Cuidado com o que andas a SEMEAR!

Cuidado com o que andas a SEMEAR!

Deus é Tão Generoso Que Te dá a LIBERDADE Para Plantares o que Quiseres! Ele é Tão Justo Que Colhes Exatamente Aquilo Que Plantas te!

Sabes disto, não sabes?

Vou contar te aqui a história do agricultor e da agricultora que já ouvi algumas vezes contada em formação e nos eventos, pelo meu mestre Rui Gabriel, o Fundador da Comunidade da Tribo.

Ele sempre que conta esta história é sempre para dizer que é preciso Semear, Cuidar e Colher  o nosso negócio e que a maioria normalmente esquece de Cuidar.

Querem ter logo os resultados(colher) sem passar pelo processo de Cuidar, para depois escolher.

sem desenvolvimento não ha crescimento
Semeia e cuida o que desejas para a tua vida.

 

Confesso te que não entendo muito, nada de agricultura, hehehe, aqui no caso sou mesmo consumidora, mas depois de ouvir esta história e aprender algumas coisas,  fiquei contente por saber que tudo o que tenho vindo a semear na minha Vida tem sido cuidado com Amor, com exceção da idade do armário bem atribulada onde nem sequer sabia, nem queria saber de semear nada…

Presta Atenção a história do agricultor e da agricultora e tira a mensagem:

O agricultor saía de manhã para ir semear… plantar, não é semear, é plantar as batatas. Ok? Para plantar as batatas.

E então lá ia, plantou as batatas, e chegou à noite a casa muito cansado, fartou-se de trabalhar e a mulher dele perguntou-lhe: – ”Então, as batatas?”

E ele: ”Eu fui semeá-las.”

– ”Então, mas não trazes batatas?”

– ”Não, fui semeá-las.”

E a mulher ficou desiludida e ele também, porque, fogo, pensava que ele ia para o campo, semeava as batatas e trazia batatas, afinal não trouxe batatas. Passado uns dias ele saiu de novo e as batatas tinham rebentado, já tinham umas folhinhas, e ele andou lá a tirar ervas, passou o dia inteiro a trabalhar, e a regar, e a ver se estava tudo bem.

E quando chegou à noite a casa, a mulher perguntou-lhe: ”Então e as batatas?”

E ele disse: ”Não, não trago batatas.”

Não havia batatas para trazer. E ele, no dia seguinte voltou de novo, e veio a geada e ele teve de cobrir as batatas… as plantas, para não serem queimadas pela geada, e depois veio o calor e o sol e teve de cobrir as plantas do sol e regar, e tirar as ervas, e sempre que ele chagava a casa, com tanto trabalho e com tanto esforço, a mulher perguntava: ” Então, trazes batatas?” e ele não trazia batatas. Não era o tempo. 

E quando chegou a hora de trazer as batatas, depois do tempo todo que ele esteve a trabalhar consistentemente, e nunca abandonou o batatal mesmo quando parecia que estava perdido, e veio a geada e queimou-lhe metade, e depois veio o sol e queimou-lhe um terço, e no meio dessas dificuldades todas ele tinha semeado um balde de batatas e trouxe 20 sacos de batatas. Podia ter trazido 100, mas só trouxe 20.

E a mulher disse-lhe: ”Podias ter trazido 100, e só trouxeste 20!”

E ele diz: ”Mas eu só levei um balde e trouxe 20 sacos.”

E desses 20 sacos e tirou 1 saco, fica para a semente, e come o resto. E desses 20 sacos produz 100, e nunca mais acaba porque ele aprendeu a mecânica, ele sabe como é que funciona, sabe que tem que começar a trabalhar e dar tempo para as coisas amadurecerem para produzir o seu resultado.

Sabes porquê? Porque ele não estava preocupado com as batatas, se elas vinham ou não. Ele estava preocupado no processo, em cuidar delas.

E há pessoas que dizem assim: “Para colher é preciso semear.’

É verdade, mas esquecem-se de que, para colher, é preciso cuidar. Cuidar.

Da agricultura é um assunto que entendo muito pouco, como te disse .  Só há coisa de um mês vi pela primeira vez uma plantação de batatas (a da foto).

Achei linda e lembrei me desta história e de a partilhar contigo. A pessoa que Cuida desta plantação percebe muito de agricultura,  e gosta.

Semeia para depois colheres
Semeia para depois colheres

 

Já reparas te o que andas a plantar na tua vida?

E cuidas do que plantas?  Quem Ama Cuida

Oiço muitas pessoas queixarem se da Vida, e  a culparem Deus e o Mundo pela vida miserável que tem!

Escuta esta história e retira a mensagem:

[fancy_box id=6]

Esta semana encontrei o “Carlos” que há um mês atrás, me disse que este era o seu ano,  estava animado e queria mudar de Vida, mas não consegue sair da Depressão Estupida que tem há alguns anos, bem visivel na sua expressão e na forma de falar!

Estive 15 minutos com ele e posso dizer te que ele disse umas 20 vezes: é tão complicado, Sandra, em vários contextos.

Ao que lhe respondi que para conseguir sair daquela depressão estupida tem de agir, tem de sair da zona de conforto, confortavelmente desconfortável, tem de começar a semear a vida que deseja no futuro, mas mesmo que ele não o faça de livre vontade, o Universo vai tratar de “ajudá-lo”.

Tive de me vir embora, pois já estava a ficar afetada com a conversa dele, de alguém que está no fundo do poço, sabe o que tem de fazer, não faz, e tudo serve de desculpa para não fazer… desculpem, mas não entendo as depressões nem as pessoas que se queixam muito.

Ou seja,

Não o posso Ajudar. É uma pessoa que decidiu durante muito tempo semear a culpa, o pessimismo, a falta de crença em si mesmo,

Não se pode dar ajuda a quem não quer ser ajudado, demorei muito tempo a entender isto, e desgastava me vezes sem conta querendo Mudar pessoas que não o queriam fazer.

– Opa Sandra é tão complicado… repetia ele, sempre que precisava argumentar o que não tinha argumentos.

Sei que dei o meu melhor, mas como ele mesmo diz:

Ainda não estou preparado, é muito complicado…!

E eu respondi:

– Quando estiveres preparado e tomares a decisão, estou aqui para te ajudar no que puder, lembrando te sempre que cada dia que adias essa decisão, é menos um dia que tens para colocares a primeira semente da Vida que queres.

[/fancy_box]

Só tu podes decidir sair dessa depressão estúpida
Só tu podes decidir sair dessa depressão estúpida

 

Hoje em dia só semeio na minha mente e na minha vida coisas que me fazem crescer e evoluir;

Só me deixo envolver com pessoas que sei que posso ajudar, ou elas a mim.

Depois que descobri que atraimos o que pensamos , colhemos o que plantamos, tento aproveitar ao máximo para atrair os sonhos que tinha guardados na gaveta, e outros que nem tinha.

Colhemos o que semeamos sem duvida nenhuma.

Raramente deixo que me “entupam” com energias negativas sobre questões e situações as quais sei que não posso ser util.

Deixo sempre um desafio, e/ou sugestão, cabe à pessoa decidir fazer ou não, Eu? Só posso fazer  por mim.

Se queremos que a nossa vida Mude temos de começar primeiro a mudar nos a nós, não tem outro jeito, depois começar a semear a vida que queremos ter, e cuidar dela, não se deixar  levar pelo desespero e conseguir dar o Primeiro passo

Só tu podes tomar essa decisão
Só tu podes tomar essa decisão

COMO PODEMOS SEMEAR?

A única razão pela qual não alcançamos algo que desejamos é pelo facto de estarmos focados no que NÃO QUEREMOS ao invés de dedicarmos toda a nossa atenção e energia ao que efectivamente QUEREMOS!

Chama se a isso a Lei da atração.

Essa lei opera positiva e negativamente. Está tudo interligado. Observa como:

  1. Se plantarmos coisas boas, colheremos coisas boas
  2. Se plantarmos coisas ruins, colheremos coisas ruins;
  3. Tudo começa com uma semente.

 Podemos semear para o mal: Atitudes de derrota e sementes de medo;

Podemos semear palavras negativas na mente dos nossos filhos ou cônjuges.

Nossos filhos são uma tela em branco. Tu é que fazes a pintura. Presta atenção ao que pintas

O teu marido/mulher é uma tela já pintada, mas és responsável por APAGAR algumas coisas que lá estão e escrever outras por cima, tudo para que andem sempre lado a lado, no mesmo rumo.

Muitas pessoas sonham em ter um lar feliz, uma carreira de Sucesso, no entanto  preferem  semear tristeza e colher amargura, semear discórdia e colher solidão. Tu, só tu podes decidir o que realmente queres semear para a tua Vida, independentemente da situação dificil em que te encontras.

Constrói a Vida Que Tu Queres, utilizando os Recursos da Era Digital

E para finalizar, conto te aqui uma piada que li e me ri, pois  quando não sabemos o que andamos a semear, podemos colher qualquer coisa:

[fancy_box id=1]

Um homem da cidade que vive há uns meses na aldeia desabafa com um agricultor:

– Nada cresce aqui

– No entanto a terra do seu quintal parece boa.

– Nada de nada! Repete o citadino. – Nem mesmo um  rabanete?

– Muito me admira, que sementes Usou?

– Sementes?

[/fancy_box]

QUAL É O TEMPO DA COLHEITA?

Mesmo sem entender quase nada de agricultura aprendi algumas coisas:

Tu não colhes antes de plantar. Se tu estás a colher hoje é porque alguém antes já plantou para você.

O agricultor que quer uma colheita, primeiro planta a semente na terra.

A colheita vem depois, isso é claro.

Pode demorar algum tempo, mas certamente virá se não arrancarmos a semente, ou se a utilizarmos ;0D

Muitas pessoas querem colher imediatamente, mas há um tempo para todas as coisas, sei disso!

Muitas vezes agimos assim. Queremos colher no dia seguinte, senão ficamos irritados e destruímos a semente.

Devemos insistir em plantar a boa semente, aquela que tu queres colher, pois, no TEMPO CERTO, COLHEREMOS.

Cada ser humano recebe na proporção que planta e afirmo:

familia

–  Quanto mais tu  plantas, mais tu colhes.

– Se não gostas do que andas a colher vê o que andas a semear

Se um agricultor plantar uma única semente, ele terá uma árvore, mas se ele plantar milhares de sementes, ele terá uma colheita abundante, faz sentido?

Fica o desafio para ti:

Aprende o princípio de semear e colher e coloca-o em ação na tua vida ainda hoje.

Vais adorar começar a colher aquilo que sempre sonhaste.

Diverte te

Faz do teu dia um dia de boas sementes.

Sandra Galão

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ao publicar um comentário neste site, concordas com a politica de privacidade do site acerca de como os teus dados são guardados e geridos.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: