Etiqueta: criar novos habitos

Como Ganhei Aversão à Disciplina?

Como Ganhei Aversão à Disciplina?

Começo hoje um artigo sobre Disciplina, lançado  pela minha colega e amiga Chus que lidera o novo desafio #BlogChallenge300 da qual aceitei fazer parte para me poder disciplinar mais um pouco.

As perguntas que ela achou pertinente que respondêssemos num novo artigo foram:

– Qual é a tua experiência com a disciplina?

Eu respondo contando como ganhei aversão a palavra DISCIPLINA e como foi difícil para mim perceber a importância da mesma na minha vida.

Descobri da pior forma que irei contar te ao longo deste artigo.

Em criança fui educada na base da autoridade, da Imposição e do Medo (Suposto Respeito)  por parte da minha mãe, que como foi criada em alguns colégios de freiras e padres que mandam e quem lá está obedece, sempre quis impor a verdade que tinha sobre a forma que devemos ser e viver , e eu como criança diferente que sempre me senti, “comprei” uma Guerra com ela, ao não aceitar de ânimo leve todas as coisas importantes que devia aprender, e tudo aquilo (a disciplina principalmente) que ela me quis ensinar e que eu decidi não achar importante aprender, porque achava que ela me estava a impor e não que fosse importante para a vida, risos…

E lá em casa tínhamos mesmo de aprender a ter disciplina senão a colher de pau e os castigos entravam em ação!

Tinhamos uma escala (tipo horário escolar) com as tarefas diárias que devíamos fazer depois de virmos da escola, (eu e as minhas irmãs) .

Eu primeiro ía tagarelar com as amigas e achava sempre que conseguia chegar e limpar o pó, ou lavar a casa de banho antes que a minha mãe chegasse, mas o que é certo é que foram poucas as vezes que consegui fazê-lo, pois sempre que me apercebia que a minha mãe tinha chegado do trabalho primeiro que eu, ficava “montes” de tempo com a amiga Luisa por baixo do prédio “a tentar ver” o que ía dizer a minha mãe (desculpa)…

É verdade que eu tinha muito medo da minha mãe, pois impunha de uma forma que eu considerava absurda (até ver outras mães piores) a disciplina e a ordem!

Tudo tinha que ser da maneira da minha mãe e AI de nós que não obedecêssemos.

De três irmãs eu era sem dúvida a que dava mais trabalho, pois como não conseguia atenção em casa, “procurava” na escola sendo uma menina levada da breca, pois estava sempre a “discutir” com o sistema.

Pensava:

– Em casa não funciona mas aqui na escola não é muito melhor, os professores são uma seca e só querem debitar matéria.

E o meu comportamento só piorava…

Costumas IMPOR a Tua Vontade Quando Queres Mandar e Não te Obedecem?

Hoje, fazendo uma análise profunda de tudo o que já vivi e porque ainda tenho certos bloqueios, percebo que foi nessa altura que comecei a tomar uma grande aversão à disciplina e a tudo o que a minha mãe me tentava ensinar de forma autoritária.

Lembro me que uma das coisas que mais me enervava era ter que limpar aos dias estipulados, eu tinha a mania que era do contra….hehe! EU não queria era limpar então adiava sempre muito e discutia todas as regras impostas da D.Alice.

Uma das histórias que ainda hoje me lembro e me faz rir, foi quando tinha os meus 14 anos e estava no quarto a ler um dos meus livros de banda desenhada ou a fazer outra coisa qualquer e a minha mãe me chamava para ir buscar um copo de água (tipo criada), ela sentada a fazer o seu crochê e eu de Raiva dava sempre um Golo (risos) antes de lhe entregar o copo, normalmente não se apercebia, mas quando acontecia dar um golo maior e não voltava a encher fazia me voltar mesmo que jurasse de pés juntos que não tinha dado o golo….. Ups

Conto te estas minhas histórias pessoais para que comeces a analisar um pouco da tua história e da educação que tiveste, pois garanto te que muitas das tuas limitações e bloqueios veem do teu passado e das pessoas que tiveram influência na tua vida…

Vou passar hoje à 2ª segunda pergunta feita pela Chus no desafio de #BlogChallenge300…

– Tu és DISCIPLINADA?

Sendo O Mais sincera possível, não! Tenho muito para trabalhar, mas agora há uma coisa que eu hoje sei, que até bem pouco tempo não sabia, quer dizer não queria mesmo saber, risos…

Continuo muito indisciplinada, sou bem distraída, mas hoje sei que foi porque estive muito tempo a olhar para a disciplina como algo que uma conotação Negativa… e é agora onde digo:

– Ai se eu soubesse o que sei hoje…AHAHAHAH

Sabes que descobri que não foi só a minha mãe que me quis ensinar como é importante ter a tal da Disciplina…

Lembro me quando tinha os meus 11/12 anos de ter ido para o Atletismo, a minha mãe precisava urgentemente que eu me ocupasse, pois os disparates eram mais que muitos e apesar de ser uma mãe bem alerta, eu adorava ser malandra…

Só te sei dizer que já nem com os castigos e as tareias tinham muito efeito em mim… e mal sabia ela que ainda estava só no inicio da minha rebeldia!

Apesar de não ter gostado logo daquelas pequenas maratonas, consegui ficar um pouco Motivada com a velocidade, salto em comprimento, salto em altura, e adorava a estafeta e

Tinha um pouco de receio de saltar as barreiras…

Essa decisão de que me devia “ocupar” foi tomada depois da reunião com o diretor de turma no final de 85.

Tinha reprovado no 5º ano, com 3 negativas. Na altura ainda podíamos ir a conselho de turma para tentar que passássemos, mas quando me disseram que o comportamento seria um fator crucial para passar, pensei:

– Estou F… lixada! (na altura dizia muitos palavrões)

A reunião aconteceu e ouvi o meu diretor de turma dizer:

– A sua filha não é Burra, D.Alice pelo contrário até é muito inteligente, só que distrai se muito, não consegue estar sossegada na cadeira, e o pior de tudo, é que ainda destabiliza os outros…

…Sem falar nas faltas… (na altura os pais só eram alertados quando atingíamos metade das faltas),  Acredito que o melhor será repetir o ano. Finalizou.

E, olhei para a minha mãe e vi-a “fuzilar me” com os seu olhar gélido que me fazia tremer por dentro, cada vez que dava a entender que não era educada em casa…

Nem imaginas os castigos que tive nesse ano:

Desde fazer as tarefas todas de casa sozinha, não poder ir à praia, ainda me deu uma tareia para aprender a não ser malcriada e a perceber a obrigação que tinha de aprender a ler e a escrever (aprendi a escrever com a colher de pau ao lado)…

Eu e todos os adolescentes que fazemos isto, só queremos ser ouvidos pelos pais, professores e educadores, e eles normalmente só querem impor, e seguir a educação que tiveram e que acham que é a certa, concordas comigo?

Resolvi fazer um vídeo e responder te às duas últimas perguntas que a Chus nos colocou:

Tu achas que a disciplina é importante na tua vida?
Quais os benefícios que tens com a disciplina?

Sabes que desde que descobri que a DISCIPLINA é uma coisa boa e que posso ser indisciplinada dentro da disciplina, sinto me inspirada para poder partilhar contigo tudo o que tenho aprendido ao longo desta minha caminhada.

Não digo no vídeo onde te respondo às questões colocadas pela Chus, mas sou muito GRATA ao Rui Gabriel o fundador da Comunidade da Tribo, (para mim a melhor comunidade de empreendedores online em língua Portuguesa e Espanhola), pois foi Graças a ele, aos membros da Comunidade e a mim, claro (risos) que hoje faço aquilo que mais AMO e ajudo outras pessoas a fazerem o mesmo!

Nem sempre acreditei que fosse possível ser abundante de tudo incluído de dinheiro, mas depois que entrei neste projeto e conheci de perto pessoas comuns que apesar de terem muito dinheiro continuam a ser simples integras e de confiança, passei a acreditar e a ver  isso a acontecer comigo.

Não te vou mentir e dizer que é fácil o caminho de ser empreendedora, e se tiveres uma mente de empregada e estás cheia de crenças limitantes…

Todos temos  um processo que nem sempre é de rosas, mas é de muito Crescimento e cada um tem que haver a sua parte.

Quando decides que queres ter um futuro melhor, te comprometes a dar o teu melhor e dizes sempre sim a tudo o que sabes que te vai aproximar dos teus sonhos, acontecem coisas fantásticas na tua vida e na tua pessoa, isso garanto te pois aconteceu e acontece com todos os tribalistas aqui na Comunidade da Tribo e com as pessoas que são bem sucedidas.

Vive a vida Livre

~Sandra Galão

8 Dicas Fantásticas Para Parares De Procrastinar De Uma Vez Por Todas

8 Dicas Fantásticas Para Parares De Procrastinar De Uma Vez Por Todas

Porque Somos Especialistas em Procrastinar?

Antes de te responder a esta pergunta, vou dizer te o que é a procrastinação, caso não saibas.

A definição de procrastinação em si não é tão má:

Procrastinação, é a “arte” de deixar para amanhã.

O problema é que o amanhã é aquele sitio que ninguém conhece, ninguém viu…

Todos nós somos procrastinadores, uns mais do que outros.

Todos nós temos pelo menos alguma coisa que poderíamos estar a fazer agora, e que poderia fazer r-evoluções magníficas nas nossas vidas, verdade?

Mas a verdade é que não estamos.

Vamos deixar claro, adiar uma tarefa não é algo necessariamente mau.

Tu podes, por exemplo, chegar à conclusão que vais conseguir escrever  o teu artigo amanhã na parte da tarde porque terás o tempo necessário para fazê-lo, algo que no momento não parece viável.

Isso não pode ser definido como procrastinação.

A procrastinação vai acontecer se tu no dia seguinte à tarde  decidires adiar mais uma vez a tua tarefa.

Um dos fatores que contribui para o ato de procrastinar é a natureza da tarefa.

Dificilmente Tu irás deixar para amanhã uma saída com as amigas ou um bom jantar com a família, mas farias isso muito facilmente se o teu programa envolvesse terminar vários relatórios.

O benefício imediato é claramente percebido pelo nosso cérebro.

As atividades fáceis e divertidas são as mais atraentes para a “manha” de procrastinar.

Fácil e divertido nem sempre são bons adjetivos
Fácil e divertido nem sempre são bons adjetivos

 

Na sua  palestra no TED Talks, Tim Urban, blogueiro, explica de forma muito simples o que se passa na cabeça de quem costuma adiar tarefas.

Ele usa como exemplo da procrastinação crônica a figura de um macaco, que só quer saber de fazer coisas fáceis e divertidas o tempo todo.

O problema é que, na mente de um procrastinador, o “macaco” acaba com frequência, dando sempre preferência pelo prazer imediato.

Esse tipo de atitude não é um problema quando feito esporadicamente, mas o sinal de alerta começa a soar quando procrastinar se torna um hábito.

Os efeitos podem ser desastrosos: problemas no trabalho, nos relacionamentos e na saúde.

A sensação de bem estar nunca é total, pois junto com ela aparece a culpa.

Temos plena consciência de que deveríamos estar concentrados em terminar o trabalho de escrever o artigo, por exemplo, mas em vez disso optamos por ver uma novela na televisão, por mais que não queiramos a ansiedade domina nossa mente.

 

Procrastinar Pode Ser Prejudicial Para a Nossa Saúde?

 

saude e procrastinaçao

 

O ato de procrastinar afeta a nossa saúde e principalmente o nosso bem estar, porque não nos sentimos bem quando adiamos algo importante.

As pessoas que têm o costume de adiar, apresentam mais dores de cabeça, de estômago e ficam doentes com muito  mais frequência, sabias?

Além de que, procrastinar pode aumentar o nível de stresse, baixando as defesas do sistema imunológico e abrindo espaço para doenças infecciosas como constipações ou gripe, as famosas “viroses”, que já ouviste falar ou até já tiveste algumas, rs…

Se procrastinar é tão mau, porque é ao mesmo tempo tão irresistível?

procrastinar irresistivel

Tu já experimentas te dizer a uma pessoa gordinha que ele tem que reduzir a quantidade de comida que ingere ou para uma pessoa deprimida que ela precisa parar agora mesmo com todos os pensamentos negativos e toda a medicação que toma?

Parece mais fácil falar do que fazer, sem dúvida…

O mesmo acontece com quem tem o hábito de procrastinar.

A consciência sobre  a existência do problema existe.

Aliás, é a causa de tanto stresse na vida de um procrastinador crônico.

Ao mesmo tempo que a vontade incontrolável de ceder ao “macaco da diversão” aparece, ela vem acompanhada do enorme sentimento de culpa.

Seria fácil, porém, se a procrastinação só acontecesse com tarefas que consideramos desagradáveis.

Mas e como explicar a procrastinação até mesmo daquilo que gostamos.

Por exemplo, escrever é uma atividade pela qual eu sou completamente apaixonada e que está 100% ligada à minha missão de vida

E posso te dizer que já me vi “a enrolar” e a criar uma série de desculpas para não começar um artigo.

Por que isso acontece?

A culpa é da impulsividade.

Por muito que escrever seja uma coisa que faço com muito prazer, é uma atividade que me tira da minha zona de conforto e por vezes pode gerar insegurança e o diálogo interno:

“Será que vou ser útil? Será que vou escrever um bom texto ou, será que os meus leitores irão amar ou detestar o conteúdo?”

Isso explica porque, em alguns momentos, somos atraídos pela ideia de parar tudo e seguir a nossa vontade natural que implora pelo prazer imediato

 

 

8 DICAS PARA PARARES DE PROCRASTINAR DE UMA VEZ POR TODAS

Quando pensas em procrastinadores talvez penses que são pessoas desorganizadas por natureza, que não sabem por onde começar?

E é ai que tu te enganas!

Alguns procrastinadores são especialistas a fazer planos estratégicos espetaculares e sabem cada passo-a-passo que precisam dar rumo ao seu objetivo.

Pelo menos na teoria…

[fancy_box id=2]

Uma excelente ideia que não é colocada em prática, não passa de uma ideia.

[/fancy_box]

 

Quem tem o hábito de adiar ações, adora planear e principalmente fazer imensas  listas de tarefas.

Aliás, quanto mais longa for essa lista, melhor, se for vaga melhora mais ainda…

Afinal, planear não significa fazer, right?

E quanto mais complexo for o objetivo, pior. Certamente será adiado por muito mais vezes.

Mas o erro nem está em escolheres atingir metas demasiado elaboradas para a tua vida.

O erro está em não fazeres  dessa meta,  várias pequenas tarefas, que poderão ser finalizadas com muito mais  facilidade, aqui na tribo dizemos: Tornar o Dificil em Fácil.

Vamos supor que tu queres começar a fazer videos todos os dias.

Mas esse objetivo por si só te mete um pouco de medo e se calhar até achas bem complicado.

Em vez de criares uma tarefa chamada “fazer videos todos os dias”, talvez  faça mais sentido se te propuseres a fazeres dois videos por semana, para começar.

Muito mais fácil começar a dar pequenos passos em vez de correres uma maratona de uma vez só, verdade?

Como disse Martin Luther King Jr –  “Suba o primeiro degrau da fé. Você não tem que ver toda a escadaria, antes de subir o primeiro degrau”

Foi assim que eu fiz.

Procrastinar é um hábito, e como já vimos, mudar padrões pode ser algo extremamente difícil, principalmente se não aceitares essa carateristica menos boa em ti.

Se não sabes por onde começar, experimenta aplicar algumas das 8 dicas abaixo para acabares com a procrastinação de uma vez por todas, tem me ajudado imenso, esperimenta e depois deixa ficar aqui os teus resultados

[fancy_box id=4]

  1. Não comeces o teu dia a procrastinar. Esqueçe a função do “só mais 5 minutos” de uma vez por todas. Quando o despertador tocar, levanta te da cama.

  2. Não sejas tão exigente contigo mesmo. A busca pela perfeição pode adiar o começo da tua jornada. Podes ir melhorando conforme avanças no projeto – “O COMO aprende se no caminho” – Richard Branson

  3. Remove as distrações. Ter que conviver com os “ladrões de atenção” só torna o ato de procrastinar mais provável, concordas? Se a internet é o teu problema, que tal desligares o teu wi-fi enquanto trabalhas? Também podes Colocar o teu telemovél em silêncio, isso vai ajudar te imenso a estar mais focado na tarefa a executar.

  4. Faz uma coisa de cada vez. Querer fazer muitas tarefas para ganhar tempo terá o efeito oposto, podia contar te aqui uma serie de histórias que provam isso, mas tu também deves de conhecer algumas…risos

  5. Se tu queres fazer uma tarefa com frequência, como ires caminhar todas as segundas, quartas e sextas, coloca essa atividade no topo da tua lista, habitua te a engolir o “Sapão”(tarefa mais dificil de fazer)  pela manhã, rs

  6.  Usa listas de tarefa com inteligência. Escolhe no máximo 3 itens, de grande prioridade e que estejam alinhados com teu objetivo principal e que sejam os mais produtivos. Não coloques nenhum item novo enquanto não finalizares os três já estipulados, isso vai ajudar te a seres mais focado e menos procrastinador.

  7. Utiliza  o temporizador do telemovel, ou outro alarme para fazeres a gestão do teu tempo. Isto serve para lembrar as tuas sessões de trabalho (de 60 a 90 min) e descansos pré-definidos (10-20 min).

  8. Começa! O que não significa que ao iniciares uma tarefa ela precise ficar pronta no final do dia. Não te preocupes com isso agora, preocupa te em começar

[/fancy_box]

Como CONCLUSÃO: Somos os Criadores da nossa história

vida é luta

Lembra te que és o único responsável pelas tuas escolhas e só tu podes fazer a DIFERENÇA na tua vida, right?

Ninguém, com toda a certeza, gosta de procrastinar ou sente orgulho de agir dessa maneira.

Toda a procrastinação vem acompanhada de um estado de ansiedade, pânico e culpa.

A boa notícia é que podes evitar essa espiral negativa.

Um hábito tão nocivo quanto o da procrastinação não muda do dia para a noite.

É preciso sermos realistas e enfrentá-lo dia após dia, todos os dias!

Pelo menos começa a MUDANÇA e por consequência o teu crescimento…

Eu só posso inspirar te, com a minha experiência.

HOJE é um bom dia para começares a correr atrás dos teus Sonhos, concordas?

Ou vais deixar para AMANHÃ?

Acredito que não!

Se ainda assim, continuares com dificuldades para vencer a procrastinação,  duplicar a tua produtividade, aumentar a tua concentração nas tarefas diárias, desenvolver novas competências e alcançar resultados extraordinários com apenas algumas horas por dia, conhece a Universidade da Tribo e o SMT criados pelo meu amigo e Mentor Rui Gabriel e vê como te podemos ajudar

Basta Clicares AQUI para saberes mais

Vive uma vida Fantástica, sem procrastinar tanto!

SÊ Feliz

~Sandra

 

 

 

 

 

%d bloggers like this: