Categoria: Empreendedorismo Digital

A Comunidade de Empreendedores Anormalmente Bem Sucedidos – Missão e Valores

A Comunidade de Empreendedores Anormalmente Bem Sucedidos – Missão e Valores

Consegues Imaginar te a Trabalhar com Pessoas Extraordinárias Que Te Ajudam a Ter Sucesso e a Viveres Daquilo que Realmente Gostas e Sabes Fazer?

A verdade é que enquanto não te conetares com quem realmente és não vais descobrir a tua tribo e vai parecer te sempre que falta algo: já ouviste aquela frase em Inglês que diz:

Your Vibe atract your Tribe, o que quer dizer em Português: A tua forma de estar na vida atrai a tua tribo, não gosto tanto porque não rima, risos.

Se a tua vontade é Ganhar muito dinheiro e fácil, sem fazer nada, então a Comunidade da tribo não serve para ti.

Sabes Porquê?

O Manifesto da Tribo Mostra o Que Somos, O que Fazemos, e Porque Fazemos Isto.
Acredito que nós atraímos, não aquilo que queremos, mas aquilo que somos.

Por isso o meu mestre Rui Gabriel  criou esta comunidade e atraiu pessoas que têm uma série de qualidades, essas atraíram outras e criámos uma comunidade que une pessoas:

  • De todas as classes sociais,
  • Níveis de educação,
  • Profissões,
  • Projetos de vida,
  • Religiões e
  • Preferências futebolísticas e políticas,
  • Gostos,
  • Competências profissionais e pessoais e
  • Circunstâncias pessoais…

… a que chamámos TRIBO.

Durante alguns meses o Rui  investigou a fundo as ideias e os modos de pensar e de viver expressas através dos posts dos membros e resumiu tudo no manifesto que hoje te mostro, para que tenhas conhecimento de que Não Estás Sozinho(a) Nem És Extraterrestre, e que há uma comunidade de centenas de pessoas que Pensam Como Tu. Ser diferente já é quase normal neste planeta, mas se queremos ter resultados Extraordinários temos de fazer o que os outros não querem ou não acreditam que seja possível, right?

Manifesto da Tribo

Texto Integral:

Damos valor à Liberdade individual e apreciamos a Diferença e a Integração.

Sabemos que todos temos algo importante para Aprender todos os dias e sabemos que todos temos algo importante para Ensinar também, todos os dias.

Apreciamos a Arte  em todas as suas formas como expressões elevadas do espírito.

Vivemos em Abundância material, gostamos de ser, fazer e ter tudo o que possa existir de melhor.

Dedicamo-nos à Contribuição Social, para ajudarmos quem se possa ajudar a si mesmo e para ajudarmos quem não se possa ajudar a si mesmo ainda.

Acreditamos que sem Independência Financeira não há Liberdade, e por isso temos um foco elevado na criação de riqueza.

Acreditamos que sem Educação não há Liberdade e por isso temos um foco elevado na aquisição de competências técnicas e humanas de elevada performance.

Acreditamos que sem Contribuição Social não há Liberdade, porque ninguém pode ser livre sozinho. Por isso temos um foco elevado nas ações de promoção humana e social.

Não temos medo de Desafios  e adoramos Coisas Difíceis, pois são elas que nos fazem evoluir acima da média.

Todos somos Líderes e todos somos Seguidores e somos bons em ambas as coisas.

Dizemos sempre a Verdade do que somos e pensamos.

Não apreciamos especialmente o «politicamente correto» mas temos uma Ética de respeito por todas as pessoas e ideias.

A nossa Missão Primeira é realizar os Sonhos de cada um de nós.

A nossa Missão Segunda é realizar juntos Sonhos Maiores, que nenhum de nós se atreveria a sonhar. Fazemos isso através dos recursos do Mundo Digital e da Internet.

Para nós o Sucesso é a realização progressiva de um Ideal Elevado.

Consideramos que uma Pessoa Bem-Sucedida é alguém que esta a percorrer este caminho de realização.

Acreditamos que todas as pessoas já têm em si mesmas todas as qualidades necessárias para Vencerem mas constatamos que poucas pessoas expressam o seu verdadeiro potencial nas suas vidas e que por isso a humanidade fica mais pobre.

Trabalhamos para levar esta mensagem de esperança a todas as pessoas:

  • «Todos Podemos Ser Livres
  • Todos Podemos Ter o Tempo e o Dinheiro, a Realização Pessoal, e o Desenvolvimento Espiritual Que Nos Liberta, Independentemente da Situação Atual de Cada Um.”

Trabalhamos para elevar os Níveis de Consciência da humanidade e de cada pessoa individual.

Trabalhamos para proporcionar modelos de trabalho que tragam Elevadas Recompensas emocionais, mentais, espirituais e materiais.

Desafiamo-nos mutuamente e constantemente a fazer mais e melhor.

Dizemos sempre «Sim» a tudo aquilo que nos aproxime dos nossos sonhos.

E queremos envolver-nos em todas as atividades que tragam algo de positivo para nós e para a humanidade. Não nos importa o grau de dificuldade.

Não procuramos a via mais fácil, nem a via mais difícil. O «Fácil» e o «Difícil» não são palavras do nosso vocabulário.

Gostamos especialmente da palavra «Impossível» porque representa um desafio que vale a pena perseguir.

Quando alguém se aproximar de um de nós, fica sempre melhor do que quando chegou.

Todos os dias Adicionamos algo de valioso às vidas de todas as pessoas que conseguirmos, quantas mais melhor.

Gostamos de ganhar Dinheiro. Gostamos de ganhar muito dinheiro.

Gostamos de usar o dinheiro para sermos mais felizes e para ajudarmos outras pessoas.

Estamos 100% Determinados em Realizar O Nosso Potencial, Sermos Ricos de Tudo e em Fazer a Diferença Nas Vidas de Outras Pessoas.


Partilha agora este Manifesto com todas as pessoas que sabes que podem beneficiar com ele e

Vive a Vida Livre

~Sandra Galão

A Fábula do Vendedor de Cachorro-Quente e a Crise

A Fábula do Vendedor de Cachorro-Quente e a Crise

Porque Será Que Enquanto Uns Choram,  Outros VENDEM LENÇOS?

A primeira vez que ouvi a fábula que te vou contar foi num evento de empreendedores, quando conheci  a indústria do  marketing de rede  em 2008 e ela representa bem a nossa realidade, e como por vezes arruinamos o nosso negócio porque acreditamos mais nos outros do que em nós e nos nossos produtos e serviços.

E assim começa a história e espero que tires a lição contida nela:

Um homem vivia à beira de uma estrada e vendia cachorro quente.

Ele não tinha rádio, não tinha televisão e nem lia jornais, mas produzia e vendia o melhor cachorro quente da região.

Ele se preocupava com a divulgação do seu negócio e colocava cartazes pela estrada, oferecia o seu produto em voz alta e o povo comprava e gostava.

As vendas foram aumentando e cada vez mais ele comprava o melhor pão e a melhor salsicha.

Foi necessário também adquirir um fogão maior para atender a grande quantidade de fregueses.

E o negócio prosperava a olhos vistos. O seu cachorro quente era o melhor!

VENCEDOR, ele conseguiu pagar uma boa escola ao filho.

O menino cresceu, e foi estudar Economia numa das melhores Faculdades do país.

Anos depois, finalmente, o filho já formado, voltou para casa, notou que o pai continuava com a vida de sempre, vendendo, agradando e prosperando e teve uma séria conversa com o pai:

Pai, então você não ouve rádio? Você não vê televisão? Não acessa a Internet e não lê os jornais? Há uma grande crise no mundo. A situação do nosso País é crítica. Está tudo um caos.

Depois de ouvir as considerações do filho Doutor, o pai pensou:

Bem, se o meu filho que estudou Economia na melhor Faculdade, lê jornais, vê televisão e internet, participa de redes sociais, e acha isto, então só pode estar com a razão, a coisa deve estar feia mesmo!

Com medo da crise, o pai procurou um Fornecedor de pão mais barato ( e é claro da pior qualidade).

Começou a comprar as salsichas mais baratas (que era, também, a pior).

Para economizar, parou de fazer cartazes de propaganda na estrada.

Abatido pela noticia da crise já não oferecia o seu produto em voz alta.

Tomadas essas providências, as vendas começaram a cair e foram caindo, caindo e chegaram a níveis insuportáveis e o negócio de cachorro quente do velho, que antes gerava recursos até para fazer o filho estudar Economia na melhor Faculdade faliu.

O pai, triste, então falou para o seu filho:

Você estava certo, meu filho, nós estamos no meio de uma grande crise. e comentou com os amigos,orgulhoso:

 Bendita a hora em que eu fiz meu filho estudar economia, ele me avisou da crise 

 

Moral da história:

O marketing é fundamental para o sucesso de um negócio, seja ele tradicional ou online.

Diante das situações, a pergunta que fica é:

Estamos no pior momento de todos os tempos, ou estamos a deixar de vender o nosso cachorro quente?

Como qualquer problema, as crises passam e a curto ou longo prazo outra surgirá, sabemos disso.

Mas isso não nos pode desanimar. Faz parte da vida de empreendedor, da economia e do mercado, right?

O que podemos fazer de melhor é encarar a crise de frente, mas sem deixar que ela influencie o nosso espírito inovador, criativo, empreendedor e produtivo.

Esquece lá a crise e dá espaço para novas ideias, só assim conseguirás ter o teu negócio sempre a prosperar e com os resultados que tu desejas

As Oportunidades aparecem para quem está DESPERTO para elas

 

Muitas vezes aqueles que tomam a decisão estão envolvidos em paradigmas e crenças que não lhes permite identificar onde estão as melhores oportunidades para poderem vencer na vida.

Deixam-se levar pela onda de pessimismo, da crise , o medo de trocar o certo pelo duvidoso, atrofiando todas as iniciativas em busca de soluções e ficam contaminados pela falta de perspectivas, e é aí onde culpam tudo e todos pelo seu fracasso, conheces alguém assim?

Eu conheço, infelizmente muitas, eu mesma, em muitas situações da minha vida no passado agi da forma que te descrevo acima.

Mas, com o tempo,  a vontade de vencer, de não ter mais patrão e de deixar um legado aos meus filhos, fez-me conhecer a Comunidade da Tribo, o grupo de empreendedores e empresários para o qual trabalho desde 2015 estes e tantos outros empreendedores de sucesso por aí, não se deixam abater e procuram sempre alternativas mesmo em tempo de crise,  empreendedores ousados, com determinação e coragem,  que sabem o seu caminho, o seu valor e nada, nem uma grande crise os abate.

– E Tu, como reages perante uma crise?

– És daquelas pessoas que és ousada e estás sempre em busca de novas soluções?

O grupo de empreendedores da qual faço parte com muito orgulho, pois estive lá quando renasceu das cinzas, mostra que, quando temos clareza naquilo que realmente queremos, na direção que queremos tomar,  não há crise que nos impeça de continuar o nosso processo.

Adoro a expressão tão verdadeira de um dos nossos valores:

Jogamos nos tabuleiros uns dos outros, retiramos o que cada um tem de melhor, partilhamos o que sabemos e tornamos nos na nossa melhor versão, todos os dias são dias de aprendizagem, seja ela qual for, um bom livro que te faça crescer, uma música que te faça sorrir, um blog que te faça inspirar,  mas não culpes os outros, muito menos  a Crise por tudo o que te acontece de errado

ARTIGO RELACIONADOA COMUNIDADE DE EMPREENDEDORES ANORMALMENTE BEM SUCEDIDOS – MISSÃO E VALORES

Se ainda não tens a vida que queres, a CULPA é só tua. Eu sei que é duro de ouvir, mas é a realidade, mas a boa notícia é que tem SOLUÇÃO e chama-se RESPONSABILIDADE, pela tua vida e escolhas.

Sabes porque digo isto sem medo de errar?

Pois também já quis mudar o mundo, eu tinha milhares de perguntas não respondidas e uma revolta imensa dentro de mim, culpava tudo e mais alguns por tudo de errado que me acontecia e só comecei a mudar isso quando comecei a mudar me a mim, aos meus comportamentos e às minhas atitudes, comecei a responsabilizar-me pelas minhas escolhas, mesmo que erradas e o mundo começou a mudar, quer dizer, eu comecei a ver o mundo com outros olhos.

Lembra-te para que algo de diferente aconteça, tens de sair da tua zona de conforto, aquela onde eu  também já estive durante muito tempo e onde vivia a vida de outras pessoas, sempre que investia o meu tempo a ver as “minhas” novelas brasileiras.

É verdade que aprendi imenso com todas elas, pois a maioria retratava algumas realidades que eu desconhecia, nomeadamente o tráfico humano, a exploração infantil, o saco azul e por aí…

Confesso te que nunca pensei que fosse deixar de ver novelas, pois era tão viciada!

A prova que a vida dá voltas, quando estamos dispostos a realizar os nossos sonhos mais profundos

A Escolha de continuar em busca de oportunidades ou ficar à espera que a crise passe é sempre nossa, lembra te que a energia precisa fluir, há que largar o velho, para deixar entrar o novo.

Não podemos fazer nada quanto a isso, por isso se chamam circunstâncias, mas com certeza as nossas atitudes perante as mesmas é que vão fazer toda a diferença, concordas?

Deixa ficar o teu comentário, partilha e vamos espalhar a mensagem:

A CRISE ajuda nos a SUPERAR os nossos LIMITES 😉

Tem um dia Fantástico e vive a vida LIVRE.

Sandra

 

 

 

 

Devemos ou não Gabar-nos das Nossas COMPETÊNCIAS

Devemos ou não Gabar-nos das Nossas COMPETÊNCIAS

Já alguma vez foste confrontado por não teres competências suficientes para determinado trabalho?

Eu  já, mas isso só me confirmou aquilo que sempre pensei, mesmo quando era pequenina:

Não devemos deixar que só os outros nos avaliem, e é IMPORTANTE termos uma opinião formada sobre quem somos e qual o nosso valor, para que não nos enganem e nos usem.

Sabias que se te conheceres profundamente, aceitares as tuas diferenças e souberes  quais são as tuas fraquezas e trabalhares “em cima” disso, isso é considerado competência?

Sem dúvida ser um  profissional competente é meio caminho andado para conseguirmos angariar clientes e saber servi los muito melhor, concordas?

 

Sempre me considerei uma profissional competente e muito exigente pois entrego me de corpo e alma em todos os projetos que me envolvo, e adoro aprender coisas novas… Não gosto de coisas que sejam sempre iguais, canso me muito rápido.

Comecei em 1994 com apenas 19 anos a trabalhar com equipas de trabalho numa fábrica de produtos eletrónicos, chegando a ser responsável por mais de 40 pessoas, e ao longo do meu percurso fiz  imensas formações para aperfeiçoar as minhas competências e o meu desenvolvimento pessoal com as pessoas.

Equipa de trabalho 2007

O trabalho em equipa  a mim sempre me fascinou, pois acredito que juntos vamos muito mais longe que sozinhos, right?

Mas a realidade é que nem todos temos perfil e gostamos de trabalhar em equipa, por variadíssimos motivos, e não tem nada de mal, a não ser que isso prejudique o próprio trabalho e o da equipa, certo?

Eu gosto muito de ensinar e aprender com os outros, ouvir novas e excelentes ideias e perceber como podemos ter ambientes de trabalho muito mais eficazes e produtivos se soubermos ouvir as sugestões de quem trabalha  e sabe como melhorar as dificuldades encontradas no local de trabalho, concordas?

 

Mas infelizmente isto não é uma realidade… a realidade é que a maioria da população, começando pelos governantes dos nossos sistemas que deviam ser os primeiros a dar o exemplo, mostram que temos de nos “fazer a vida” pois se esperarmos por eles, vamos morrer de fome, verdade?

 

Eu deparei me ao longo da minha vida com excelentes profissionais com quem aprendi muito, e deparei me também com todas aquelas que não eram assim tão profissionais, com essas aprendi mais ainda…

Descobri com essas pessoas que me tentaram prejudicar e stressavam com a minha forma de trabalhar, que eu não queria ser como elas, apesar de já ter errado muito no passado e ter feito coisas das quais não me orgulho, decididamente eu não queria ser como elas.

Lembra te que em todas as situações da nossa vida a escolha é nossa e por isso a nossa responsabilidade.

Se tu Acreditas que és competente em alguma área, não deixes que outras pessoas te digam o contrário, ok?

O video abaixo foi inspirado porque me comprometi há uns meses com um micro empresário, boa gente, que eu aprecio,  mas muito “bagunçado” com tantas prioridades, que me disse algo que me fez rir e me fez partilhar contigo.

Então, o que achas te?

  • Quantas pessoas pensam como este micro empresário que não é chegado a sugestões e por isso não consegue melhorar as sua condições e a dos seus colaboradores?
  • Quantos micro empresários deviam de fazer no MINIMO uma reunião semanal com os seus colaboradores para falar sobre questões importantes  e não têm tempo?
  • Quantos colaboradores abusam porque têm um patrão Boa gente e que não tem tempo para nada e deixa os demasiado à vontade?
  • Quantos colaboradores são abusados e humilhados e nem se apercebem?

 

Foi uma experiência super interessante onde tirei bastante proveito e sou muito GRATA pela Oportunidade!

 

Espero que este artigo te tenha sido útil e te inspire de alguma forma a descobrires no que és muito Bom e a partilhares isso com o Mundo.

Gostava de ouvir a tua opinião, podes deixá-la aqui abaixo neste artigo.

 

Tem um dia Fantástico

~Sandra Galão

 

 

 

 

 

Aprende a Lidar com o FRACASSO

Aprende a Lidar com o FRACASSO

Muitas Pessoas Não Acreditam Nisto e Por Isso Falham Sistematicamente!

 Vê se te identificas:

Quando somos crianças/adolescentes, os adultos tem o hábito de perguntar:

– Então o que queres ser quando fores Grande?

Eu, Sandra, queria ser advogada ou jornalista, mas rapidamente desisti ao ver a quantidade de anos que ainda tinha de continuar agarrada aos livros e à quantidade de matérias que a meu ver eram desnecessárias.

A minha mãe estava disposta a fazer o sacrifício financeiro para que pelo menos uma das suas 3 filhas quisessem ir para a faculdade, mas não foi bem sucedida, pois eu queria era ganhar dinheiro para ser livre e independente… Hehe!

Não entendia aquela conversa que ainda hoje se ouve tanto:

– Para seres alguém tens de estudar muito e formar te e blá, blá, blá!

Eu já me considerava alguém e sempre achei e continuo a achar que para ser feliz não preciso de me formar na faculdade, e ver se tenho sorte e consigo um emprego na área que me formei…

Não estava disposta a esse sacrifício e fiz o mesmo que a maioria faz quando não gosta de estudar.

Fui empregada de outros durante anos e nunca me incomodou, pois gostava muito do que fazia, era coordenadora de linhas de montagem e adorava formar pessoas que por sua vez formavam outras, e foi assim durante 10 anos.

E só deixou de ser quando descobri que não passava de mais um número e que o meu trabalho ali tinha terminado e era urgente sair dali!

Pois recusava me a ser o robô que executa a tarefa e não pode pensar, depois de tantas competências adquiridas, comprei uma guerra com a empresa, e só me prejudiquei… mais uma vez!

Lembro me que parecia uma criança quando quer a atenção do adulto e se não tem faz alguns disparates para que essa atenção lhe seja dada.

Na altura ainda não tinha maturidade para percebê-lo apesar de ter sido alertada várias vezes pelo marido, mãe e amigas… Mas estava “surda” e só queria mostrar o quão errado estava o sistema.

Muitas coisas mudaram, depois de muitos fracassos e algumas pequenas vitorias, mas a verdade é que eu não aguentei a pressão de “remar contra a corrente” sozinha, e tive muito medo da pessoa em que me estava a transformar…

Não resolvemos nada, porque não estamos a mudar nada
Não resolvemos nada, porque não estamos a mudar nada

 

Desisti quando percebi que estava a ficar doente psicologicamente e acabei de baixa!

Meses depois em novembro de 2008 acabei por entrar em acordo num despedimento colectivo e vim me embora, nessa altura tinha me iniciado na minha primeira empresa de Marketing multinível e estava num novo ciclo da minha vida, completamente diferente de tudo aquilo que já tinha visto e vivido até então, e muito feliz por ter terminado aquele “inferno” e começar a ver um Futuro mais Brilhante.

Contei te um pouco desta minha passagem para te falar um pouco sobre o Medo do Fracasso

Um dos medos que mais afeta as pessoas!

Deves estar a perguntar-te:

– Então comecei a ler este artigo para melhorar e perceber como posso tornar o fracasso como meu aliado e sá a ouço falar em medos e fracassos.

Não te preocupes, porque o que te quero demonstrar e espero que interiorizes isso na tua vida, daqui para a frente, é que o Fracasso é a melhor coisa que te pode acontecer!

Hã? Risos…

– Já reparaste que há muito mais Fracasso que Sucesso?

-Mais Pobreza, que Riqueza?

– Mais pessoas desapontadas que Realizadas?

Não é que haja escassez no mundo, ou que os recursos não cheguem para todos, e sim porque há muito mais publicidade para as coisas negativas do que positivas, há muito mais informação sobre o que está mal no nosso planeta, concordas?

É só assistirmos às noticias, ouvir as rádios e outros meios de comunicação, para confirmar o que aqui digo…

Nós temos de estar preparados e treinados para o Fracasso, ele vai aparecer sempre, e se soubermos lidar com ele, vamos conseguir corrigir aquilo que nos impede de sermos bem sucedidos.

ARTIGO RELACIONADO:  COMO LIDAR COM A FRUSTRAÇÂO

Há tantos Sonhos que ficam por realizar por falta de preparação para suportar e vencer os fracassos durante a nossa longa caminhada.

Descobri que os Grandes Realizadores têm uma caraterística comum, (entre outras) terem a capacidade de não desistir e de superar continuamente os fracassos e todos os obstáculos que vão encontrando…

Como ouvi uma vez num evento de Líderes:

“Atingimos o sucesso desde que saibamos “sobreviver” a todos os fracassos do caminho”.

Os obstáculos vão sempre existir, mas vai haver uma altura que estás tão focado no teu objetivo que os obstáculos deixam de aparecer e é ai que te vês diante do teu resultado final.

Assim sendo quero deixar te aqui com o primeiro conceito que quero transmitir:

O Fracasso não é um Inimigo é um Aliado

Fixa bem isto, porque daqui para a frente nos momentos de decisão, o teres ou não esta visão do fracasso vai determinar a tua resposta e atitude perante as situações e os desafios que te vão aparecer

Sabes porque digo que o fracasso é um Aliado?

Porque quando nos vemos em situações de desespero, onde caímos e onde existem os sentimentos de vergonha, sofrimento, culpa, temos a sensação que essa situação e sentimentos vão ser para sempre, não é?

Mas nada é eterno, e quando nos levantamos, deixamos de olhar para o buraco escuro e passamos a olhar para a linha do horizonte.

Acredito que todos nós já passamos por situações menos boas, e que talvez já nem nos lembremos de como nos superamos, pois eram momentos tão assustadores e surreais que o melhor mesmo é nem lembrar, risos…

O que quero dizer é que é bom lembrar desses momentos/situações superados quando duvidamos das nossas capacidades, pois sei que nos sentimos de forma indescritível e a dizer coisas do estilo:

– Fogo, como é que eu fui capaz!

– Afinal sou melhor do que pensava!

– Sou muito corajosa(o)

E normalmente a tua energia cresce e ficamos mais fortes porque ganhamos mais competências, novas experiências e sabedoria, ficamos com a certeza absoluta que se algo parecido acontecer, saberemos como encarar e resolver, right?

Se essa situação não tivesse acontecido, não teríamos aprendido a lição.

Quando não aprendemos a lição, a situação repete-se… E sabemos que nem todos reagimos da mesma forma aos Fracassos, e isso sim, vai condicionar ou não o nosso percurso e os nossos resultados…

Artigo Relacionado: 15-coisas-que-as-pessoas-ricas-fazem-de-modo-diferente

Vou aproveitar uma formação espetacular que tive de vendas e deixar te ficar aqui uma comparação das reações do sr. Desistência e do Sr Persistência, perante uma situação de “Fracasso”.

Sempre que o Fracasso aparece acabamos por cair, mas como diz John Maxwell, a decisão de cair para trás ou para a frente é nossa.

Vê as diferentes reações nos dois casos e começa a analisar te:

Enquanto que o Senhor Desistência:

senhor desistencia

  • Culpa os outros pelo que aconteceu

  • Como a culpa nunca é dele está sempre a repetir os mesmos erros

  • Cultura do coitadinho – Apesar de ser “perfeito”, e dizer que só os outros é que erram, como os problemas continuam, a conclusão é obvia: Não é um “gajo” de sorte por isso tantas coisas dão errado.

  • Aceita sempre a tradição e segue a maioria – Se sempre se fez assim, é porque é assim que se deve fazer (tive muitos conflitos sempre que me cruzava com pessoas que não queriam evoluir, só porque sempre foi assim e agora é difícil mudar)

  • Limita se pelos erros do passado

  • Pensa muitas vezes: Eu sou um verdadeiro Fracasso

  • DESISTE

 

Falemos agora do Senhor Persistência:

dar-o-melhor-fracasso e sucesso

  • Assume responsabilidade pela situação

  • Aprende a lição com o erro que cometeu para não voltar a repeti-lo, percebe que só não erra quem não faz e que para aprendermos temos de errar muito.

  • Mantém sempre uma atitude positiva perante as situações mais adversas e trabalha baseado nas experiências que teve, para conseguir resolver a situação

  • Desafia Regras consideradas obsoletas (que já não servem) e questiona o porquê das coisas

  • Está sempre disposto a novos desafios e riscos, pois sabe que só arriscando e saindo da zona de conforto é que as coisas acontecem

  • Acredita em si próprio, aceitando que “Fracassou” e que tem agora uma nova oportunidade de ser bem sucedido.

  • PERSISTE

Artigo Relacionado: ATIVA, PERSISTE E SÊ INTENSO

Estamos sempre a ver estes tipos de reações nas pessoas com que convivemos e até em nós, right?

Analisa te e se vês que reages muitas vezes como o senhor Desistência, recomendo te que comeces a mudar para o outro lado, isso se queres ser uma pessoa realizada e bem sucedida.

O FRACASSO não é algo que aconteça por acaso

Resulta sempre de uma sequência de acontecimentos que provocaram esse resultado menos positivo, a que chamamos de fracassso.

Nesses casos devemos sempre investir um tempo a analisar os acontecimentos e conseguir encontrar novas estratégias, de modo a conseguir evitar ou pelo menos minimizar o porquê de erro ou problema.

Um tornado, por exemplo, é algo que não conseguimos evitar que aconteça, right?

Mas hoje em dia com os sistemas adequados de prevenção e alerta, os efeitos que normalmente causam podem ser apenas materiais e não provocar a perda de vidas humanas, fantástico não é?

Conseguimos assim minimizar os efeitos de algo que sem essa atitude seria uma verdadeira catástrofe.

Sabemos que nem sempre foi assim, e como aceitamos que não podíamos fazer nada, perderam se muitas vidas.

Mas houve um dia que alguém questionou essa atitude e provocou uma mudança, que com isso veio permitir o desenvolvimento de tecnologias e procedimentos, que hoje nos permitem prever e reagir com prevenção perante um acontecimento como esse.

 

O FRACASSO é muito Subjetivo

Tem a ver com a importância que cada um de nós dá à situação que aconteceu

Se para alguns é muitooooo mau, para outros a mesma situação tem uma importância completamente diferente.

Temos de estar conscientes e aceitar esse fracasso porque nos permite então entender as reações e as atitudes das diferentes pessoas, quando algo de menos bom acontece.

Por pior que seja a situação, ela um dia começa a mudar.

Lembra te que mesmo quando chove ou o céu está muito nublado, o sol continua a brilhar, right?

E se aprenderes a “dançar na chuva”, sabendo que por cima daquela camada cinzenta e nublada, há um sol Radiante que brilha todos os dias, mesmo que não seja visível.

Como dizia Jim Rohn:

 “A vida é como uma sequência das estações do ano. Quando passamos por dificuldades, no inverno da nossa vida, temos de continuar a persistir, pois sabemos que a seguir vem a Primavera”

 

A tua ATITUDE é que vai fazer a diferença.

Sabemos que quem fracassa fica com a sensação de “marcado”, mas isso não é verdade, pois sabemos que a maioria das pessoas bem sucedidas também passaram por muitos fracassos e o que os diferenciou da maioria foi não desistirem e não deixarem que esses fracassos marcassem negativamente as suas vidas.

Quantas pessoas conheces que fracassaram na vida e um dia realizaram grandes feitos?

Sabemos que o caminho de um empreendedor passa por fases em que é considerado louco, passando a empreendedor de Sucesso e terminando como um visionário e um génio.

Não te preocupes com os fracassos que vais acumulando, preocupa te sim com o objetivo que estás a perseguir.

Não sei se sabes, mas os grandes realizadores assumem sempre a responsabilidade, e não deixam que os fracassos se tornem uma “marca” pessoal.

Todos os grandes realizadores mantêm expetativas muito altas, mas realistas, já que quando desejamos criar algo de grandioso, devemos expandir a mente para conseguir superar todos os desafios que surgem no caminho…

Normalmente, nada os faz desistir, analisam o que correu menos Bem e se for necessário recomeçam, e persistem até alcançarem o êxito.

Todas estas carateristicas fazem parte da comunidade da Tribo, a comunidade de empreendedores independentes de vários setores e do qual faço parte com muito orgulho.

Vê o nosso manifesto no link abaixo, a nossa missão e valores e junta te a nós se desejas ser uma pessoa que persiste até conseguir alcançar os seus objetivos

QUEM SOMOS – MISSÃO e VALORES

 

Muito Grata por me “ouvires” espero que este artigo te tenha sido útil de alguma forma e te ajude a perceber os dois maiores benefícios do fracasso:

Primeiro: se tu fracassas, aprendes o que não funciona;

Segundo: o fracasso dá te a oportunidade para tentar um novo caminho, verdade?

Se sentires deixa ficar o teu comentário ou alguma história de Fracasso onde tenhas aprendido uma grande lição, pode ser útil para outros, verdade?

Vive uma vida Fantástica

~Sandra

 

Quando Devemos Desistir Ou Persistir De Alguma Coisa Na Nossa Vida?

Quando Devemos Desistir Ou Persistir De Alguma Coisa Na Nossa Vida?

Até Que Ponto És Capaz De Te Imaginar Numa Vida Diferente Daquela Que Tens Agora?

Grande parte de nós quer ter uma vida diferente, mas não está disposta a desistir de certas coisas que não nos deixam evoluir, nem caminhar rumo a vida diferente que queremos, verdade?

É por isso que a maioria, nem se consegue ver a ter outro estilo de vida!

Quando falo de desistir, falo de:

  • Relacionamentos infelizes

Aprende a amar te e a respeitar te para que te respeitem
Aprende a amar te e a respeitar te para que te Amem e respeitem

 

  • Empregos miseráveis, mas seguros, onde o que Manda Humilha o que Obedece ACEITA!

ser o que os outros esperam
Não tem que ser assim!

 

  • Crenças Estúpidas, mas Confortáveis

comportamento

 

  • Emoções oprimidas que nos fazem desistir …

crianças diagnosticadas com hiperatividade

Pois, é ai que o problema reside, normalmente!

Para poderes ter uma vida diferente, tens que começar a pensar diferente e a agir para que isso aconteça! Ou seja desistir de algumas coisas que talvez não saibas , mas não te ajudam na tua caminhada.

Desistir ou Persistir?

Eu acredito que nada na nossa vida acontece por acaso, pelo que já vivi e que foi “um bocado grande”  nesta escola que é a vida!

Aprendi certas lições com algum sofrimento, porque gosto muito de ser eu a analisar, experimentar e dizer se serve para mim ou não!

Fiz um video para ti onde falo sobre o que devemos Devemos Desistir ou Persistir na nossa vida, baseada na minha experiência de Vida, de quem tem uma certeza desde que se conhece “como gente” que estamos aqui acima de tudo para SERMOS FELIZES , não importa com quem, nem onde! Ser Feliz!

 

LINK DO VIDEO 

Gostaste do que ouviste? Espero que te tenha sido útil de alguma forma!

Comecei recentemente a analisar o meu negócio e percebi que tenho que começar a fazer os videos, pois só me vão trazer vantagens a muitos niveis! Persistir, risos

Aqui na Tribo estamos sempre a desafiar nos todos os dias a persistir no que vale a pena e a desistir naquilo que não nos faz evoluir:

Gostavas de começar a Tua Transformação e a tua Liberdade  neste Novo Ano, que já vai na segunda semana!?

Clica no link abaixo e vê o Video que te mostra o sistema que utilizo e  me permite ser dona dos meus horários, crescer como profissional, ser uma mãe mais presente  e que me tem ajudado a construir um Futuro melhor para os meus filhos e próximas Gerações!

VÊ O VIDEO AQUI

 

Vive uma Vida Fantástica!

Sê Feliz

~Sandra Galão

%d bloggers like this: