraço na hora certa) e acredito que eu não sou mais  nem menos do que tu, sou igual…todos podemos alcançar o que quisermos, desde que estejamos dispostos a dar tudo por tudo para que isso aconteça.

Cresci num bairro social onde éramos LIVRES o suficiente para estar sempre na Descoberta, brincávamos na rua sem os pais sempre a controlar, onde não se falava de gente rica, era um assunto que nos passava ao lado, os ricos eram quem roubava (os ladrões de colarinho branco) e onde mesmo carentes de mimos eram muito felizes.

A minha mãe dizia me que para ser alguém tinha de estudar muito, e que para ser rica tinha de casar com um homem rico?!? Não concordava nada com ela, e casei por AMOR, assim como ela. Conheci muitas meninas que casaram pelo estatuto social dos maridos… Estamos sempre a escolher, não é?

 

 

Sou uma defensora da liberdade e dos direitos de cada um de nós em todos os sentidos e até hoje não sabia muito bem como é que iria conseguir fazer passar a minha mensagem e hoje com a Comunidade da tribo sei que isso é possivél.

Já reparaste que tudo o que atrais para a tua vida é simplesmente aquilo em que mais pensas? É ou não é?

Tenho várias amigas que estão sempre a queixar se que só conseguem atrair homens problemáticos, que jogam ou que bebem, ou que não lhes dão atenção, os que batem e humilham, os que passam a vida no computador, os que fazem cenas de ciumes, enfim…

Tem tudo a ver com o pensamento. Cada um de nós atrai aquilo que está sempre a pensar.

Eu aqui dou te este exemplo do homem, mas é igual para a mulher e para o resto das áreas da nossa vida, na saúde quando atraímos as doenças e quando somos saudáveis, no dinheiro quando temos escassez e abundância, na familia quando temos tempo para ela ou não

…Podia dizer te aqui “N”  situações onde quer acredites ou não és tu que as atrais para a tua vida..

NÓS TORNAMOS-NOS NAQUILO EM QUE PENSAMOS,

Vou repetir,

NÓS TORNAMOS-NOS NAQUILO EM QUE PENSAMOS,

Durante toda a História, grandes filósofos e pensadores, professores e profetas, discordavam uns dos outros em muitas coisas diferentes, mas neste preciso ponto estavam todos em concordância total.

Vê o que Marcus Aurelius, o grande Imperador Romano disse:

A Vida de um Homem será aquilo que os seus pensamentos fizerem dela

Ralph Waldo Emerson disse:

Uma pessoa é aquilo em que pensa o dia todo.

William James disse:

A maior descoberta da minha geração é que o ser humano pode alterar a sua vida, alterando a sua atitude mental… 

disse também:

Se tu desejares ser rico, tu serás rico, se desejares aprender uma nova profissão, tu poderás aprender, se desejares ser uma pessoa melhor, Tu serás uma pessoa melhor…

…Tudo o que tens de fazer é plantar essa semente na tua mente.

Podes realizar qualquer sonho... Mas se não tiveres um sonho, um objetivo e só tiveres pensamentos negativos é mesmo isso que vais atrair, resultados negativos… falo te por expeiência própria pois já estive perdida, cheia de medos e preocupações e foi quando comecei a querer saber quem eu era na realidade e qual a minha missão.

Desde “Sempre” e até hoje, me considero a menina dos Porquês, existem muitas perguntas as quais ainda não tenho a resposta... outras estavam dentro de mim… Tudo isto fez me procurar o meu propósito e…

… Comecei a Questionar me, afinal quem sou  e o que ando aqui a Fazer?

E tu? sabes o que andas aqui a fazer? Ou andas à Deriva?

Não acredites em tudo o que ouves. Analisa por ti
Não acredites em tudo o que ouves. Analisa por ti

 Nós tornamos-nos naquilo em que pensamos

Como é que funciona?

Vou tentar explicar te como funciona tendo em conta aquilo que sei e aprendi e para perceberes vou contar te aqui uma situação paralela a mente Humana que ouvi muitas vezes num audio do escritor e orador de renome internacional, Earl Nightingale e que traduz bem o que te quero explicar:

[fancy_box ]

Imagina um agricultor e a sua terra. A terra dá ao agricultor  a escolha. Ele pode plantar na terra o que quiser, a terra não se importa, compete ao agricultor tomar a Decisão…

Agora lembra te, estamos a comparar a terra à Mente Humana, porque a terra como a mente humana não se importam com o que plantares, irá retornar o que plantares, mas não se se importam com o que plantares… entendes?

Imagina que o agricultor tem duas sementes nas mãos, numa uma semente de milho, na outra um veneno mortal.

Ele cava e planta as duas sementes, rega, cuida delas de igual forma e o que acontece?

Na mesma medida a terra retorna o que foi plantado, como está escrito na Biblia: “Colheremos o que plantarmos” 

Lembra te:  A terra não se importa; Retornará o veneno plantado  na mesma abundância que o milho, e crescerão as duas sementes:

Uma de Milho e a outra de Veneno!

A mente humana, é bastante mais fértil, incrivel e misteriosa do que a terra, mas funciona da mesma maneira…

Não se importa com o que se planta:

Sucesso ou Fracasso…

…um desejo bem claro e definido, ou confusão, equivocos, medos, ansiedade, preocupações e outros… mas aquilo que plantarmos retornará para nós.

E tu perguntas, se isso é verdade  porque é que as pessoas não usam mais as suas mentes?

Pois acho que  temos a resposta também a isso

A nossa mente vem com um “equipamento padrão” no inicio é grátis, subvalorizamos aquilo pelo qual não pagamos, as coisas que pagamos damos-lhe mais valor.

Paradoxalmente o inverso também é verdade…

…Tudo aquilo que realmente tem valor na vida vem gratuitamente :

A nossa mente, as nossas almas, nossos corpos, a nossa esperança, os nossos sonhos, ambições, amor á nossa familia, às crianças e amor aos amigos e aos  nossos pais.

Todos estes bens inestimáveis são gratuitos.

[/fancy_box]

Planta um objectivo na tua mente.

Esta é a decisão mais IMPORTANTE de toda a tua vida.

O que é que tu REALMENTE Queres?

Queres ser um Vendedor Excepcional?

Queres Obter melhores resultados na tua Profissão?

Queres ser promovido(a) no teu trabalho?

Queres ser Rico(a)?

Tudo o que tens de fazer é plantar essa semente na tua mente, regá-la, tomar conta dela, trabalhar firmemente nesse objectivo, e ele tornar-se-á Real! Com toda a Certeza, Não há como Fugir.

Tudo o que tenho Atrai para a minha vida... o Amor da minha vida. e os meus tesouros Mateus e Luana
Tudo o que tenho Atrai para a minha vida… o Amor da minha vida. e os meus tesouros Mateus e Luana

DESAFIO-TE te a seres mais consciente dos teus pensamentos negativos,  a tomares a atitude e veres como a tua vida pode MUDAR radicalmente para melhor, para a vida que tu sempre sonhaste, ou não.

Eu ao fim de tantos anos tenho hoje uma visão bem clara do meu futuro e do que quero para mim e para a minha familia, pois acredito que é das crises que surgem as grandes oportunidades

E tu Acreditas? Ou preferes ficar a queixar te das circunstâncias da vida?

Espero que tenhas gostado e tirado alguma informação útil deste artigo que foi feito a pensar em ti.

Deixa ficar o teu comentário, partilha e vamos fazer a DIFERENÇA

Tem um dia fantástico

Sandra Galão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

%d bloggers like this: