As Pedras da Gratidão e da Emoção

As Pedras da Gratidão e da Emoção

Somos Resultado Daquilo Que Pensamos, Concordas?

Sempre que tens um pensamento seja bom ou mau ele é enviado para o Universo para ser atendido.

Tens alguma Lista onde estejam escritas as coisas às quais és grato(a)?

Não?!? Não me digas que és como a D. josefa, reformada, que tem uma vida estavel, ama o marido, tem 3 filhos orientados e só reclama da vida, vive do passado e diz que não temos futuro por causa da crise que não acaba e os corruptos que continuam, Ufa. 

Sempre que a vejo, pergunto lhe: – já agradeceu hoje? Lol

Olha, faz uma lista, se realmente queres mudar o rumo da tua vida, e atrair tudo o que desejas.

Quando fazes este exercicio e te permites agradecer em vez de te focares nos problemas que tens, ou não, a vibração que emanas muda completamente, assim como o teu pensamento e começas então a atrair muito mais abundância para a tua vida, em qualquer área da tua vida, tens duvidas?

Então experimenta! Tem de ser feito de coração, não interessa dizer por exemplo:

“Agradeço pelo facto de ter um trabalho que me dá um ordenado ao fim do mês com que pago algumas contas“, se depois ficas a reclamar o tempo todo que ganhas tão mal e merecias melhor, faz sentido?

Podes também ter um, frasco ou uma caixa, de preferência transparentes, para ires vendo a quantidade de coisas que afinal até és grato(a) colocando no final de todos os dias, um papel onde escreves tudo pelo que és grato(a) nesse dia, coisas boas que te aconteceram, desafios que superas te, uma promoção, um abraço, sei lá.

Se pensares são muitas as coisas pelo qual podemos agradecer, não é?

Eu agradeço antes de tudo, o facto de estar viva, ter a familia que escolhi, os filhos que me escolheram, saber quem eu sou, ter a carreira profissional encaminhada e agradeço também poder ajudar te com estas partilhas de coisas simples que faço para ser Livre e Feliz.

pote da gratidão
Por cada coisa que agradeces, atrais mais para a tua Vida

 

Não sei se leste o livro do segredo, ou viste o filme, onde o professor Lee Brower, conta uma história, que me lembra sempre a história da crença na minha moeda de cinco escudos.

[fancy_box id=1]

O Professor estava a passar por uma situação daquelas onde tudo acontece e estava com  alguns problemas na familia, a passar por um momento menos Bom e achou uma pedra, e disse:

Sempre que eu tocar nessa pedra, vou me lembrar de algo pelo qual sou grato.

De manhã sempre que se levanta, pega a pedra da cómoda  e a coloca no bolso, lembrando se por tudo o que é grato.

À noite esvazia o bolso, e lá está ela.

– Eu tive algumas experiências diferentes e outras incriveis, disse.

– Eu conheci um cara na África do Sul, ele viu me com a pedra e perguntou:

– O que é isso?

– Eu expliquei para ele e ele começou a chamar de Pedra da Gratidão.

Duas semanas depois recebi um email dele da África do Sul que dizia:

Meu filho está morrendo de uma doença rara, um tipo de hepatite, pode me mandar três pedras da gratidão?

Eram pedras que eu achava na rua eu respondi:

– Claro que posso.

Eu tinha que afirmar que as pedras eram muito especiais e então fui até um riacho olhei as pedras certas e enviei para ele.

Quatro ou cinco meses depois recebi outro email dele em que dizia:

Meu filho melhorou, está muito bem, mas tenho de te dizer uma coisa:

–  vendemos mais de dez mil pedras, como pedras da gratidão, a dez dolares cada uma, e levantamos esse dinheiro para caridade, Muito obrigado

[/fancy_box]

Vês, Quando acreditamos em algo e somos gratos tudo de BOM pode acontecer.

Existem milhares de histórias assim, onde se consegue transformar uma tragédia numa coisa maravilhosa, só pelo simples facto de ACREDITAR e AGRADECER.

Sabes que desde que me iniciei no Reiki que uso umas pedras que são na realidade cristais poderosos e curativos, pois necessitam de milhões de anos para crescer, existem diversos cristais, cada um deles com funções especificas.

Já deves ter ouvido falar ( ou talvez não) da ametista, quartzo, aventurina, turqueza, olho de tigre, são tantos, alguns nem conheço. Ainda não sou nenhuma expert mas adoro a influência que trazem para a minha vida e da minha familia, já estava a divagar. rs

Estou a falar destas pedras para te contar uma história que se passou com o meu filho Mateus, que tem 3 anos.

pedras, cristais
Alguns dos meus cristais

 

 

O meu Mateus é uma criança muito nervosa  quando não lhe satisfazem as vontades e principalmente, quando não explicamos porquê? Como a maioria das crianças.

Aqui há um mês, andava com um comportamento que não se recomenda a ninguém, batia, gritava “sem” motivo, fazia ouvidos de “mercador”, só queria lutar e  não parava por nada,  assim como os amiguinhos da sala dele que são uns pestinhas (provocadores da sociedade) . 

Tenho o cuidado de perguntar sempre como foi o dia deles ( Mateus e Luana), o Mateus já se explica muito bem, e eu puxo por ele e disse me que a “Sofia” batia a ele e aos amigos porque eles se portavam mal e que andava muito nervosa e zangada.:oD

[fancy_box id=1]

Perguntei-lhe:

O que é portar se mal?

e ele:

– Pois, não sei, o “santiago” não queria pintar e empurrou o amigo

Aquilo intrigou me, “deu lhe um sanfanão, puxou, uma palmada” mas muitas “coisas” passaram a fazer todo o sentido, falei com a Sofia e “resolveu se”

Lembrei me das minhas pedras e disse ao Mateus para escolher uma,

ele perguntou:

– É para quê mamã?

Disse lhe:

Olha filho, tu às vezes ficas nervoso e não sabes como acalmar, esta pedra vai ajudar te a ficar mais calmo sempre que a segurares, depois quando já estiveres calmo, devolves a mamã, está bem? (já perdi  umas quantas)

Opa, nesse dia à noite, estava a brincar no quarto e veio ter comigo muito aflito à cozinha e disse:

– Mamã, mamã, rápido a pedra.

Nem estava a entender nada, quando ele diz:

A pedra para eu me acalmar.

– Ah! – E fui buscá-la.

Esteve uns minutos com a pedra, encostada ao peito e depois devolveu me e disse:

Já está, obrigada mamã.

Fiquei tão contente, e sugeri que levasse uma pedra no bolso do casaco e sempre que estivesse muito nervoso fosse buscá-la para se acalmar (falei com a professora)

Fiquei à toa quando ele se vira e diz:

Mamã, arranjas me mais uma pedra para levar para a escola?

Pra quê, filho? – perguntei intrigada

Para dar a “Sofia”, para ver se ela se acalma, ela anda muito nevosa.

Opa, fiquei sem ação, mas disse:

Claro que sim, filho.

Tive uma boa conversa com a “Sofia” a dizer lhe que estou a tentar ao máximo mudar o padrão que tive na minha infância, em relação aos gritos e as palmadas, disse lhe que entendia, que não é fácil (ja trabalhei num infantário) quando eles estão mais agitados e nós sem paciência, e contei lhe a história da Pedra, que chamo da Pedra da Emoção.

Ficou atrapalhada, não estava a espera,  a única coisa que lhe pedi foi que treinasse mais a paciência e a tolerância, que é o que faço todos os dias, e sei que nem sempre é fácil, pelo contrário.

[/fancy_box]

Fiquei muito grata neste dia por ter conseguido fazer passar a minha mensagem à auxiliar e ao Mateus, pois apesar dos desafios constantes e diários, temos tido bons resultados, na base do diálogo e mais acordos.

Não faças aos outros o que não gostarias que te fizessem a ti

Muito grata por continuares ai.

Assim termino este meu artigo, e espero mais uma vez ter sido útil,

Quando experimentares alguns dos exercicios que aqui propus, gostava que partilhasses aqui a tua experiência, se sentires…

Se já fazes algum exercicio que não esteja aqui e que aches que pode ser útil a todos nós, partilha, comenta, pergunta, aceitam se sugestões;

E a Humanidade agradece

Muita Luz na tua vida.

Encontra me:

Sandra Galão

Skype: sandra.galao


Fotos-0169

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ao publicar um comentário neste site, concordas com a politica de privacidade do site acerca de como os teus dados são guardados e geridos.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: