Também Acreditas que o Karma é Uma Coisa Má?

Também Acreditas que o Karma é Uma Coisa Má?

Também Acreditas Que o KARMA é uma Coisa Má?

Vou partilhar contigo aqui o que aprendi sobre o Karma quando fiz o meu 2º Nível de Reiki, e com toda a certeza se entenderes esta Lei vais começar a entender porque atrais tantas coisas que queres e que não queres para a tua vida.

E assim que decidires,  podes reverter essa situação. E os milagres acontecem.

Minhas estrelinhas
Minhas estrelinhas

E agora, já que aqui estás:

Pensa (se fosse eu escrevia, mas fica a tua vontade) nos talentos com que nasces te e nas coisas boas que te aconteceram na tua Vida?

Agora pensa nas Limitações que têm surgido no teu caminho.

Ambos têm a ver com  o teu Karma.

O Karma diz-nos simplesmente que o que nos acontece no presente é o resultado de causas que nós próprios pusemos em movimento no passado – há dez minutos ou há dez vidas atrás.

Todos nós crescemos a aprender sobre o Karma.

Na essência, O Karma diz-nos que o quer que façamos voltará, em circulo, para a nossa porta, em qualquer momento, em qualquer Lugar.

O Karma e a reencarnação andam de mãos dadas.

Enquanto Karma significa contabilidade e pagamento, reencarnação é, simplesmente outra palavra para Oportunidade.

A reencarnação proporciona nos outra Oportunidade de Resolvermos as dívidas kármicas que contraímos com os outros e de recolhermos as bençãos que enviámos.

O Karma e a reencarnação também nos ajudam a encontrar um sentido para as perguntas importantes da Vida:

Livre arbitrio. O poder da escolha
Livre arbitrio. O poder da escolha é só teu

[fancy_box id=1]

Porquê Eu?

Porque não Eu?

Porque é que o meu filho/filha nasceu com esta ou aquela doença, quando os irmãos e as irmãs são saudaveis?

Porque é que eu tenho sido abençoado com promoção atrás de promoção, enquanto o meu irmão não consegue aguentar se no emprego – apesar de ambos termos tido as mesmas oportunidades de progredir?

Porquê que todos os meus relacionamentos se transformam numa luta de tração – porquê que eu não posso viver com ele e não consigo viver sem ele?

Porquê que, quando acabo de conseguir o emprego que andei atrás durante um ano, tenho de sair da cidade para tomar conta dos meus pais doentes.

Porque sobrevivi a um acidente de automóvel, em que morreram todos os meus amigos que iam no carro?

[/fancy_box]

A vida está cheia de paradoxos e perguntas como estas.

Como um mestre Zen dizia:

«Cada paradoxo foi concebido para nos fazer mergulhar mais fundo, entrar em contacto com o conhecimento da nossa alma interior e resolver o enigma Kármico».

A palavra sânscrita Karma significa «ato», «ação», «palavra» ou «feito».

A Lei do Karma é a Lei do AMOR

diz sim a vida

 

Não há maior amor do que ter a Oportunidade de compreender as consequências da nossa ação – ou da nossa inação – para que a nossa alma possa progredir.

O Karma ensina nos a amar, como nenhum outro processo consegue fazê-lo.

Ele dá-nos ESPERANÇA.

O que quer que sejamos ou não sejamos, podemos MUDÁ-LO.

Também isto é a natureza do Karma.

Isto acontece porque o Karma não é Destino

O Karma pode ajudar nos a compreender como chegámos aonde nos encontramos 

– As circunstâncias da nossa vida, os acontecimentos que tomam forma à nossa volta, as pessoas que parecemos atrair.

Mas não nos diz como iremos responder a essas circunstâncias, acontecimentos e pessoas.

Isso está inteiramente nas nossas mãos e é isso que determina o nosso destino

Podemos exercer o nosso livre-arbítrio para o transformar.

Os únicos limites ao nosso progresso são os que nós próprios estabelecemos.

Imagina que o nosso Karma determina uma morte precoce?

– É possível, por exemplo, conseguir um prolongamento da vida por uma Mudança no Coração.

Quando servimos a vida de todo o coração, a vida ser-nos-á dada de volta.

Nada é definitivo até que nós o tornemos definitivo e nada é predestinado até que nós o tornemos o nosso destino.

A maior armadilha é a tentação de evitar o nosso Karma.

Vida após vida podemos tropeçar num determinado desafio, mas, como não percebemos que se trata de uma oportunidade disfarçada, corremos na direção oposta para evitar o confronto Kármico.

nick-vujicic

Ou então, reagimos do mesmo modo como reagimos da primeira vez com que nos deparamos com o Karma – com raiva, impaciência ou criticismo – o que faz com que fiquemos ainda mais enredados.

Quando começamos a ver as coisas da perspectiva do Karma, compreendemos que, a menos que abracemos os testes Kármicos que nos aparecem:

– o «ato»,

– «ação»,

– «palavra» ou «feito», tornar-se-ão cíclicos-

Mas uma coisa é certa: somos nós que escolhemos como reagir ao que nos acontece.

Nós decidimos como agir perante o que a Vida nos apresenta.

A palavra “Karma” é frequentemente utilizada como uma espécie de sinónimo de “castigo”, mas felizmente há cada vez maior consciência sobre o seu verdadeiro significado. 

– tendendo a reencarnarmos com as mesmas pessoas ou nas mesmas circunstâncias, até nos decidirmos a passar nos testes.

Nem sempre tive esta opinião que aqui partilho contigo.

Nunca tinha sequer pesquisado sobre o tema Karma, pois acredito na lei da atração, lol

Mas fez me todo o sentido, pelo processo que tenho vinda a percorrer.

Tinha muitas amigas que diziam muitas vezes, dou te uns exemplos:

-Eu só atraio bebâdos, e homens com vicios!

outra dizia:

– Não vês que já é a terceira vez que me deixo enganar, pelos malandros!

Entre tantas outras.

E eu ria me e dizia lhes que era porque elas pensavam assim, pois eu sempre acreditei na Lei da atração

e sempre consegui atrair para a minha vida muito mais do que sempre sonhei!

Brincava e dizia-lhes:

– Vê o meu exemplo! 

– Parece tão fácil, quando falas.

– E é, respondia, só que requer treino, dedicação, mas quando descobres como se faz:

Agora, tenho atraido até o que nunca sonhei!

Todos Podemos Ser Livres
Todos Podemos Ser Livres

Só para te resumir:

A lei do Karma é a Lei do Amor, tudo o que deres vai voltar para ti, há quem acredite que em dobro.

Não deixes de aproveitar todas as mensagens que vais recebendo, e todos os sinais que te mostram qual o caminho que deves percorrer, trata os outros como gostarias de ser tratado e encontra te

As aparências iludem, e por vezes aquilo que te pode parecer ser o fim do Mundo, é antes o inicio de uma nova Era; Não é a morte da Sociedade Moderna, mas o nascimento de uma Nova Civilização, que tu podes ou não fazer parte.

Tu é que escolhes de que lado queres estar e as escolhas que deves de fazer.

Não ignores é a Mudança que precisa ser feita.

Não reajas às mesmas situações da mesma forma que sempre reagiste e já sabes que não resulta.

Quer tu aches que tens razão, quer aches que não, TENS SEMPRE RAZÃO, sabias?

Se não gostas do que andas a receber, repara no que andas a dar!

E porque tu mereces, aprende a utilizar o Karma em teu beneficio, e Sê FELIZ e LIVRE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ao publicar um comentário neste site, concordas com a politica de privacidade do site acerca de como os teus dados são guardados e geridos.

%d bloggers like this: